Oscar

Tudo sobre os Vencedores do Oscar 2021

“Nomadland” vence Melhor Filme, Direção e Atriz e consagra Frances McDormand com o terceiro Oscar

Por Fabricio Duque

“O que é uma obra-prima? Uma ciência exata ou apenas um conceito de beleza?”, propaganda existencialista de auto-ajuda metafísica dos relógios Rolex. A cerimônia de premiação do Oscar talvez seja a que mais representa a essência do povo norteamericano, tudo porque consegue amalgamar a aparência, entretenimento, capitalismo e a competição de ser o melhor. É um universo único e próprio que retroalimenta sonhos e realizações (com a máxima de “sempre superar as adversidades”), entre esperadas comparações e julgamentos cúmplices. Neste ano atípico de 2021, devido ao caos pandêmico causado pelo Coronavírus, a edição 93 (ano que simboliza Bodas de Imbuia) também significa uma tradição guilty pleasure de acompanhar celebridades e tornar atores em ícones. Uma noite em que a fantasia vence a realidade, a futilidade cria a superexposição de uma hipócrita felicidade e o glamour dos vestidos milionários desenham o tapete vermelho. E os filmes? Importam? Sim, com o Lobby certo, com certeza. A lista dos nove melhores precisa vencer as barreiras para “aparecer” e estarem bem divulgados.

A 93ª cerimônia de entrega dos Academy Awards seguiu os anos anteriores de não ter um apresentador principal e sim vários astros que anunciaram os prêmios. Mas pelo sucesso da vacinação nos Estados Unidos, o tapete vermelho aconteceu presencialmente e sem máscaras protetoras, ao mesmo tempo na “histórica” estação de trem Union Station e no Teatro Dolby. E as apresentações musicais aconteceram antes da cerimônia, ao vivo, de fora do Teatro. E com câmeras ao redor do mundo. Como foi dito, vivemos em um momento atípico.

O Oscar 2021 também cancelou sua cerimônia anual do Governors Awards, mas anunciou o Prêmio Humanitário Jean Hersholt para Tyler Perry (“minha mãe disse para buscar o caminho e eu busquei o caminho”, disse “pelo seu envolvimento ativo com a filantropia e empreendimentos de caridade nos últimos anos, incluindo esforços para lidar com os desabrigados e as dificuldades econômicas enfrentadas por membros de sua comunidade”); e para Motion Picture & Television Fund (como o Retiro dos Artistas, “pelos serviços de alívio e ajuda emocional e financeiro que oferece aos membros da indústria do entretenimento”).

A Academia votou também para unir a categoria Melhor Mixagem de Som e Melhor Edição de Som em Melhor Som.  A de Melhor Trilha Sonora Original agora exige que “a trilha sonora de um filme inclua no mínimo 60% de músicas originais, e os filmes e sequências de franquia devem ter no mínimo 80% de músicas novas”.

Nossa! A cerimônia abriu-se com qualidade visual, em 24 quadros por segundo e em widescreen, com Regina King, a primeira apresentadora (“sem máscaras porque estamos vacinados e testados” e sem “desligar a televisão por causa da dominação de Hollywood”). E o Oscar é agora no Hall do Teatro e não dentro. Regina lista o currículo dos indicados de Melhor Roteiro Original e Adaptado para assim fornecer humanidade orgânica à festa, com a música ao fundo de um DJ. Laura Dern, antes de apresentar os indicados, conta um experiência pessoal de quando assistiu a um Fellini. “Se você precisasse explicar a uma criança o que seria dirigir por vinte segundos?”. E um jogo Quiz começa com músicas que ganharam o Oscar, tudo para deixar a festa mais caseira e “normal”, com Glenn Close rebolando numa música de um filme de Spike Lee.

Os discursos não tiveram musiquinha subindo no meio, durando o tempo que cada um precisasse. Outra novidade é que os últimos prêmios são de Melhor Ator e Atriz e não mais o de Melhor Filme. “Em 2020 nós nos unimos pela perda”, apresenta Angela Bassett o In Memoriam (“pelas Lendas que nós perdemos”), ao som de “As”, de Steve Wonder. E assim, “Nomadland” vence o Melhor Filme com “Uivo para a Lua” e tudo da Frances McDormand (quem assistiu, entenderá a mensagem).

LISTA COMPLETA DOS VENCEDORES AO OSCAR 2021

MELHOR FILME

Meu Pai
‘”Judas e o Messias Negro
Mank
Minari – Em Busca da Felicidade
[VENCEDOR] “Nomadland
Bela Vingança
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago


MELHOR DIREÇÃO

Thomas Vinterberg – “Druk – Mais uma rodada
David Fincher – “Mank
Lee Isaac Chung – “Minari – Em Busca da Felicidade
[VENCEDOR] Chloé Zhao – “Nomadland(“as pessoas que eu dou a minha vida são boas”)
Emerald Fennell – “Bela Vingança


MELHOR ATRIZ

Viola Davis – “A Voz Suprema do Blues
Andra Day – “Estados Unidos Vs Billie Holiday
Vanessa Kirby – “Pieces of a Woman
[VENCEDOR] Frances McDormand – “Nomadland
Carey Mulligan – “Bela Vingança


MELHOR ATOR

Riz Ahmed – “O Som do Silêncio
Chadwick Boseman – “A Voz Suprema do Blues
[VENCEDOR] Anthony Hopkins – “Meu Pai
Gary Oldman – “Mank
Steve Yeun – “Minari – Em Busca da Felicidade


MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Maria Bakalova – “Borat: Fita de Cinema Seguinte
Glenn Close – “Era uma Vez um Sonho
Olivia Colman – “Meu Pai
Amanda Seyfried – “Mank
[VENCEDOR] Yuh-Jung Youn – “Minari – Em Busca da Felicidade(“muito prazer em conhecer você Brad Pitt”. “eu acho que eu só tenho mais sorte que vocês, como vencer com Glenn Close?”)


MELHOR ATOR COADJUVANTE

Sacha Baron Cohen – “Os 7 de Chicago
[VENCEDOR] Daniel Kaluuya – “Judas e o Messias Negro(“contra assassinar a liberdade” e “ensinar o poder da união” e causou “vergonha”, e riso awkward, na mãe quando diz que “se meus pais não tivessem transado, eu não estaria aqui”)
Leslie Odom Jr. – “Uma Noite em Miami
Paul Raci – “O Som do Silêncio
Lakeith Stanfield – “Judas e o Messias Negro


MELHOR FILME INTERNACIONAL

[VENCEDOR] Druk – Mais uma rodada” (Dinamarca) (“Esse filme é sobre abrir mão do controle da vida, porque eu perdi o controle da minha vida.”)
Shaonian de ni” (Hong Kong)
Collective” (Romênia)
“O Homem que Vendeu Sua Pele” (Tunísia)
“Quo vadis, Aida?” (Bósnia e Herzegovina)


MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Borat: Fita de Cinema Seguinte
[VENCEDOR] “Meu pai(diretor agradece direto da França, “escreveu o roteiro para o Anthony porque o acho o melhor ator ator vivo”)
Nomadland
Uma Noite em Miami
O Tigre Branco


MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Judas e o Messias Negro
Minari – Em Busca da Felicidade
[VENCEDOR] Bela Vingança(“os ingleses nunca choram”)
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago


MELHOR FIGURINO

Emma.
[VENCEDOR] “A Voz Suprema do Blues
Mank
Mulan
Pinóquio


MELHOR TRILHA SONORA

Destacamento Blood
Mank
Minari – Em Busca da Felicidade
Relatos do Mundo
[VENCEDOR] “Soul(“são apenas doze notas, as mesmas doze notas do jazz”)


MELHOR ANIMAÇÃO

Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
A Caminho da Lua
Shaun, o Carneiro: O Filme – A fazenda contra-ataca
[VENCEDOR] “Soul
Wolfwalkers


MELHOR FOTOGRAFIA

Judas e o Messias Negro
[VENCEDOR] “Mank
Relatos do Mundo
Nomadland
Os 7 de Chicago


MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

“Burrow”
“Genius Loci”
[VENCEDOR] “If anything happens I love you
“Opera”
“Yes People”


MELHOR CURTA-METRAGEM EM LIVE ACTION

“Feeling Through”
“The Letter Room’”
“The Present”
[VENCEDOR] ”Two distant strangers
“White Eye”


MELHOR DOCUMENTÁRIO

Collective
Crip Camp
O Agente Duplo
[VENCEDOR] “Professor Polvo
Time


MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO

[VENCEDOR] “Collete
“A Concerto is a Conversation”
“Do not Split”
“Hunger Ward”
“A Love Song for Natasha”


MELHOR SOM

Greyhound: Na Mira do Inimigo
Mank
Relatos do Mundo
Soul
[VENCEDOR] “O Som do Silêncio


MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

[VENCEDOR] “Fight for you” – “Judas e o Messias Negro
‘Hear my voice’ – “Os 7 de Chicago
“Husa’vik” – “Festival Eurovision da Canção: A saga de Sigrit e Lars
“Io sì” – “Rosa e Momo
“Speak now” – “Uma Noite em Miami


MELHOR MONTAGEM

Meu Pai
Nomadland
Bela Vingança
[VENCEDOR] “O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago


MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

Meu Pai
A Voz Suprema do Blues
[VENCEDOR] “Mank
Relatos do Mundo
Tenet


MELHOR MAQUIAGEM E CABELO

Emma.
Era uma Vez um Sonho
[VENCEDOR] “A Voz Suprema do Blues
Mank
Pinóquio


MELHOR EFEITOS VISUAIS

“Problemas monstruosos”
O Céu da Meia-Noite
Mulan
“O grande Ivan”
[VENCEDOR] “Tenet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =