Crítica: Shade – Entre Bruxas…

Aceitar a condição do herói nosso de cada dia

Crítica: Cafarnaum

O cinema da sinestesia

Crítica: Lazzaro Felice

Super 16, o lobo e a fé

Crítica: Eu Sou Mais Eu

Um amontoado de clichês embaraçosos

Crítica: Vidro

Pedras-terapia nos castelos de vidro

Crítica: O Peso do Passado

Me dá um Oscar, por favor!

Crítica: Bird Box

[Netflix] Números e mais números

Crítica: Amigos Para Sempre

Não justifica a própria existência

Crítica: Ama-San

Poesia e o charme do prosaico