Crítica: A Voz do Silêncio

Silêncios com demasiados ruídos intermitentes

Crítica: Bohemian Rhapsody

Uma digna homenagem por uma sensorial ópera rock

Crítica: Cadáver

Olhinhos azuis e famigerados draminhas