Os Vencedores do Globo de Ouro 2021

Por Fabricio Duque

O Globo de Ouro não conseguiu ser presencial neste 2021 ainda quarentenado. No dia 03 de fevereiro foram anunciados os indicados ao prêmio. Os candidatos, escolhidos pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (AIEH), unem cinema e streaming. Filmes e séries. A cerimônia de premiação da edição 78 (evento virtual), 28 de fevereiro, está ao vivo nos Estados Unidos, quase dois meses após a data normal devido ao impacto da pandemia de COVID-19 no cinema e televisão.

A produção, realizada pela Dick Clark Productions em conjunto com a AIEH, acontece agora com seu tapete vermelho por live com os candidatos, em que os entrevistadores do Canal E! por exemplo conversam pela tela de uma televisão. Nada mais metafórico. Em época de distanciamento e potencialização do streaming, este é um contundente simbolismo.

Tina Fey e Amy Poehler, pela quarta vez no Globo de Ouro, são a dupla co-anfitriã da cerimônia, mas cada uma em um local diferente, pela primeira vez. Fey no Rainbow Room do 30 Rockefeller Plaza em Nova Iorque e Poehler no hotel Beverly Hilton em Beverly Hills. Os Golden Globe Ambassadors são Jackson Lee e Satchel Lee, filho e filha de Spike Lee e Tonya Lee. A atriz Jane Fonda (“A arte tem uma frequência diferente“) recebe o prêmio Cecil B. deMille. E Norman Lear, o roteirista que mais “mexeu na caixinha conservadora dos Estados Unidos” (que “subiu nos ombros e deixou que outros subissem em seus”), colocando negros em papéis principais, o prêmio Carol Burnett.

Todos os indicados (e vencedores) discursam pela tela. Presencialmente nas mesas só os “trabalhadores essenciais”. Série é “ficar na frente da televisão durante uma hora dez vezes”. E “cinema é duas horas”. Cada apresentador, presencial, indicou a entidade filantrópica Feeding America, um banco de alimentos que ajudou famílias durante a crise pandêmica.

Melhores Filmes. De drama, Nomadland. De comédia/musical, Borat: fita de cinema seguinte. Seguindo com A voz suprema do blues, Eu Me Importo, Judas e o messias negro, Os 7 de Chicago, Minari – Em Busca da Felicidade, Soul, Rosa e Momo, The Mauritanian e Estados Unidos Vs Billie Holiday, com a exceção destes dois últimos, leia as críticas dos outros filmes premiados! Das séries para começar a maratonar, as vencedoras são: The Crown (Netflix), Schitts Creek (Amazon), O Gabito da Rainha (Netflix), Ted Lasso (Apple Tv), Small Axe e I Know This Much Is True (HBO).

OS VENCEDORES DO GLOBO DE OURO – CINEMA

Nomadland

MELHOR FILME – DRAMA

Meu Pai
Mank
[VENCEDOR] Nomadland
Bela vingança
Os 7 de Chicago


MELHOR FILME – MUSICAL OU COMÉDIA

[VENCEDOR] Borat: fita de cinema seguinte
Hamilton
Palm Springs
Music
A Festa de Formatura


MELHOR DIRETOR

Emerald Fennell — Bela Vingança
David Fincher — Mank
Regina King — Uma noite em Miami…
Aaron Sorkin — Os 7 de Chicago
[VENCEDOR] Chloé Zhao — Nomadland “Compaixão é sua dor é minha dor”


MELHOR ATRIZ DE FILME – DRAMA 

Viola Davis (“A voz suprema do blues“)
[VENCEDOR] Andra Day (“Estados Unidos Vs Billie Holiday”)
Vanessa Kirby (“Pieces of a Woman“)
Frances McDormand (“Nomadland“)
Carey Mulligan (“Bela vingança“)


MELHOR ATOR DE FILME – DRAMA 

Riz Ahmed (“O som do silêncio”)
[VENCEDOR] Chadwick Boseman (“A voz suprema do blues”)
Anthony Hopkins (“Meu pai”)
Gary Oldman (“Mank”)
Tahar Rahim (“The Mauritanian”)


MELHOR ATRIZ DE FILME – MUSICAL OU COMÉDIA

Maria Bakalova (“Borat: Fita de cinema seguinte”)
Michelle Pfeiffer (“French Exit”)
Anya Taylor-Joy (“Emma”)
Kate Hudson (“Music”)
[VENCEDOR] Rosamund Pike (“Eu Me Importo”)


MELHOR ATOR DE FILME – MUSICAL OU COMÉDIA

[VENCEDOR] Sacha Baron Cohen (“Borat: fita de cinema seguinte”)
James Corden (“A Festa de Formatura”)
Lin-Manuel Miranda (“Hamilton”)
Dev Patel (“The Personal History of David Copperfield”)
Andy Samberg (“Palm Springs”)


MELHOR ATOR COADJUVANTE

Sacha Baron Cohen (“Os 7 de Chicago”)
[VENCEDOR] Daniel Kaluuya (“Judas e o messias negro”)
Jared Leto (“Os pequenos vestígios”)
Bill Murray (“On the Rocks”)
Leslie Odom, Jr. (“Uma noite em Miami…”)


MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Glenn Close (“Era uma vez um sonho”)
Olivia Colman (“Meu pai”)
[VENCEDOR] Jodie Foster (“The Mauritanian”)
Amanda Seyfried (“Mank”)
Helena Zengel (“Relatos do Mundo”)


MELHOR ROTEIRO 

Bela vingança
Mank
[VENCEDOR] Os 7 de Chicago (“Se você parar a democracia, o mundo desmorona”)
Meu pai
Nomadland


MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Another Round (“Druk”) – Dinamarca
La Llorona – Guatemala / França
Rosa e Momo (“The Life Ahead” ou “La vita davanti a sé”) – Itália
[VENCEDOR] Minari – Em Busca da Felicidade – EUA
Nós duas”(“Two of Us” ou “Deux”) – França e EUA


MELHOR ANIMAÇÃO

Os Croods 2: Uma Nova Era
Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
A caminho da Lua
[VENCEDOR] Soul
Wolfwalkers


MELHOR TRILHA SONORA

O céu da meia-noite – Alexandre Desplat
Tenet – Ludwig Göransson
Relatos do Mundo – James Newton Howard
Mank – Trent Reznor, Atticus Ross
[VENCEDOR] Soul – Trent Reznor, Atticus Ross, Jon Batiste


MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

“Fight for You” de “Judas e o messias negro” – H.E.R., Dernst Emile II, Tiara Thomas
“Hear My Voice” de “Os 7 de Chicago” – Daniel Pemberton, Celeste
[VENCEDOR] “Io Si (Seen)” de “Rosa e Momo” – Diane Warren, Laura Pausini, Niccolò Agliardi
“Speak Now” de “Uma noite em Miami…” – Leslie Odom Jr, Sam Ashworth
“Tigress & Tweed” de “Estados Unidos Vs Billie Holiday” – Andra Day, Raphael Saadiq


OS VENCEDORES DO GLOBO DE OURO – TELEVISÃO

MEHOR SÉRIE – DRAMA

[VENCEDOR] The Crown
Lovecraft Country
The Mandalorian
Ozark
Ratched


MELHOR SÉRIE – MUSICAL OU COMÉDIA 

Emily In Paris
The Flight Attendant
The Great
[VENCEDOR] Schitts Creek
Ted Lasso


MELHOR SÉRIE LIMITADA OU FILME PARA TV 

Normal People
[VENCEDOR] O Gabito da Rainha
Small Axe
The Undoing
Unorthodox


MELHOR ATRIZ EM SÉRIE – DRAMA

[VENCEDOR] Emma Corrin (“The Crown”)
Olivia Colman (“The Crown”)
Jodie Comer (“Killing Eve”)
Laura Linney (“Ozark”)
Sarah Paulson (“Ratched”)


MELHOR ATOR DE SÉRIE – DRAMA

Jason Bateman (“Ozark”)
[VENCEDOR] Josh O’Connor (“The Crown”)
Bob Odenkirk (“Better Call Saul”)
Al Pacino (“Hunters”)
Matthew Rhys (“Perry Mason”)


MELHOR ATRIZ DE SÉRIE – MUSICAL OU COMÉDIA

Lily Collins (“Emily in Paris”)
Kaley Cuoco (“The Flight Attendant”)
Elle Fanning (“The Great”)
Jane Levy (“Zoey’s Extraordinary Playlist”)
[VENCEDOR] Catherine O’Hara (“Schitt’s Creek”)


MELHOR ATOR DE SÉRIE – MUSICAL OU COMÉDIA

Don Cheadle (“Black Monday”)
Nicholas Hoult (“The Great”)
Eugene Levy (“Schitt’s Creek”)
[VENCEDOR] Jason Sudeikis (“Ted Lasso”)
Ramy Youssef (“Ramy”)


MELHOR ATRIZ DE SÉRIE LIMITADA OU FILME PARA TV

Cate Blanchett (“Mrs. America”)
Daisy Edgar-Jones (“Normal People”)
Shira Haas (“Unorthodox”)
Nicole Kidman (“The Undoing”)
[VENCEDOR] Anya Taylor-Joy (“O Gambito da Rainha”)


MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE SÉRIE

[VENCEDOR] Gillian Anderson (“The Crown”)
Helena Boham Carter (“The Crown”)
Julia Garner (“Ozark”)
Annie Murphy (“Schitt’s creek”)
Cynthia Nixon (“Ratched”)


MELHOR ATOR COADJUVANTE DE SÉRIE

[VENCEDOR] John Boyega (“Small Axe”)
Brendan Gleeson (“The Comey Rule”)
Dan Levy (“Schitt’s Creek”)
Jim Parsons (“Hollywood”)
Donald Sutherland (“The Undoing”)


MELHOR ATOR DE SÉRIE LIMITADA OU FILME PARA TV

Bryan Cranston (“Your Honor”)
Jeff Daniels (“The Comey Rule”)
Hugh Grant (“The Undoing”)
Ethan Hawke (“The Good Lord Bird”)
[VENCEDOR] Mark Ruffalo (“I Know This Much Is True”)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *