Crítica: Danação

Sessão Lume Scope: A Béla e salvadora maldição nossa de cada dia

Crítica: Da Vida das Marionetes

Sessão Lume Scope: Um Homem Sob Influência

Crítica: Z

A obra-prima política de Costa-Gavras

Crítica Séries: Feud: Bette e…

O Brilho de Duas Atrizes Encarnadas

Crítica: Fahrenheit 451

Um Clássico à frente de seu tempo que se recusa a queimar

Crítica: Os Boas Vidas

Fellini enaltece o amor por sua arte e pela sua boa vida

Crítica: O Demônio das Onze…

A Obsessão Apaixonante de Godard.

Crítica Clássico: Eu Vos Saúdo…

Por Fabricio Duque Há cineastas que necessitam de tempo-geração para que sejam inicialmente compreendidos. Um deles é o mestre francês, Jean-Luc Godard, expoente participativo do movimento Nouvelle Vague, que tinha como um dos objetivos-fundamentos a experimentação narrativa e técnica, mas…

Crítica: Cinema Novo

O dogmatismo do movimento "Cinema Novo" por Eryk Rocha

Crítica: O Homem do Rio

Por Fabricio Duque No filme “O Homem do Rio”, do diretor francês Philippe de Broca (de “Esse Mundo é dos Loucos”, e que foi o 1º Assistente de Direção de “Os Incompreendidos”, de François Truffaut), conserva-se a estrutura francesa da…

Crítica: Les Amis

Por Fabricio Duque “Les Amis” representa um exemplo da cinefilia francesa ao utilizar o modelo grego clássico, permitindo assim a liberdade de se explorar personalidades, desejos, quereres e “seguranças” e de um novo conceito familiar. O protagonista “experimenta” vivências sem…