THF

Editorial da Semana | 30 de abril de 2020

Estreias e Dicas desta quinta-feira

Por Redação

Uma semana muito especial para o Vertentes do Cinema. Apesar da pandemia mostrar com crueldade absoluta para que veio, as novidades da sétima arte não pararam. Pelo contrário, foram quintuplicadas. Não dá nem para acompanhar tudo. É tiroteiro de criações por todos os lados, provando que o ser humano se adapta a qualquer adversidade, ainda que esteja há quase dois meses totalmente aprisionado no confinamento social. Nós condensamos as novidades. E lembramos que a partir de sexta-feira, os especiais Tudo Sobre retomarão a sua programação normal. Neste editorial, o leitor encontrará a sessão de encerramento da Semana Vertentes Online, o próximo curta-metragem da semana, as críticas dos filmes “Me Cuidem-se” (parte II e III), Festival Varilux com 50 filmes de graça para assistir na rede, os 10+ da Imovision… Vamos lá conferir tudo!

SEMANA VERTENTES ONLINE

Meu equeno Heroi Nao Sabe Voar

Último dia. Sessão de Encerramento. Assista na página principal (home) deste site vertentesdocinema.com Em exibição, o curta-metragem MEU PEQUENO HERÓI NÃO SABE VOAR, de Pedro Jorge. Fabinho vive nos ares, aprontando todas. Laura, sua mãe, vive no chão, tentando resolver as consequências de suas travessuras. Clique AQUI e saiba tudo sobre a Semana Vertentes Online! 

PRÓXIMO CURTA-METRAGEM DA SEMANA

O Teu Sorriso

O TEU SORRISO (2009, Brasil, 19 minutos, de Pedro Freire). Rodrigo e Suzana estão namorando há poucas semanas. Ele tem 72 anos, ela tem 60, e estão completamente apaixonados. Juntos, passam os dias na cama, namorando, batendo papo, comendo e rindo. O filme entra 00:01 da sexta-feira (01/05) e ficará e exibição até 23:59 da quarta-feira dia 06/05. Leia a crítica AQUI

Editorial da Semana | 30 de abril de 2020

EM CASA

Me Cuidem-se 3

ME CUIDEM-SE – UM FILME PROCESSO (PARTE III), de Bebeto Abrantes e Cavi Borges, estreou nas redes sociais no dia 29/04. A terceira parte do filme-processo  (leia aqui a Parte I e a Parte 2), que retrata o período de confinamento social, entre 13 e 27 de abril de 2020, não é uma experiência esperançosa, e sim um confronto depressivo, por traduzir com realismo exacerbado e intimista o que acontece com nosso mundo. Sim, o objetivo é esse. Causar a sensação de impotência e tristeza para que assim possamos reacordar nossa humanidade perante nossos próximos (sem expressões como “E daí?”). Sim, o resultado do filme foi concluído com sucesso. Estou mal e preocupado com o que virá a seguir. Sabemos agora que o Brasil superou a China no número de mortes. Mais de cinco mil. Só que lá tem um bilhão e aqui um pouco mais de 200 milhões. Leia crítica completa AQUI!

Me Cuidem-se 2

ME CUIDEM-SE – UM FILME PROCESSO (PARTE II), de Bebeto Abrantes e Cavi Borges. Da urgência à forma. A parte dois do filme-processo (em tempo real) “Me Cuidem-se!” não é mais sobre a “novidade” do início do confinamento. O que era uma simples e existencial adaptação (com o entendimento do que acontecia no mundo), tornou-se uma aprofundada análise sócio-antropológica de nós mesmos, seres humanos que precisam reaprender a estar sozinhos, cada um com sua presença, totalmente solitária ou compartilhada com outros familiares. Com montagem de Wellington Anjos, o filme escancara como é um ser um indivíduo social e todas as questões que o define. Esta segunda parte foi produzida com imagens enviadas por suas personagens, entre primeiro a doze de abril, com a regra básica, rigorosamente mantida, “de não haver nenhum encontro presencial. Leia a crítica completa AQUI!

AEROPORTO CENTRAL THF. Quase podemos concluir que o diretor brasileiro Karim Aïnouz (de “Praia do Futuro“, “Abismo Prateado“, “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo“), radicado em Berlim, é um cineasta aeroporto, por causa de sua obsessão (assumida em entrevistas públicas, inclusive ao Vertentes do Cinema) por estes lugares transitórios, que se comportam como um portal tridimensional que separa partidas e chegadas, sonhos e expectativas, medos e projeções, ansiedades e necessidades. É um torpor paralisante que desencadeia sensações e sentimentos que não conseguimos identificar. O filme estreia nas plataformas de streaming na sexta-feira, dia 24 de abril. O filme estará disponível no Now, Vivo Play, Oi Play, Itunes, Google+, Filme Filme e Looke. O longa estava previsto para estrear nos cinemas brasileiros dia 26 de março, mas devido à pandemia de COVID-19, a Mar Filmes e o Canal Brasil decidiram lançar o filme direto em VOD. Leia a crítica completa AQUI!

FESTIVAL VARILUX ONLINE

Assista a seleção de 50 filmes das últimas edições do Festival Varilux de Cinema Francês. Em casa e de graça até o dia 25 de agosto! E Durante a semana, o Vertentes do Cinema fará uma lista com os dez mais e o leitor poderá conferir as críticas de todos os filmes! Clique AQUI e saiba tudo!

10 FILMES PARA COMPRAR DA IMOVISION

Uma das maiores incentivadoras do cinema do país lança loja virtual para amantes da sétima arte. Clique na foto e saiba tudo!

Tatuagem

VÍDEO | OS AEROPORTOS DE KARIM AÏNOUZ

(Clique na foto abaixo e assista)

Editorial da Semana | 30 de abril de 2020

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *