Editorial da Semana | 06 de agosto de 2020

Estreias e Dicas desta quinta-feira

Por Redação

Nosso site gostaria de informar que a pandemia continua. São cinco meses. Confinados. Com duas palavras: buscando a “reinvenção” e “webinando”. A cada dia, nós, os “que estamos realmente em casa”, lidamos com os “que estão nas ruas e acham que nada mais está acontecendo”. Querido ser externo, por favor, retorne as suas casas para que os “prisioneiros” consigam sair. Só ajudando o outro que o mundo “nunca normal” se tornará um “novo normal”. Assim, todos e todas refugiam-se na internet e nas dicas para  fazer com que o tédio não mostre as garras. E é para isso que nosso site se empenha: em preparar uma curadoria especial a fim de levar bom consumo cultural e descobertas como um ifood rappi do conhecimento. A Revista Semanal do Vertentes lista o que não se pode perder: curtas-metragens, seminário, filmes, conversas e muito mais. Viaje sem precisar sair de casa (sério, por favor, não pise na rua só por diversão, mas apenas por extrema necessidade)!

CURTA-METRAGEM DA SEMANA

A ILHA

(2008, Brasil, Animação, Minas Gerais, de 9 minutos, de Alê Camargo). Um rapaz preso numa ilha. Ação, mistério e muito tchá-tchá-tchá. ASSISTA AQUI (na página principal do site)!

PRÓXIMO CURTA

Na Rota do Vento, o cinema na música de Sergio Ricardo

NA ROTA DO VENTO – O CINEMA NA MÚSICA DE SÉRGIO RICARDO

(Brasil, 2019, 22 minutos, de Marina Lutfi, Cavi Borges e Victor Magrath). Trata-se de um documentário musical realista, mixando o antigo e o novo, trocando posições cronológicas, criando um carrossel sugestivo para o público. ESTREIA 13/08, 00:01.

EM CASA

Caravaggio

CARAVAGGIO

(Inglaterra, 1986, 93 minutos, de Derek Jarman, CRÍTICA AQUI). A curta vida do pintor italiano Michelangelo Merisi da Caravaggio (Nigel Terry) desde a infância e decepções do início da carreira até os últimos sucessos, a amizade com um cardeal e a relação destrutiva com um lutador (Sean Bean) e sua namorada (Tilda Swinton). O roteiro, escrito por Derek, corrobora sua “liberdade” criativa de trabalhar com excentricidades e “depravações” sem pudores como intrínsecos sentimentos dos seres humanos. Disponível no cardápio À La Carte do Belas Artes. 

 

O PRISIONEIRO

(Estados Unidos, 2019, 108 minutos, de Paul Kampf, CRÍTICA AQUI). Dylan deixou seu passado sombrio de crimes e encontrou o amor de sua vida, Maria. Agora ele trabalha como pescador em águas abertas, mas o diretor da prisão local tem outros planos. À procura de vingança, o diretor fará de tudo para que Dylan pague pelo crime que cometeu anos atrás. Disponível no streaming Cinema Virtual. 

SELEÇÃO ESPECIAL CINEMATECA FRANCESA

A MUNICIPALIDADE

(La Commune, 1914, França, 20 minutos, Silencioso, de Armand Guerra, ASSISTA AQUI)

Em 1914, a produtora cooperativa Le Cinéma du Peuple fez este filme, que reconstruiu vários episódios da Comuna de Paris. As últimas cenas do filme são documentários: um grupo da Associação Fraterna de Veteranos da Comuna reunida em frente ao Louvre, são reconhecíveis Zéphirin Camélinat, Jean Allemane, Nathalie Lemel. Filme restaurado em 1995 a partir de um negativo das coleções da Cinémathèque Française. Os créditos e subtítulos foram reconstruídos com a ajuda do historiador Nicolas Offenstadt.

A descoberta, nas coleções da Cinémathèque Française, do filme La Commune (e também de alguns fragmentos da janela de encaixe Vieux, 1914), é um evento para historiadores de cinema e ciências sociais. Poderíamos esperar ver novamente nas telas os filmes produzidos por Le Cinéma du Peuple, essa pequena empresa com uma vida útil muito curta (outubro de 1913 a agosto de 1914), com um modo de operação modesto e artesanal, e cujos fundadores, estranhos à indústria cinematográfica, eram todos libertários apaixonados? Henri Langlois, no entanto, encontrou alguns papéis não identificados e inéditos, sem legendas: atualmente, esses são os únicos vestígios dos primórdios do cinema social e militante, de um “cinema produzido pelo povo para o próprio povo. », Como os diretores da Frente Popular queriam mais tarde.

CINEMA EM CONVERSAS 11

Toda sexta-feira às 22:00 no youtube Lume Filmes Oficial tem o programa CINEMA EM CONVERSAS com Frederico Da Cruz Machado, Marco Fialho e Fabricio Duque. No dia 07/08, nós encontraremos VIVER, de Akira Kurosawa.

Enquanto o programa inédito (e ao vivo) não começa, confira os anteriores:

#01: A HORA DO LOBO, de Ingmar Bergman 
#02: A LIBERDADE É AZUL, de Krzysztof Kieślowski
#03: QUERELLE, de 
Rainer Werner Fassbinder
#04: CIDADÃO KANE, de Orson Welles
#05: CLEO DE 5 AS 7, de Agnès Varda
#06: FAÇA A COISA CERTA, de Spike Lee
#07: AS DIABÓLICAS, de Henri-Georges Clouzot
#08: S. BERNARDO, de Leon Hirszman
#09: VELUDO AZUL, de David Lynch
#10: ASAS DO DESEJO, de Win Wenders

TUDO SOBRE O SEMINÁRIO NA REAL_VIRTUAL

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

VERTENTES NA REAL_VIRTUAL JOÃO MOREIRA SALLES

VERTENTES NA REAL_VIRTUAL WALTER CARVALHO

VERTENTES NA REAL_VIRTUAL GABRIEL MASCARO

DICAS LOJA IMOVISION

Manbiki kazoku

ASSUNTO DE FAMÍLIA

(Manbiki kazoku, 2018, Japão, 121 minutos, de Kore-eda Hirokazu, CRÍTICA AQUI). Depois de uma de suas sessões de furtos, Osamu (Lily Franky) e seu filho se deparam com uma garotinha. A princípio eles relutam em abrigar a menina, mas a esposa de Osamu concorda em cuidar dela depois de saber dos abusos que ela sofre de seus pais. Embora a família seja pobre e mal ganhem dinheiro dos pequenos crimes que cometem, eles parecem viver felizes juntos até que um incidente revela segredos escondidos, testando os laços que os unem. Detalhes no link da loja: https://loja.imovision.com.br/pre-venda/ Já disponivel  na pré-venda com 10% de desconto. DVD – 39,90 – Entrega em 17.08 BLU RAY – 69,90 -Entrega em 04.09

O Jovem Ahmed

O JOVEM AHMED

(Le Jeune Ahmed, 2019. França, 84 minutos, de Jean-Pierre e Luc Dardenne, CRÍTICA AQUI). Ahmed é um jovem muçulmano de 13 anos que vive na Bélgica. Seguindo as palavras de um imã local, e inspirado nos passos do primo extremista, ele começa a rejeitar a autoridade da mãe e da professora. Quando se convence de que a professora é uma pecadora por ministrar um curso de árabe sem utilizar o Corão, Ahmed decide matá-la para impressionar os líderes religiosos e agradar a Alá. Depois do ato, o adolescente precisa lidar com as consequências de seu crime, e com as tentações da vida, ao encontrar o seu primeiro amor. Detalhes no link da loja: https://loja.imovision.com.br/pre-venda/ Já disponivel  na pré-venda com 10% de desconto. Apenas em DVD – 39,90 – Entrega em 17.08

FESTIVAL IN-EDIT NO SPCINE PLAY

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

OS FILMES DO FESTIVAL ECRÃ 2020

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

Sertania

CINE CEARÁ SERÁ PRESENCIAL E ONLINE

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

CINEOP 2020: CINEMA COMO PATRIMÔNIO

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

INSCREVA-SE YOUTUBE VERTENTES DO CINEMA

(clique AQUI ou na foto e fique conectado nas novidades)

CURSO MICHAEL HANEKE COM LUIZ BAEZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *