Festival Varilux de Cinema Francês 2011

A segunda edição do FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS permite ao espectador, apreciador da nova safra do cinema francês, conferir dez filmes que ainda não estrearam. E satisfazer o lado fã por compartilhar a presença com os diretores e os atores / atrizes. Neste ano, na sessão de “Uma Doce Mentira”, contará com AUDREY TAUTOU e do Produtor do filme, Philippe Martin. Já na abertura, poderemos esbarrar na diva francesa CATHERINE DENEUVE (atuando no novo filme de François Ozon “Potiche: Esposa Troféu”). Haverá também uma mostra homenageando SANDRINE BONNAIRE.

Realizado em junho de 2010 em 9 capitais do Brasil, o Festival Varilux de Cinema Francês seduziu mais de 25.000 espectadores e teve uma cobertura de imprensa de projeção nacional.Após tamanho sucesso, o Festival foi solicitado por salas de cinema de todo país, portanto, a edição 2011 acontecerá em 30 cinemas de 22 cidades, distribuídas em 17 estados brasileiros, tornando a iniciativa inédita por ser o primeiro festival de cinema com tamanha abrangência no Brasil. Os filmes da primeira edição foram: “Coco Chanel & Igor Stravinsky”, “O Profeta”, “O Pequeno Nicolau”, “Oceanos”, “Faça-me Feliz”, “Hadewijch”, “Um Novo Caminho”, “O Refúgio”, “8 vezes de Pé” e “O Dia da Saia”.

O Festival Varilux de Cinema Francês é realizado pela Unifrance Film International, associação de promoção do cinema francês no mundo que realiza mostras em grandes capitais como Nova York, Tóquio, Moscou, Pequim e também no Brasil. O festival é promovido e patrocinado pela multinacional francesa Essilor-Varilux* (fabricante exclusivo das lentes Varilux e do anti-reflexo Crizal). O evento conta também com o patrocínio da Citroën e o co-patrocínio da Allianz Seguros, L’Oréal, Tok&Stok e Sofitel. É produzido pela Bonfilm com apoio da Embaixada da França no Brasil e da rede de Alianças Francesas. Durante o Festival, as exibições dos filmes no país tudo serão realizadas pela Auwe Digital.

O evento será simultâneo de 08 a 16 de junho no Rio de Janeiro, São Paulo, Belém, Brasília, Campos, Campinas, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Juiz de Fora, Macaé, Maceió, Natal, Porto Alegre, São Luís, Santos, Salvador, Recife e Vitória. Em Fortaleza, o festival acontece no período de 16 a 23, e em Belo Horizonte, entre 24 e 30 de junho.

Além de exibição de filmes em todas as cidades (22 no total), o festival promove um encontro entre profissionais da área cinematográfica no Rio de Janeiro. A delegação francesa e os profissionais brasileiros debatem o mercado no encontro “Cinema digital e diversidade cultural: Desafios e oportunidades para as indústrias brasileira e francesa” no dia 10 de junho no Hotel Sofitel, em Copacabana, no Rio. Entre os temas discutidos estão: a difusão comercial em sala; as novas janelas de difusão dos filmes (internet, celulares); a distribuição dos filmes não americanos nas televisões e as ações inovadoras de promoção do cinema. As presenças já confirmadas são da Diretora geral da Unifrance Film, Régine Hatchondo, representantes do CNC (Centre Nacional Du Cinéma) e Gregoire Lassale, presidente do maior site sobre cinema da França: “Allo Cine”.

No sábado, dia 11, também no Rio, o Festival exibe ao ar livre (no Forte do Leme) a animação francesa “Um gato em Paris” – que também integra a mostra regular – e “Orfeu Negro” filme franco-brasileiro dirigido por Marcel Camus, vencedor do Oscar e do Globo de Ouro de 1960 (melhor filme estrangeiro) e da Palma de Ouro em Cannes, em 1959.

A Retrospectiva de filmes da atriz francesa Sandrine Bonnaire, iniciativa do Institut Français e da Embaixada da França no Brasil, acontece dentro do festival, entre 8 e 16 de junho, nas cidades do Rio e de São Paulo e, em seguida, parte em itinerância para mais seis cidades brasileiras. Serão oito longas-metragens, dentre eles o aguardado “Xeque Mate” (Joueuse), de Caroline Bottaro (que estará presente também na seleção do festival). Musa dos diretores Pialat e Chabrol, Sandrine foi a atriz principal do filme Sob o sol de Satã vencedor da Palma de Ouro em Cannes. No total, serão exibidos sete longas de ficção (“A nous Amours”, “A Puritana”, “Mulheres Diabólicas”, “Poderá ser amor?”, “Sem teto nem lei”, “Senhorita”, além de “Xeque-Mate”) e um documentário dirigido pela própria Sandrine (“O nome dela é Sabine”).

Sandrine Bonnaire, 44 anos,já participou de mais de 40 filmes.Sua carreira começou aos 16 anos de idade, em 1983, quando ela estrelou o filme “À nos amours”, de Maurice Pialat e ganhou o prêmio César de atriz mais promissora. Seu primeiro sucesso internacional veio em 1986, quando interpretou a personagem principal de “Vagabond”, dirigido por Agnès Varda, e foi novamente premiada com um César. Em 2004, Sandrine estrelou “Confidencias muito íntimas”, de Patrice Leconte, sucesso de bilheteria nos Estados Unidos. Quatro anos após ter dirigido o documentário sobre a sua irmã, “O nome dela é Sabine”, Sandrine Bonnaire está terminando o seu primeiro filme de ficção, “J’enrage de son absence”que tem como ator principal, William Hurt, seu ex-marido.

Programação

ODEON PETROBRAS

Sexta, 10/6 – 18:15 – Uma Doce Mentira (De vrais mensonges), Dir: Pierre Salvadori Com Audrey Tautou, Nathalie Baye. Comédia – 1h45 – 12 anos
Com a presença de Audrey Tautou e do Produtor do filme, Philippe Martin.

ESTAÇÃO SESC BARRA POINT 1

Sexta, 10/6
14h00 – LOBO(Loup) De Nicolas Vanier, com Nicolas Brioudes, Pom Klementieff, Min Man Ma. Aventura – 1h42 – 12 anos
16h15 – OS NOMES DO AMOR (Le Nom des gens), de Michel Leclerc, com Jacques Gamblin, Sara Forestier, Zinedine Soualem, Carole Franck. Comédia – 1h44 – 12 anos
18h30 – POTICHE: ESPOSA TRÓFEU (Potiche), de François Ozon, com Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Fabrice Luchini, Karin Viard, Jérémie Renier, Judith Godrèche. Comédia – 1h43 – 12 anos
21h00 – UMA DOCE MENTIRA (De vrais mensonges), Dir: Pierre Salvadori. Com Audrey Tautou, Nathalie Baye. Comédia – 1h45 – 12 anos

Sábado, 11/6

14h00 – UM GATO EM PARIS(Une vie de chat), de Alain Gagnol e Jean-Loup Felicioli. Animação / Policial – 1h00 – livre
16h15 – O PAI DE MEUS FILHOS (Le Père de mes enfants), de Mia Hansen-Løve, com Chiara Caselli, Alice Gautier, Louis-Do de Lencquesaing, Alice de Lencquesaing,
Drama – 1h50 – 12 anos
18h30 – COPACABANA (idem), de Marc Fitoussi, com Isabelle Huppert, Lolita Chammah,
Aure Atika, Noémie Lvovsky. Comédia dramática – 1h47 – 12 anos
21h00 – POTICHE: ESPOSA TRÓFEU (Potiche), de François Ozon, com Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Fabrice Luchini, Karin Viard, Jérémie Renier, Judith Godrèche. Comédia – 1h43 – 12 anos

Domingo, 12/6

14h00 – UM GATO EM PARIS (Une vie de chat), de Alain Gagnol e Jean-Loup Felicioli. Animação / Policial – 1h00 – livre
15h30 – SIMON WERNER DESAPARECEU (Simon Werner a disparu…). De Fabrice Gobert, com Ana Girardot, Jules Pelissier, Esteban Carvajal Alegria. Thriller – 1h33 – 12 anos
17h30 – VÊNUS NEGRA (Vénus noire)
De Abdellatif Kechiche, com Yahima Torres, André Jacobs, Olivier Gourmet, Elina Löwensohn. Drama histórico – 2h44min – 16 anos
20h30 – Os Nomes do Amor (Le Nom des gens), de Michel Leclerc, com Jacques Gamblin, Sara Forestier, Zinedine Soualem, Carole Franck. Comédia – 1h44 – 12 anos

Segunda, 13/6

14h00 – O PAI DE MEUS FILHOS
16h15 – COPACABANA
18h30 – UMA DOCE MENTIRA
21h00 – XEQUE-MATE (Joueuse) De Caroline Bottaro, com Sandrine Bonnaire, Kevin Kline, Valérie Lagrange, Francis Renaud. Comédia dramática – 1h40 – 12 anos

Terça, 14/6

14h00 – COPACABABA
16h15 – XEQUE-MATE
18h30 – OS NOMES DO AMOR
21h00 – VÊNUS NEGRA

Quarta, 15/6

14h00 – UM GATO EM PARIS
15h30 – O PAI DOS MEUS FILHOS
17h30 – VÊNUS NEGRA
20h30 – LOBO

Quinta, 16/6

14h00 – SIMON WERNER DESAPARECEU
16h15 – UMA DOCE MENTIRA
18h30 – Potiche: Mulher Troféu
21h00 – COPACABANA

ESTAÇÃO SESC IPANEMA 1

Sexta, 10/6

14h00 – XEQUE-MATE
c/ as presenças de Sandrinne Bonnaire
e da Diretora Caroline Bottaro

16h30 – SIMON WERNER DESAPARECEU
c/ a presença de Alain Gagnol
(diretor de Um Gato Em Paris)

19h00 – LOBO
c/ a presença do Diretor Nicolas Vannier

21h30 – OS NOMES DO AMOR
c/ a presença do Diretor Michel Leclerc

Sábado, 11/6

14h00 – O PAI DOS MEUS FILHOS
c/ a presença do Produtor Philippe Martin

16h30 – Potiche: Mulher Troféu

18h30 – COPACABANA
c/ a presença da Atriz Aure Atka

21h00 – VÊNUS NEGRA
c/ a presença da Atriz Yashima Torres

Domingo, 12/6

13h00 – OS NOMES DO AMOR
c/ a presença do Diretor Michel Leclerc

15h30 – LOBO
c/ a presença do Diretor Nicolas Vannier

18h00 – VÊNUS NEGRA

21h30 – Potiche: Mulher Troféu

Segunda, 13/6

14h00 – O PAI DOS MEUS FILHOS
16h15 – COPACABANA
18h30 – UMA DOCE MENTIRA
21h00 – XEQUE-MATE

Terça, 14/6

14h00 – UM GATO EM PARIS
15h30 – O PAI DOS MEUS FILHOS
18h00 – VÊNUS NEGRA
21h30 – LOBO

Quarta, 15/6

14h00 – SIMON WERNER DESAPARECEU
16h00 – UMA DOCE MENTIRA
18h30 – Potiche: Mulher Troféu
21h00 – COPACABANA

Quinta, 16/6

14h00 – COPACABANA
16h30 – XEQUE-MATE
19h00 – OS NOMES DO AMOR
21h00 – VÊNUS NEGRA

Banner Vertentes Anuncio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *