Mostra Um Curta Por Dia mes 12

Tudo Sobre a Mostra Nordeste em Pré-Estreias

Nordeste em Pre-estreias

Tudo Sobre a Mostra Nordeste em Pré-Estreias

De 26/04 a 03/05, o curador Cavi Borges traz um recorte de filmes inéditos nordestinos ao Rio de Janeiro, em um total de 14 obras, entre 10 longas-metragens

Por Fabricio Duque

Nordeste. Região do Brasil que abriga os nove Estados: Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão e Piauí. Com a maior costa litorânea, mas durante anos o Nordeste sempre esteve atrás do circuito Rio de Janeiro e São Paulo nas produções cinematográficas. Ainda bem que isso é passado, porque agora a lista de filmes que atravessam geografias só aumenta, inclusive internacionalmente, nos festivais de cinema de Cannes, Berlim, Locarno, Roterdã, e por último, Tribeca, com o novo trabalho de Guto Parente, “Estranho Caminho”, o único selecionado para ser exibido em Nova York. E ainda bem também que há curadores antenados com o que acontece na “terra do sol”. Cavi Borges é um desses interessados em fomentar a cultura nordestina no Rio de Janeiro, especialmente no Estação Net Botafogo. A mostra Nordeste em Pré-Estreias tem curadoria do diretor e produtor carioca e acontece, de hoje, 26/04, até 03/05. Ao todo são 14 produções, entre dez longas-metragens e quatro curtas-metragens. Cavi selecionou cinco Estados dos nove: há obras de Pernambuco, Ceará, Paraná, Bahia, Piauí e Rio Grande do Norte. 

A abertura da Mostra Nordeste em Pré-Estreias, que traz um recorte de filmes inéditos, exibe o polêmico “Propriedade”, de Daniel Bandeira, que passou no Festival do Rio do ano passado e migrou para a mostra Panorama do Festival de Berlim 2023. A mostra também fará homenagens ao cineastas Taciano Valério, com dois longas e dois curtas, e ao diretor Daniel Bandeira com dois longas. Os dois estarão presentes nas respectivas sessões.  E não para por aí: acontecerá também o lançamento de um livro sobre o crítico Salvyano Cavalcanti de Paiva. Confira a programação completa no final desta matéria!

“A ideia surgiu quando eu estava na Paraíba, no Festival de Aruanda, no final do ano passado. Ao assistir filmes interessantíssimos lá e nenhum deles tinha passado no Rio de Janeiro ainda. Porque basicamente o Rio é o Festival do Rio. Não há outro festival. Então, os filmes que não são selecionados, não têm janela de exibição aqui. Pesquisei muito e descobri que muitos filmes do Nordeste não tinham passado no Rio. O cinema nordestino é muito potente e esta mostra é para suprir essa  lacuna”, explicou o curador Cavi Borges sobre a importância da Mostra Nordeste em Pré-Estreias. 

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Propriedade

26/04 (Quarta-feira) 

SESSÃO DE ABERTURA – ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 1)

21:00 – “PROPRIEDADE” (Pernambuco), de Daniel Bandeira

A sessão terá presença do diretor e da atriz Malu Galli. Sinopse: Dois universos estão prestes a colidir, quando uma revolta de trabalhadores começa. Para se proteger do levante dos trabalhadores da fazenda de sua família, uma reclusa estilista se enclausura em seu carro blindado. Mesmo separados por uma camada impenetrável de vidro, o conflito é inevitável.


27/04 (Quinta-feira)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 2)

19:00 – “AMIGOS DE RISCO” (Pernambuco), de Daniel Bandeira

Sinopse: Após anos em fuga, Joca está de volta à cidade. E, para comemorar, nada melhor que uma noitada com seus bons amigos Nelsão e Benito. Mas o alegre reencontro vira um pesadelo quando Joca subitamente passa mal. Sem dinheiro, transporte ou comunicação, seus amigos agora precisam carregá-lo pela cidade deserta até o hospital mais próximo. Vai começar uma corrida contra o tempo cheia de surpresas capazes de abalar os mais firmes laços de amizade. O filme conta com produção de Juliano Dornelles (de “Bacurau”). 


28/04 (Sexta-feira)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 2)

19:00 – “ESPUMAS AO VENTO” (Pernambuco), de Taciano Valério

Presença da equipe na sessão. Sinopse: Durante uma apresentação de um grupo de artistas, uma tragédia ocorre. Após o acontecimento, duas irmãs se distanciam e suas vidas se correlacionam com o fantasmagórico passado. Enquanto isso, um pastor procura novas formas de ganhar dinheiro.


29/04 (Sábado)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 2)

19:00 – “REBENTO” (Paraíba), de André Morais

Sinopse: Uma mulher comete um crime contra seu filho recém-nascido e decide abandonar sua família, seu lar e sai em busca de um novo rumo para sua vida. Carregando sempre uma melancia em sua barriga, como símbolo do ventre da antiga gestação, ela irá vagar sem rumo, até encontrar três pessoas em seu caminho que, em eventos distintos, marcarão sua vida para sempre.

29/04 (Sábado)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 1)

21:00 – “SUJEITO OCULTO” (Pernambuco), de Léo Falcão 

Sinopse: Para escapar de um bloqueio criativo, Max, um famoso romancista, muda-se para uma casa perto de uma pequena, isolada e estranha vila. Logo, muitas ideias começam a surgir, mas não da maneira que o escritor esperava. À medida que aumenta a sensação de estar em contato com histórias (e não com pessoas), ele percebe o misterioso aparecimento de páginas em sua escrivaninha, aparentemente escritas pelo antigo morador da casa. Isso é o suficiente para fazer Max levantar dúvidas sobre sua criatividade, sua sanidade e até mesmo sua existência.

“ÔNIX” (Pernambuco), de Aguinaldo Flor (curta-metragem)

Presença da equipe na sessão. Sinopse: A trama é centrada no personagem Bruno, que vive um drama psicológico oriundo da ligação afetiva com seu avô, um ex-preso político na década de 1970. Próximo da sua casa, ele esbarra em Caio, um homem problemático que não aceita sua própria essência. O encontro casual torna-se intenso e sensível à medida que ambos expõem suas fraquezas, memórias e melancolias.


30/04 (Domingo)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 2)

19:00 – “SOBRADINHO” (Bahia), de Marilia Hughes e Claudio Marques

Sinopse: Das 73 mil pessoas que foram forçadas a abandonar a região de Sobradinho, Dona Pequenita foi a única a retornar. Moradora solitária em uma cidade fantasma, ela recebe a visita de três assistentes sociais que foram responsáveis por convencer a população a sair, à época.

“A VIDA EM MEUS PUNHOS” (Bahia), de Marília Hughes Guerreiro (curta-metragem)

Sinopse: O filme retrata o cotidiano da pugilista Adriana Araújo, que almeja novas conquistas e títulos para seu devido reconhecimento no boxe.Todo Mundo Já Foi Para Marte

01/05 (Segunda-feira)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 2)

19:00 – “BIA” (Pernambuco), de Taciano Valério

Sinopse: Bia é uma mulher não alheia aos ditames de uma sociedade patriarcal e sexista, e que enfrenta, como tantas outras mulheres, as dificuldades em dar um “não” às práticas heteronormativas, misóginas e sexistas da sociedade em que vive. Doutoranda, investiga o lugar da mulher no espaço da luta da camponesa, traduzida nas mulheres sem-terra, que são personagens reais no filme, através delas Bia busca forças para romper de vez com as estruturas fundacionais do patriarcado, como casamento, família, valorizando o seu trabalho e a sua liberdade. Um filme de ficção que dialoga de forma concreta com a realidade e temas pertinentes em nossa sociedade, é ambientado em vários momentos em situações reais, gravadas no acampamento Normandia do MST em Caruaru, num misto de ficção e documentário.

“XORUME” (Bahia), do Coletivo Inconsequências

Sinopse: Uma estação de ônibus decadente, um bairro boêmio gentrificado, um centro histórico ameaçado pela especulação, uma feira de rua reformada e um antigo cinema abandonado, esses são os cenários do drama pós apocalíptico XORUME, primeiro filme do coletivo INCONSEQUÊNCIAS. A corrupção, o descaso, a ganância e a especulação financeira e imobiliária que devastam a cidade e os cidadãos são os temas que movem nosso filme. Ainda temos com sobreviver na superfície ou devemos habitar o subterrâneo, o underground?


02/05 (Terça-feira)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 2)

19:00 – “CAMADAS DAS AGUAS INVISÍVEIS” (Piauí), de Antônio Augusto

Sinopse: O filme discute e questiona as origens de Teresina e de sua urbanização ao longo dos anos. Trata-se da mudança da capital do Piauí de Oeiras em 1852, os ideais de modernidade da época e os problemas que resultaram desse processo nas pessoas e na cidade.

“SIDERAL” (Rio Grande do Norte), de Carlos Segundo (curta-metragem)

Sinopse: Em Natal, Rio Grande do Norte, o primeiro lançamento de um foguete brasileiro está prestes a acontecer. Um casal mora com os dois filhos perto do centro espacial. Ele é mecânico, enquanto ela é faxineira. Porém, a mulher sonha com outros horizontes.

BIG BANG” (Rio Grande do Norte), de Carlos Segundo (curta-metragem)

Sinopse: Chico é um homem com nanismo que trabalha consertando fornos. Solitário, ele vive um conflito interno contínuo, resultado do sentimento de abandono familiar e da exclusão social que normalmente o persegue. No entanto, Chico descobre pouco a pouco uma forma de resistência e de vingança.


03/05 (Quarta-feira)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 2)

19:00 – “TODO MUNDO JÁ FOI PRA MARTE  (Ceará), de Telmo Carvalho

O primeiro longa-metragem em animação realizado no Ceará. Sinopse: Uma viagem, em formato de animação, por sensações e experiências pessoais com a pandemia. Feito por 37 animadores cearenses, o filme revela uma multiplicidade de procedimentos, olhares, estilos, mas também aberturas para a intimidade de seus criadores.

03/05 (Quarta-feira)

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO (Sala 1)

21:00 – “ALECRIM E O SONHO” (Rio Grande do Norte), de Valério Fonseca

Presença da equipe na sessão. Sinopse: Vicente é um professor viúvo aposentado que vive entre os sonhos lúcidos e a vida cotidiana no bairro do Alecrim.


SERVIÇO

Mostra Nordeste em Pré-Estreias

Rio de Janeiro

Estação Net Botafogo (sala 1 e 2)

26/04 a 03/05

Entradas já disponíveis no site INGRESSO.COM ou na bilheteria do Estação Net Botafogo!

Preço único: R$ 12,00

Pix Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta