Paris Blues
Foto divulgação do filme “Paris vive à noite”

A Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

Por Fabricio Duque

O Centro cultural é reconhecido internacionalmente, principalmente por seu acervo cinematográfico, que foi aumentado pelo apoio do Estação. A curadoria é do Jornalista Ricardo Cota, que sente na pele as dificuldades para manter o local funcionando e realizar uma programação diversa e multi-cultural. É um ato de resistência ajudado pela paixão incondicional do historiador Hernani Heffner. E na entrevista exclusiva ao Vertentes do Cinema, disse que em certos momentos, todo o engessamento, causa confusão e desânimo. Nosso site participa com o Cineclube Clássicos, já exibindo “O Demônio das Onze Horas”, de Jean-Luc Godard (no foco França) e “Os Boas Vidas” (foco Itália), de Federico Fellini. ENTRADA FRANCA.

Programação Completa

Setembro 2019

Sala Cosme Alves Netto

dom 1
15h – Dossiê Crítico 1999 – Topsy-Turvy – O Espetáculo Topsy-Turvy de Mike Leigh. Grã-Bretanha/EUA, 1999. Com Jim Broadbent, Allan Corduner e Dexter Fletcher. 154’. Legendas em português. Exibição em 35mm. Classificação indicativa 16 anos.
18h – Dossiê Crítico 1999 – Quero ser John Malkovich Being John Malkovich de Spike Jonze. EUA, 1999. Com John Cusack e Cameron Diaz. 94’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 18 anos.

seg 2
18h30 – Perspectivas do Cinema Português – Pro ano há mais de Daniel Pereira. Portugal, 2008. Documentário. 3’. + Terra de Hiroatsu Suzuki. Portugal, 2018. Documentário. 60’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos. Curadoria Bruno Andrade, Matheus Cartaxo e Yuri Lins.

ter 3
14h – Mini-curso – O cinema e a visão dos espectros: Harun Farocki, Marguerite Duras e Chris Marker, com o professor Serge Margel (Université de Neuchâtel/Universidade de Brasília). Classificação indicativa Livre. Organização Tadeu Capistrano (UFRJ)/Risco Cinema.
18h30 – Perspectivas do Cinema Português – Cordão verde de Hiroatsu Suzuki. Portugal, 2009. Documentário. 33’. + Wolfram, a saliva do lobo de Rodolfo Pimenta. Portugal, 2010. Documentário. 55’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.

qua 4
14h – Mini-curso – O cinema e a visão dos espectros: Harun Farocki, Marguerite Duras e Chris Marker, com o professor Serge Margel (Université de Neuchâtel/Universidade de Brasília). Classificação indicativa Livre. Organização Tadeu Capistrano (UFRJ)/Risco Cinema.
18h – Perspectivas do Cinema Português – Longe de José Oliveira. Portugal, 2016. Com José Lopes, Manuel José Martins e Rui Carvalho. 36’. + The last day of Leonard Cohen in Hydra de Mário Fernandes. Portugal, 2018. Com Rui Pelejão, Filipa Gambino e Marta Ramos. 29’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.
19h30 – Sessão Retrolâmpago – O grande desfile The big parade de King Vidor e George W. Hill (não creditado). Com John Gilbert e Renée Adorée. 151’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Sessão precedida de apresentação e seguida de sorteios de cartazes. Classificação indicativa 16 anos. Curadoria Igor Andrade Pontes. Organização Drika Lima, Igor Andrade Pontes e João Antonio Franz.

qui 5
14h – Curso – Afetos e Sensações no Cinema Brasileiro Contemporâneo, com os professores Denílson Lopes e Mariana Baltar. Seminário de pós-graduação acompanhado da projeção de Inferninho de Guto Parente e Pedro Diógenes. Brasil, 2018. Com Yuri Yamamoto, Démick Lopes e Samya de Lavor. 82’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 16 anos.
18h30 – Sala Escura – O braço forte El brazo fuerte de Giovanni Korporaal. México, 1958. Com Leandro Morett, Hermelinda Guerrero e Jorge González. 88’. Versão original sem legendas. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 16 anos.
20h – Pré-estreia – Ceci n’est pas un artist – Isso não é um artista de Clara Nery-Brandão, Luiza Callado, Kaio Braúna e Sofia Herschmann. Brasil, 2019. Documentário. 13’. + odeiosernomead_ de L Hansen. Brasil, 2019. Com Gabrielle Almeida, Maria Vitória Zapalla e Thai Nunes. Autoetnografia experimental. 10’. + Praça Tiradentes de André Albuquerque, Bernardo Kettrup, Guilherme Baptista, Iuri Nascimento e Nathalia Andrade. Brasil, 2019. Documentário. 12’. + R(existir) de Beatriz Diniz, Vinícius Garcia, Mariana Resende, Larissa Folharini. Brasil, 2019. Documentário. 16’. + Embaixo do tapete de Júlia Fleury & Vitória Melhado. Documentário. 16’. + Dizem as paralelas de Clara Ramos, Mariana Duràn, Natalia Andriewiski, Sylvia Bomtempo, Yasmin Turini. Documentário. 27’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 14 anos.

sex 6
14h – Sobreurbano: a cidade se debate – Baixada Fluminense – Cineclubismo na Baixada Fluminense de Carol Vilamaro. Brasil, 2018. Documentário. 21’. + TV Olho de Rodrigo Dutra. Brasil, 2018. Documentário. 84’18”. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa Livre.
18h30 – Perspectivas do Cinema Português – Farpões baldios de Marta Mateus. Portugal, 2017. Com Francisco Barbeiro, Gonçalo Prudêncio e José Codices. 25’. + O sabor do leite creme de Hiroatsu Suzuki e Rossana Torres. Portugal, 2012. Documentário. 74’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.

dom 8
14h – Antes da Chuva – Cabaret de Bob Fosse. EUA/1972. Com Liza Minelli, Michael York e Joel Grey. 124’. Legendas em português. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 16 anos.
17h – Pré-estreia – O lendário de Carlos Castro. Brasil, 2018. Com Juliana Máxima, Sara Longon, Cely Ramalho e Lena Oliveira. 70’. Exibição em mov (H264). Sessão seguida de debate com a equipe. Classificação indicativa 16 anos.

seg 9
18h30 – O Jazz vai para Hollywood – O cantor de jazz The jazz singer de Alan Crosland. EUA, 1927. Com Al Jolson, May McAvoy e Warner Oland. 88’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos. Curadoria: Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro – ACCRJ.

ter 10
18h30 – O Jazz vai para Hollywood – A epopéia do Jazz Alexander’s ragtime band de Henry King. EUA, 1938. Com Tyrone Power, Alice Faye e Don Ameche. 106’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.

qua 11
18h30 – O Jazz vai para Hollywood – Sinfonia bárbara Birth of the Blues de Victor Schertzinger. EUA, 1941. Com Bing Crosby, Mary Martin e Brian Donlevy. 87’. Legendas em português. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 14 anos.

qui 12
14h – Curso – Afetos e Sensações no Cinema Brasileiro Contemporâneo, com os professores Denílson Lopes e Mariana Baltar. Seminário de pós-graduação acompanhado da projeção de Tatuagem de Hilton Lacerda. Brasil, 2013. Com Irhandir Santos e Jesuíta Barbosa. 110’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 16 anos.
19h – O Jazz vai para Hollywood – Cavalgada de melodias Syncopation de William Dieterle. EUA, 1942. Com Adolphe Menjou, Jackie Cooper e Bonita Granville. 88’. Legendas em português. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 14 anos.

sex 13
14h – Sobreurbano: a cidade se debate – Baixada Fluminense – Amuleto de Ogum de Nelson Pereira dos Santos. Brasil, 1974. Com Ney Sant’Anna, Anecy Rocha e Jofre Soares. 112’. Exibição em 35mm. Classificação indicativa 18 anos.
18h30 – O Jazz vai para Hollywood – O ocaso de uma estrela Lady sings the blues de Sidney J. Furie. EUA, 1972. Com Diana Ross, Billy Dee Williams e Richard Pryor. 144’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.

sab 14
16h – O Jazz vai para Hollywood – Taverna maldita Pete Kelly’s blues de Jack Webb. EUA, 1955. Com Jack Webb, Janet Leigh, Edmond O’Brien e Ella Fitzgerald. 95’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.
18h – O Jazz vai para Hollywood – Música e lágrimas The Glenn Miller story de Anthony Mann. EUA, 1954. Com James Stewart, June Allysson e Harry Morgan. 115’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.

dom 15
16h – O Jazz vai para Hollywood – Paris vive à noite Paris blues de Martin Ritt. EUA, 1961. Com Paul Newman, Joanne Woodward, Sidney Poitier e Louis Armstrong. 98’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.
18h – O Jazz vai para Hollywood – Ascensor para o cadafalso Ascenseur pour l’échafaud de Louis Malle. EUA, 1958. Com Jeanne Moreau, Maurice Ronet e Georges Poulouly. 91’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.

seg 16
14h – 3ª. Mostra do Filme Marginal: Sessão Marginal IV – Bicha-bomba de Renan de Cillo. Brasil, 2019. Documentário. 8’. + Megg – A margem que migra para o centro de Larissa Nepomuceno Moreira e Eduardo Sanches. Brasil, 2018. Documentário. 15’. + TransForma de Agatha Sampaio e Beatriz Rosa Estrela. Brasil, 2018. Documentário. 63’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 14 anos.
16h40 – 3ª. Mostra do Filme Marginal: Sessão Marginal IV – Abaya: resistência e ancestralidade de Grazie Pacheco. Brasil, 2018. Documentário. 3’. + Roda de Caio Almeida. Brasil, 2019. Documentário. 7’. + Olha o teatro no meio da rua de Janaina Reis. Brasil, 2019. Documentário. 15’. + Nas quebradas do boi de Igor Machado. Brasil, 2019. 21’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 14 anos.
20h – Homenagem a Sílvio Tendler – Ferreira Goulart, a arqueologia do poeta de Sílvio Tendler. Brasil, 2019. Documentário. 87’. Exibição em mov (H264). Sessão com a presença do realizador. Classificação indicativa 14 anos.

ter 17
14h – Mostra Itinerante XII Prêmio Pierre Verger – Outro fogo de Guilherme Moura Fagundes. Brasil, 2017. Documentário. 21’. + Ver peixe de Rafael Victorino Devos. Brasil, 2017. 46’. Exibição em mov (H264). Sessão seguida de debate com Samuel Leal (IMS). Classificação indicativa 14 anos.
16h – Mostra Itinerante XII Prêmio Pierre Verger – Cortadores de Pedra de Paula Pflüger Zanardi. Brasil, 2017. Documentário. 31’. + Entre parentes de Tiago de Aragão. Brasil, 2018. 28’. Exibição em mov (H264). Sessão seguida de debate com Marcos Albuquerque (UERJ). Classificação indicativa 14 anos.
18h – Mostra Itinerante XII Prêmio Pierre Verger – Deixa na régua de Emílio Domingos. Brasil, 2017. Documentário. 73’. Exibição em mov (H264). Sessão seguida de debate com o realizador. Classificação indicativa 14 anos. Curadoria Eliska Altman e Tatiana Bacal.

qua 18
14h – 3ª. Mostra do Filme Marginal: Sessão Marginal VII – A estranha velha que enforcava cachorros de Thiago Morais. Brasil, 2018. Com Lu Domanne e Emerson Nascimento. 7’. + Quentura de Mari Corrêa. Brasil, 2018. Documentário. 36’. + Em Bora – Além das margens amazônicas de Leonardo Carrato. Peru, 2018. Documentário. 8’. + Mato adentro de Elton de Almeida. Brasil, 2019. Com Júlio Silvério, Riggo Oliveira e Antonio Salvador. 20’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 14 anos.
16h – 3ª. Mostra do Filme Marginal: Sessão Marginal VIII – Linhas tortas de Flora Suzuki e Grazi Labrazca. Brasil, 2019. Documentário. 7’. + Arquitetura dos que habitam de Daiana Rocha. Brasil, 2018. Documentário. 5’. + Parque Oeste de Fabiana Assis. Brasil, 2018. Documentário. 70’. + Nas quebradas do boi de Igor Machado. Brasil, 2019. 21’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 16 anos.
18h30 – Cineclube Golden Swallow – Transferido Tenkōsei / 転校生 de Nobuhiko Obayashi / 大林 宣彦. Japão, 1982. Com Satami Kobayashi e Toshinori Omi. 113’. Legendas em português. Exibição em dvd. Sessão seguida de roda de conversa e distribuição de livretos sobre o realizador. Classificação indicativa 14 anos. Curadoria Yuri Ferreira.

qui 19
14h – Curso – Afetos e Sensações no Cinema Brasileiro Contemporâneo, com os professores Denílson Lopes e Mariana Baltar. Seminário de pós-graduação acompanhado da projeção de Arábia de Affonso Uchoa e João Dumans. Brasil, 2017. Com Aristides de Sousa e Murilo Caliari. 97’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 16 anos.
18h30 – Zanine Forma e Resistência – Arquitetura de morar de Antônio Carlos Fontoura. Brasil 1974. Documentário. 12’. + Zanine, Ser do Arquitetar de André Horta. Brasil, 2016. Documentário. 80’. Exibição em mov (H264). (filme cancelado por motivos técnicos). + conversa com Carlos Vergara e Fernanda Borges, com mediação de Tulio Mariante.

sex 20
14h – Sobreurbano: a cidade se debate – Baixada Fluminense – 1962, o ano do saque de Victor Roberto Ferreira, Brasil, 2014. Documentário. 45’27”. + Nossos mortos têm voz de Fernando Sousa e Gabriel Barbosa. Brasil, 2018. Documentário. 28’16”. + Cascudos de Igor Barradas. Brasil 2018. Documentário. 17’37”. + Nunca fui, mas me disseram de Bruno Vianna, Jacqueline Martins, Priscila Marques, Taísa Moreno e Verônica Trindade. Brasil, 2007. Documentário. 38’53”. Exibição em mov (H264). Sessão seguida de roda de conversa com os realizadores Rodrigo Dutra, Fernando Sousa e Igor Barradas. Classificação indicativa 14 anos.
19h – Urubu Cine: Octavio Bezerra – Amerika. Brasil, 1978. 8’. + A resistência da lua. Brasil, 1985. 32’. + Lampeão, o Capitão Malasartes. Brasil, 1987. 10’. + Kultura tá na rua. Brasil, 1988. 7’. Documentários. Exibição em 35mm. Sessão seguida de roda de conversa com o realizador e Severino Dadá. Classificação indicativa 14 anos. Curadoria Lucas Parente.

sab 21
14h – L.U.T.O. – Sete homens e um destino The magnificent seven de Antoine Fuqua. EUA, 2015. Com Denzel Washington, Chris Pratt e Ethan Hawke. 132’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.
17h – Pré-estreia – O agressor de Ailton José. Brasil, 2019. Com Josiana Passos e Rafael Prado. 43’25”. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 16 anos.
20h – Pré-estreia – Meu palco é a rua de Tiago Nascimento. Brasil, 2019. Documentário. 80’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos.

dom 22
14h – 3ª. Mostra do Filme Marginal: Sessão Marginal XVIII – Cidadãos invisíveis de Paulo Dumaresq. Brasil, 2019. Documentário. 24’. + Meninas (in)visíveis de Isabela Aleixo e Karla Suarez. Brasil, 2018. Documentário. 18’. + Através dos seus olhos de Fernanda Carvalho. Brasil, 2019. Documentário. 12’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.
15h15 – 3ª. Mostra do Filme Marginal: Sessão Marginal XIX – Match de Raquel Freire. Brasil, 2017. Experimental. 1’. + Reality de Victor Nascimento. Brasil, 2018. 3’. + Mood de Raquel Freire. Brasil, 2019. 3’. + Inhumane I de Luiz Will Gama. Brasil, 2019. Experimental. 19’. + Em cima do muro de Hilda Lopes Pontes. Brasil, 2019. Com Nayara Homem e Enoé Lopes Pontes. 15’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 10 anos.
16h45 – 3ª. Mostra do Filme Marginal: Sessão Marginal XIX – Do samba ao sample: entre duas culturas de Ruan Lucena. Brasil, 2018. Documentário. 15’. + Cambinda: onde nada se ensina, tudo se aprende de Enoo Miranda. Brasil, 2018. Documentário. 20’. + Itapocu de André Senna. Brasil, 2019. Documentário. 25’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa Livre.
18h – Pré-estreia – Luz a sós, ep. 1 e 2, de Mariana Parreira. Brasil, 2019. Websérie. Com Arthur Santileone, Kassia de Paula e Giul Abreu. 10’ + 10’. + Same de Bruno Nunes. Brasil, 2018. Com Tom Rodrigues, Nathalia de Valio, Wallace Coutinho e Semiramice Araújo. 15’. Exibição em MP4 (H264). Sessão seguida de roda de conversa. Classificação indicativa 14 anos.

ter 24
18h30 – Sessão Pianeiro – O filho do Sheik The son of Sheik de George Fitzmaurice. EUA, 1926. Com Rudolph Valentino e Vilma Bánky. 68’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Sessão com acompanhamento musical ao vivo por Cadu. Classificação indicativa 14 anos.

qua 25
18h30 – Cineclube Moventes – Ninotchka de Ernst Lubitsch. EUA, 1939. Com Greta Garbo, Melvyn Douglas e Ina Claire. 110′. Legendas em Português. Exibição em 35mm. + conversa. Curadoria Carolina Amaral, organização Jocimar Dias Jr. e Vitor Medeiros (Revista Moventes). Classificação indicativa 12 anos.

qui 26
14h – Curso – Afetos e Sensações no Cinema Brasileiro Contemporâneo, com os professores Denílson Lopes e Mariana Baltar. Seminário de pós-graduação acompanhado da projeção do filme Um filme de verão de Jo Serfaty. Brasil, 2019. Documentário. 90’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 14 anos.
18h – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Permanecendo com o problema: resistências ecológicas – A fábrica de Muriel Paraboni. Brasil, 2018. 7’20’’. + Derrubada não! de yann beauvais. França/Brasil, 2019. 23’27”. + Athabasca de Michel Wenzer & Philippe Leonard. Suécia, 2019. 12’. + Olhe bem as montanhas de Ana Vaz. Brasil, 2018. 30’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos. Curadoria Cristiana Miranda e Lucas Murari. Produção Raquel Rocha.
19h30 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Ritos para um novo cotidiano: etnografias sensoriais – Resistir existir de Lívia Sá. Brasil, 2019. 5’12’’. + Bloomington de Lyngyun Zheng. China, 2019. 13’10”. + Água forte de Mónica Baptista. Portugal, 2018. 15’15. + Obatala film de Sebastian Wiedemann. Nigéria, 2019. 7’. + Hanoi, old quarter de Priscyla Betim e Renato Coelho. Brasil, 2017. 3’45”. + Kopacabana de Marcos Bonisson e Khalil Charif. Brasil, 2019. 13’13”. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.
20h30 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Performance com o Nanolab (Austrália), integrado por Richard Ruohy e Dianna Barrie. Classificação indicativa 12 anos.

sex 27
17h30 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Percorrendo paisagens e lembranças: memória e subjetividade – Elegia / daí viemos Elegy / whence we came de Alex Faoro. EUA, 2019. 14’08’’. + Uma estória da minha terra: ao longo do estreito A homeland story: across the strait de Chun-yu Liu. Grã-Bretanha, 2019. 9’57”. + /ˈɪəri/ de Remy Ryumugabe. Ruanda, 2017. 11’35’’. + Templo da verdade de Giuseppe Boccassini. EUA, 2018. 15’. + A bala de Sandoval La bala de Sandoval de Jean-Jacques Martinod. Equador, 2019. 17’10”. + Mer Bleue de Cecilia Araneda. Canada, 2019. 3’50”. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.
19h – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Tecer as li8nhas do mundo: poesia visual e abstração – Buscando a luz / Caminhos de luz Buscando la luz / Caminos de luz de Rose Present. Espanha, 2018. 4’03’’. + Clinamen de Carla Porroni. Argentina, 2019. 3’. + Neptuno de Ernesto Baca. Argentina, 2019. 2’41. + Fluxo I Flujo I de Ernesto Baca. Argentina, 2019. 3’43”. + Fluxo II Flujo II de Ernesto Baca. Brasil, 2018. 4’30”. + Poema visível de Membrana Experimental Fiat Lux. Brasil, 2019. 5’36”. + Nostalgia Mar de Dave Walls. Paraguai, 2018. 3’10”. + Spectrum de Jeroen Cluckers. Bélgica, 2019. 3’24”. + O último dia da borboleta lua Le dernier jour du papillon lune de Guillaume Vallée. Canadá, 2019. 4’45”. + Dança de um humilde ateísta Dance of a humble atheist de Hun Ping Toh. Singapura, 2019. 17’30”. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.
20h30 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Performance com o Membrana Experimental Fiat Lux (Brasil/Argentina), integrado por Leila Monségur e Romulo Alexis. Classificação indicativa 12 anos.

sab 28
15h30 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Invenção de linguagens e poéticas da materialidade – Stakra de Sara Bonaventura. Itália, 2017. 4’50’’. + Visão da montanha Mountain view de Markus Maicher. Áustria, 2018. 2’40”. + Retrato de uma Nação Portrait of a Nation de Victor Arroyo. Canadá, 2019. 11’. + Senhor Bailey Sir Bailey de Matthew Ripplinger. Canadá, 2018. 7’54”. + Paralelo / Eixo Parall / Axe de Maxime Hot. França, 2018. 6’33”. + Uma velocidade mais lenta da luz A slower speed of light de Stuart Pound. Grã-Bretanha, 2019. 5’56”. + Lamber cada gota Lick every drop de Moira Lacowicz e Leonardo Zito. Argentina, 2019. 6’. + Insonoro Unsound de Vivian Ostrovsky. Estados Unidos, 2019. 3’54”. + Juno de Mariana Dianela Torres. México, 2017. 4’30”. + Vazios habitados de Duo Strangloscope (Cláudia Cárdenas & Rafael Schlichting), Felipe Vernizzi + Rodrigo Ramos. Brasil, 2018. 21’04”. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.
17h30 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Engajamentos cinematográficos – Lugar fóssil de Florencia Levy. Argentina, 2019. 15’. + Mais triste que chuva num recreio de colégio de Lobo Mauro. Brasil, 2018. 13’57”. + Campo do infinito Field of infinity de Guli Silberstein. Grã-Bretanha, 2018. 5’22. + Uróboros de Antonio Arango. México, 2018. 8’58”. + Dança fantasma Ghost dance de Emilia Izquierdo. Grã-Bretanha, 2019. 5’. + Em guerra com o céu de William Randall. EUA, 2018. 10’. + Rasga mortalha de Thiago Martins de Melo. Brasil, 2019. 13’. Exibição em mov (H264). Classificação indicativa 12 anos.
19h30 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental – Performance com Azucena Losana México, com música de Piqueros Santangelo. Classificação indicativa 12 anos.
20h10 – V Dobra / Festival Internacional de Cinema Experimental: Sessão Especial – Memento Stella de Takashi Makino. Japão/Hong-Kong, 2018. 60’.

dom 29
16h – CineMAM #18: Pré-estreia – O que resta de Fernanda Teixeira. Brasil, 2018. Com Bruna Linzmeyer, Hugo Campagnaro e Renata Guida. 96’. Exibição em mov (H264).
18h – CineMAM #18 : Sessão de Curtas – É você Albano? de Camilo Bevilacqua. Pré-estreia. Brasil 2018. Com Regina Gutman, Lolô Souza Pinto, Anderson Cunha e Henrique Manuel Ponho. 15’. + Peixe pequeno de Caio Alvarenga. Pré-estreia. Brasil, 2019. Com Miguel Aquino, Mercedes Magalhães e Raul Franco. 19’. + Mente aberta de Getulio Ribeiro. Pré-estreia. Brasil, 2019. Com Luciano Braga e Gabriella Santoro. 8’. + Estado de alerta de André Mattos. Brasil 2017. Com Jayme Periard, Dira Paes e Paula Burlamaqui. 17’. + Carne infinita de Isadora Cavalcanti. Brasil 2018. Com Ingrid cairo. 14’. + Evaristo de Chico Rodrigues. Brasil, 2017. Com Herculano Dias, Jorge Cabral e Ivan Escobar. 11’. + Tupinambá lambido de Lucas Parente. Brasil 2018. Com Tupinambá Lambido. 11’. Exibição em mov (H264). Sessão seguida de roda de conversa com os realizadores. Classificação indicativa 14 anos. Curadoria Felipe Cataldo.

seg 30
18h30 – Cine Fantástico – Os olhos da cidade são meus Angustia de Bigas Luna. Espanha, 1987. Com Zelda Rubinstein, Michael Lerner e Talia Paul. 89’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.

ENTRADA FRANCA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *