Hornzz

Somos Quem Podemos Ser

Por Jorge Cruz

Mostra Sesc de Cinema 2019

O breve curta-metragem “Hornzz” traz uma viagem surrealista da diretora, roteirista e animadora Lena Franzz. Um trabalho que ganha força com a trilha sonora melancólica e tocante de Felipe dos Santos. Uma obra que se junta a “Vivi e o Quadro Mágico” na seleção infanto-juvenil da 3ª Mostra Sesc de Cinema como aulas sobre força e autoconfiança para os mais jovens em pílulas de animação muito bem construídas e realizadas.

A fluidez da poesia visual de Franzz no formato de animação remete aos curtas-metragens mais sensíveis do estúdio Pixar. Com o adicional de que cada cena, cada nova informação fornecida pelo roteiro, ao mesmo tempo que amplifica o realismo fantástico da obra, nos aproxima questões tão valorizadas na sociedade. A protagonista, uma menina que parece chegar em seu quarto abalada por um dia difícil, encontra abrigo debaixo de suas cobertas. Ali, ela pode ser o que ela quiser – quando, na verdade, ela deveria ser o que ela quisesse em qualquer lugar do mundo.

Essa angústia no olhar da garota se desfaz assim que ela mergulha no mundo em que ela pode controlar. Mesmo com pouco tempo disponível Lena Franzz espelha situações e retorce “Hornzz” em um mosaico tão colorido e ao mesmo tempo limpo que consegue encantar o espectador de qualquer idade, eis que lhe entrega uma protagonista que se encaixa em qualquer momento da vida de quem o testemunha.

Essa impossibilidade de rotulação, mais do que apenas ambientar a história na dimensão do surreal, permite que trechos tão autônomos, como um momento de pura sororidade entre personagens, não parecessem incabível. Analisar uma poesia ao mesmo tempo tão curta e tão encantadora, talvez seja dos trabalhos mais difíceis. Porém, é fundamental que se diga que, em uma realidade onde nos sentimos tão pequenos por conta do medo de errar, uma visita ao mundo de “Hornzz“, no conforto de nossas cobertas, se mostra assustadoramente necessário.

 

 

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *