Editorial da Semana | 27 de agosto de 2020

Estreias e Dicas desta quinta-feira

Por Redação

Sim, todo ser humano é facilmente adaptável e busca no caos a rotina da normalidade. Não, nada está bem ainda. A pandemia avança e aprisiona corações livres. Mas de dentro de nossas casas, pelo menos os responsáveis, coerentes e conscientes, procura-se modos de transpassar o tédio. Com muitas Live e muitos festivais de cinema, que pululam aos mesmo tempo, imergindo todos nós em um caldeirão de ansiedades e de falsas tentativas de se achar que se assistirá tudo. Difícil antes, impossível agora, entre técnicas de Disciplina e Liberdade, criada por Susanna Lira e na produção mais insana de dizer sim para tudo. A Recine, Mostra de Cinema de Arquivo, acontece até hoje, dia 27/08, contudo, o festival também em sua Repescagem, tanto na página da Recine no Facebook, quanto aqui no Vertentes do Cinema. Tem Kinoforum, Festival Ecrã, Semana Semana… Sim, nós tentamos arduamente. E conseguimos realizar muitas tarefas. Assim, dessa forma, para ajudar ao leitor-cinéfilo-espectador-quarentenesco, nosso site publica a Revista Semanal, uma curadoria especial com dicas-índice do que não perder. Vamos lá! Embarque nesta viaja virtual!

CURTA-METRAGEM DO DIA

(Brasil, 2006, 11 minutos, de Cavi Borges). Documentário sobre o movimento Cinema de Invenção / Marginal.

TUDO SOBRE A RECINE ONLINE 2020

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

EM CASA

Antigona

ANTÍGONA

(Antigone, 2018, Canadá, 109 minutos, de Sophie Deraspe, CRÍTICA AQUI). Antígona adaptada ao Canadá contemporâneo. A protagonista vira o centro de um julgamento por tentar livrar a pele de um de seus irmãos e tenta a justiça pelo mais velho assassinado. Disponível no Cinema Virtual. 

Canções de Amor

CANÇÕES DE AMOR

(Daffodils, 2019, Nova Zelândia, 93 minutos, de David Stubbs, CRÍTICA AQUI). Maisie precisa deixar seu pai quase morto em uma cama de hospital para se apresentar em um show, mas ela é assolada pela história que ele acaba de contar: como conheceu e se apaixonou pela mãe de Maisie. Nessa história cantada de amor, o sentimento que fica é de sabor agridoce. Disponível no Cinema Virtual. 

TUDO SOBRE O FESTIVAL ECRÃ 2020

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

CURTA KINOFORUM – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS DE SÃO PAULO 2020

(clique AQUI ou na foto e acesse o site)

TUDO SOBRE O 8 ½ FESTA DO CINEMA ITALIANO 2020

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

TUDO SOBRE O FESTIVAL DE CINEMA LGBTI

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

SEMANA SEMANA 2020

(clique AQUI ou na foto e acesse o site)

CINEMA EM CONVERSAS 14

Toda sexta-feira às 22:00 no youtube Lume Filmes Oficial tem o programa CINEMA EM CONVERSAS com Frederico Da Cruz Machado, Marco Fialho e Fabricio Duque. No dia 28/08, nós encontraremos O ANJO EXTERMINADOR, de Luis Buñuel.

Enquanto o programa inédito (e ao vivo) não começa, confira os anteriores:

#01: A HORA DO LOBO, de Ingmar Bergman 
#02: A LIBERDADE É AZUL, de Krzysztof Kieślowski
#03: QUERELLE, de 
Rainer Werner Fassbinder
#04: CIDADÃO KANE, de Orson Welles
#05: CLEO DE 5 AS 7, de Agnès Varda
#06: FAÇA A COISA CERTA, de Spike Lee
#07: AS DIABÓLICAS, de Henri-Georges Clouzot
#08: S. BERNARDO, de Leon Hirszman
#09: VELUDO AZUL, de David Lynch
#10: ASAS DO DESEJO, de Win Wenders
#11: VIVER, de Akira Kurosawa
#12: MORTE EM VENEZA, de Luchino Visconti
#13: QUANTO MAIS QUENTE MELHOR, de Billy Wilder

INSCREVA-SE YOUTUBE VERTENTES DO CINEMA

(clique AQUI ou na foto e fique conectado nas novidades)

PROGRAMAÇÃO SÃO PAULO: BELAS ARTES DRIVE-IN

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

PROGRAMAÇÃO SÃO PAULO: 464 ANOS DA MOOCA COM O CINE AUTORAMA

(clique AQUI ou na foto e saiba tudo)

NA MÍDIA

FLORDELIS – BASTA UMA PALAVRA PARA MUDAR

(2009, Brasil, 100 minutos, de Anderson Correa e Marco Antonio Ferraz, CRÍTICA AQUI – pílula-crítica livre realizada em 2009). Nascida e criada na favela de Jacarezinho, Flordelis começou em 1993 a subir os morros da cidade para aconselhar menores envolvidos com o tráfico, falando de JESUS para eles. Um ano após iniciar o trabalho, a missionária na época, levou um susto ao ser acordada de madrugada por algumas crianças desesperadas: acabara de ocorrer uma chacina na Central do Brasil e várias crianças haviam sido baleadas, na noite do acontecimento existiam tantas crianças em sua porta que ela mesma não acreditou no que estava vendo e por isso começou a ‘juntar’ as crianças num total de 37, entre 14 ainda eram recém-nascidas. Ajudada por Herbert de Souza (Betinho) e, em contrapartida, ajudou um ex-traficante do crime a se formar em Direito. Hoje, ela mora em niterói, no Rio de Janeiro, é mãe adotiva de todas essas crianças.

LIVES RECINE ONLINE 2020

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *