Os Melhores do Ano da Associação de Críticos de Cinema do Cidade do Rio de Janeiro

Por Fabricio Duque


A votação da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACCRJ) ocorreu no dia 15 de dezembro, em Copacabana, um sábado de temperatura alta na cidade maravilhosa. Os membros chegaram também acalorados com suas escolhas cinematográficas: os filmes favoritos que foram exibidos nos cinemas de dezembro de 2017 à novembro de 2018. As opções eram muitas. Muitos ótimos e alguns não tão bons. Para Carlos Alberto Mattos, a função do crítico é mediar o cinema com o seu público, estimulando no segundo o gosto pelo primeiro.

Na primeira fase, os filmes mais votados foram: “Corpo e Alma”, de Ildikó Enyedi; “Roda Gigante”, de Woody Allen; “Viva – A Vida é uma Festa”, de Lee Unkrich; “The Square”, de Ruben Östlund; “Me Chame Pelo Seu Nome”, de Luca Guadagnino; “The Post”, de Steven Spielberg; “Artista do Desastre”, de James Franco; “Visages, villages”, de Agnès Varda e JR; “A Forma da Água”, de Guillermo del Toro; “O Insulto”, de Ziad Doueiri; “Pantera Negra”, de Ryan Coogler; “Três Anúncios Para Um Crime”, de Martin McDonagh; “Eu, Tonya”, de Craig Gillespie; “Trama Fantástica”, de Paul Thomas Anderson; “Projeto Flórida”, de Sean S. Baker; “Em Pedaços”, de Fatih Akin; “Arábia”, de Affonso Uchoa e João Dumans; “Um Lugar Silencioso”, de John Krasinski; “As Boas Maneiras”, de Juliana Rojas e Marco Dutra; “Canastra Suja”, de Caio Soh; “Custódia”, de Xavier Legrand; “Ilha de Cachorros”, de Wes Anderson; “O Animal Cordial”, de Gabriela Amaral Almeida; “Buscando…”, de Aneesh Chaganty; “Nasce Uma Estrela”, de Bradley Cooper; “O Primeiro Homem”, de Damien Chazelle; “Infiltrado na Klan”, de Spike Lee; e “Em Chamas”, de Chang-Dong Lee.

Sim, como foi dito. Alguns excelentes ficaram de fora, como “Benzinho”, de Gustavo Pizzi; “Sueño Florianópolis”, de Ana Katz; “O Desmonte do Monte”, de Sinai Sganzerla; entre tantos outros.


A Mostra


O que aconteceu de melhor na produção cinematográfica em 2018 poderá ser conferida na 15ª edição da mostra Os Melhores Filmes do Ano, que acontece de 13 de fevereiro a 02 de março, no Centro Cultura Banco do Brasil. Sob curadoria da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACCRJ), filiada à Federação Internacional de Crítica de Cinema (FIPRESCI), a mostra traz para o público carioca a chance não só de ver ou rever os filmes que passaram pelos cinemas ano passado, mas de participar também de debates, homenagens póstumas e levar pra casa um catálogo com textos dos críticos da Associação sobre as obras presentes na lista dos melhores filmes. Haverá também sessões especiais com Audiodescrição e Interpretação em Libras e O projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Em reunião realizada em dezembro de 2018, os críticos da ACCRJ elegeram o filme “Trama Fantasma”, do aclamado diretor americano Paul Thomas Andersom, que conta a história de um renomado estilista inglês e seus relacionamentos – a obra levou o Oscar de melhor figurino e traz a última performance do agora aposentado ator britânico Daniel Day-Lewis. Segundo Ana Rodrigues, presidente da ACCRJ e crítica, a votação deste ano foi bem acirrada. Mas o rigor estético na construção da narrativa e um elenco em estado de graça fizeram a diferença para que a obra de Anderson fosse a escolhida pela Associação.

Entraram ainda na lista da ACCRJ as produções “Nasce uma estrela”, de Bradley Cooper, “Em chamas”, de Lee Changdong, “Infiltrado na Klan”, de Spike Lee, “A forma da água”, de Guillermo Del Toro, “Pantera Negra”, de Ryan Coogler, “Me chame pelo seu nome”, de Luca Guadagnino, “Um lugar silencioso”, de John Krasinski, a animação “Ilha de cachorros”, de Wes Andreson, e o brasileiro “As boas Maneiras”, de Juliana Rosas e Marco Dutra. Vale lembrar que o formato de exibição dos filmes será o mesmo das salas de cinema de todo o Brasil. “Este ano, a mostra Melhores Filmes do Ano reúne a diversidade de gêneros cinematográficos em temáticas sociais contemporâneas. A excelência criativa de realizadores que traduzem na linguagem da imagem, visões universais sobre temas políticos, raciais e de gênero”, avalia Ana Rodrigues. A mostra presentará quem for à mostra com catálogo recheado de textos produzidos pelos críticos da ACCRJ especialmente para a mostra: a cada cinco ingressos ganha-se um catálogo – sendo que cada pessoa só pode fazer a troca somente uma vez.


Homenagens

Na programação está também a homenagem da ACCRJ a quatro grandes diretores falecidos em 2018, com entrada gratuita na exibição dos filmes: Bernardo Bertolucci (“O último imperador” e “O último tango em Paris”) , Roberto Farias (“Pra frente Brasil” e “Toda donzela tem um pai que é uma fera”) , Milos Forman (“Amadeus” e “Um estranho no ninho”) e Nelson Pereira do Santos (“Boca de ouro” e “Memórias do cárcere”).

Prêmio Melhor Iniciativa Cinematográfica 2018

A Associação Brasileira de Cinematógrafos e a Cinemateca do MAM foram os escolhidos pela ACCRJ para receberem o Prêmio Melhor Iniciativa Cinematográfica de 2018 pela visita de Vittorio Storaro ao Brasil. O artista italiano tem na bagagem três Oscars por “Apocalypse now”, de Francis Ford Coppola, “Reds”, de Warren Beatty, e “O último imperador”, de Bernardo Bertolucci). A visita contou com a mostra ‘Escrever com a luz’, no Museu de Arte Moderna, masterclass e visita guiada.

Atividades extras
– Debates com membros da ACCRJ (ver programação).
-Sessões com Audiodescrição e com Interpretação em Libras com entrada gratuita.


Programação Completa


13/2 – quarta-feira
14h – Nasce uma estrela (136 min, 16 anos)
17h10 – Me chame pelo seu nome (132 min, 14 anos)
19h30 – Debate com os integrantes da ACCRJ Luiz Fernando Gallego e Nelson Hoineff

14/2 – quinta-feira
15h30 – Ilha dos cachorros (101, min, 12 anos)
17h40 – Um lugar silencioso (90 min, 14 anos)
19h30 – Debate com os integrantes da ACCRJ Graça Paes e Luciana Costa

15/2 – sexta-feira
16h – Infiltrado na Klan (135 min, 14 anos)
19h – Pantera negra (134 min, 14 anos)

16/2 – sábado
14h – O último imperador (163 min, 10 anos) – SESSÃO GRATUITA
17h – Trama fantasma (130 min, 12 anos)
19h30 – Em chamas (148 min, 16 anos)

17/2 – domingo
13h – Amadeus (160 min, 14 anos) – SESSÃO GRATUITA
16h10 – A forma da água (123 min, 16 anos)
18h40 – As boas maneiras (135 min, 14 anos)

18/2 – segunda-feira
14h – Pantera negra (134 min, 14 anos)
17h – Infiltrado na Klan (135 min, 14 anos)
19h30 – Debate com os integrantes da ACCRJ Filippo Pitanga e Gilberto Silva Jr.

20/2 – quarta-feira
14h – Em chamas (148 min, 16 anos)
17h10 – Trama Fantasma (130 min, 12 anos)
19h30 – Debate com os integrantes da ACCRJ Carlos Brito e Mario Abbade

21/2 – quinta-feira
14h – As boas maneiras (135 min, 14 anos)
17h10 – A forma da água (123 min, 16 anos)
19h30 – Debate com os integrantes da ACCRJ Ana Rodrigues e Daniel Schenker

22/2 – sexta-feira
16h20 – Me chame pelo seu nome (132 min, 14 anos)
19h – Infiltrado na Klan (135 min, 14 anos)

23/2 – sábado
14h – Toda donzela tem um pai que é uma fera (101 min, 14 anos) – SESSÃO GRATUITA
16h – Trama fantasma (130 min, 12 anos)
18h40 – Pantera negra (134 min, 14 anos)

24/2 – domingo
13h – Memórias do cárcere (197 min, 14 anos) – SESSÃO GRATUITA
17h – A forma da água (123 min, 16 anos)
19h30 – Um lugar silencioso (90 min, 14 anos)

25/2 – segunda-feira
14h – Um estranho no ninho (133 min, 16 anos)
17h10 – O último tango em Paris (129 min, 14 anos)
19h30 – Debate sobre os 4 homenageados com os membros da ACCRJ Hernani Heffner
e Ricardo Cota, mediação Mario Abbade. Entrega do diploma da Melhor Iniciativa Cinematográfica 2018 para a Associação Brasileira de Cinematografia e para a Cinemateca do MAM.

27/2 – quarta-feira
16h – As boas maneiras (135 min, 14 anos) com Audiodescrição – SESSÃO GRATUITA
19h – Em chamas (148 min, 16 anos)

28/2 – quinta-feira
17h – Boca de ouro (103 min, 14 anos) SESSÃO GRATUITA
19h10 – Me chame pelo seu nome (134 min, 14 anos) com Interpretação em Libras
– SESSÃO GRATUITA

1/3 – sexta-feira
16h – Pra frente Brasil (110 min, 16 anos) SESSÃO GRATUITA
19h – A forma da água (123 min, 16 anos) com Legenda Descritiva – SESSÃO GRATUITA

2/3 – sábado
15h – Um lugar silencioso (90 min, 14 anos)
17h – Trama fantasma (130 min, 12 anos)


Serviço


Mostra Os Melhores Filmes do Ano pela Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro
Local: Centro Cultural Banco do Brasil > Cinema I
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – 20010-000 / Rio de Janeiro (RJ)
(21) 3808-2007
[email protected]
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.
Datas: De 13 de fevereiro a 02 de março de 2019
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia-entrada), por sessão
Lotação: 98 lugares
Horários da Bilheteria: Das 9h as 21h. (tel.: 3808-2052)
Classificação: consultar programação por filme
Acesso para pessoas com deficiência: Sim
patrocínio: Banco do Brasil
realização: CCBB

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *