Anuncie no Vertentes do Cinema

Subsolo

Tem que suar

Por Victor Faverin

Durante o Festival de Cinema de Gramado 2020

O curta-metragem “Subsolo” (2020), dirigido por Erica Maradona e Otto Guerra e inspirado na ideia de Fernando Graña reforça a ideia das academias de musculação como templos do aprimoramento corporal e que, ao mesmo tempo, exalam superficialidade a cada levantada de supino, a cada pose para foto em frente ao espelho ou a cada frase motivacional dita por pessoas que, raramente, servem de inspiração. A diferença é que a caricatura, nesse caso, é literal. O desenho animado em 2D exagera traços, cores e sotaques na tentativa de estabelecer o ridículo. E consegue. Destaque para a amiga irritante que despeja falsas frustrações em cima da que se martiriza por nem ao menos chegar perto do físico sonhado.

Até aí, porém, nada de novo. Como dizia o poeta Renato Russo, “quais são as palavras que nunca são ditas?”. A busca pela análise original que abre os olhos da sociedade para problemas contemporâneos e modernos pode ser tão estafante quanto repetir ideias já enraizadas no senso coletivo. Dito isso, fica claro que os realizados do curta perdem tempo demais – em um filme de oito minutos – ao mostrar “alunos” (e bota aspas nisso, já que se subentende que pessoas nessa categoria estejam dispostas a aprender) como uma horda de zumbis sedentos por uma realização que nunca chegará e pelo maior número de curtidas possíveis. E todos nós sabemos disso.

Os diretores teriam sido mais enfáticos em sua crítica social se invertessem os mundos. Nesse caso, o ecossistema composto pelo subsolo da academia é que seria o ponto focal de toda a trama, trazendo à luz um cotidiano robótico a serviço de um mercado que inventa rótulos da noite para o dia para suprir carências fabricadas. Afinal, quantos gramas a mais de proteína é capaz de caber em uma única garrafinha de iogurte? Fica o questionamento. No mais, é perceptível o talento e a vontade dos realizadores de “Subsolo” em traçar argumentos incisivos sobre o absurdo humano. Aguardemos os próximos trabalhos da dupla.

Trailer

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *