Gisele “Salles” Fróes nasceu no Rio de Janeiro, 3 de setembro de 1964, é atriz. Em 2004, recebeu o Prêmio Shell de melhor atriz por Deve haver algum sentido em mim que basta, da Companhia de Teatro Autônomo do Rio. Participou do filme “Riscado” de Gustavo Prizzi. Fez também o seriado “Queridos Amigos”.

VC: Você escolhe os filmes baseando-se na crítica?
GF: Eu não deixo de ir ao cinema ou a um espetáculo por causa da crítica de jeito nenhum. Quando não tenho referência alguma, eu dou uma olhadinha na crítica, lendo como um todo.
VC: Como funciona a sua escolha: pelo todo ou prefere elementos cinematográficos (roteiro, fotografia etc.)?
GF: Por prêmios não, mas por diretores sim. A minha vontade é o elemento principal que me leva ao cinema.
VC: Qual foi o último filme que assistiu no cinema?
GF; “Amores”, de Domingos de Oliveira. Acabei de ver. O filme que mais aguardo no Festival do Rio é “Vips”.
VC: OBRIGADO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *