Ficha Técnica

Diretor: Ivan Reitman
Roteiro: Elizabeth Meriwether
Elenco: Natalie Portman, Ashton Kutcher, Cary Elwes, Lake Bell, Kevin Kline, Ophelia Lovibond
Fotografia: Rogier Stoffers
Música: John Debney
Direção de arte: Greg Berry
Figurino: Julie Weiss
Produção: Jeffrey Clifford, Joe Medjuck, Ivan Reitman
Distribuidora: Paramount Pictures Brasil
Duração: 108 minutos
País: Estados Unidos
Ano: 2011
COTAÇÃO: MUITO BOM

A opinião

O que esperar de um filme que une a ganhadora do Oscar de Melhor Atriz Natalie Portman por “Cisne Negro” deste ano e o ator Ashton Kutcher que participa de “Par Perfeito”, vencedor do Troféu Framboesa (prêmio dado ao pior filme do ano)? Isso mesmo, não se espera nada. Mas incrivelmente esta parceria acertou em cheio. “Sexo sem compromisso” é uma realização despretensiosa, divertida, sagaz e que utiliza os clichês modernos de maneira competente, leve e sagaz. Há um outro ponto que pode prejudicar: o seu título em português. “Sexo sem compromisso” alude a comédias pseudo adultas de apelação ao sexo. O título original “No Strings Attached” pode ser traduzido literalmente como sem ligações. Assim, uma escolha pode direcionar o espectador a outro caminho: o do comercial sem inteligência. Então, reiterando o que já disse, o filme prende a atenção única e exclusivamente por deixar acontecer. Os atores estão conectados plenamente, convencendo com seus diálogos e ações cotidianas surreais, mas extremamente críveis. Os amigos de longa data Emma (Natalie Portman) e Adam (Ashton Kutcher) quase estragam a amizade quando transam em uma manhã.

Para protegerem a relação, eles fazem um pacto para manter seu relacionamento estritamente “sem qualquer compromisso”, ou seja, sem ciúmes, esperanças, brigas, flores e apelidos fofinhos. Mas eles se questionam: será possível transar sem que o amor atrapalhe? A amizade deles irá sobreviver? Ela dedica a sua vida à medicina, fazendo inúmeros plantões para que com isso não pense na sua parte afetiva. Ele acabou de separar de um relacionamento problemático e desesperado. Logo de inicio, os diálogos perspicazes estão presentes. Há uma transição sutil da comédia ao aprofundamento de sentimentos, tanto dos personagens, quanto do próprio ser que está assistindo do outro lado da tela. O amor pode machucar. E machuca. Quando sofremos uma vez, a tendência natural é a defesa para que na próxima vez estejamos protegidos de certa forma. Uma das opções é o encontro sexual casual. A lógica demonstra que se duas pessoas estão gostando do que estão fazendo mais de duas vezes, o querer ter mais é quase obrigatório. “O amor não se escolhe”, diz-se. O equilíbrio entre a graça e a seriedade fornecem o tom exato de um filme que merece ser visto mais de uma vez.

Porque foi isso que senti ao acabar de assisti-lo. O espectador é transportado a um mundo de medos e receios. Natalie está incrível. As suas nuances interpretativas a tornam perfeita. E ainda ajuda a conduzir Ashton, que é um bom ator, mas quase sempre não é muito bem aproveitado. Há ainda Kevin Kline que reina como o pai playboy. A palavra certa para o resumo é fofo. Com uma narrativa comum, há a apresentação, o estado juntos, a reviravolta, o estado separado e o final feliz. O fato de não desejar, já faz o filme ser o que é. Há a cena em que a amiga imita a Drew Barrymore. É de morrer de rir. Confesso que gargalhei mais do que o normal e ainda despertei umas gotinhas de um dos meus olhos. Concluindo, veja sem preconceito. Esqueça o título e muito menos a campanha publicitária que tenta leva-lo a outro gênero. Vale muito a pena. Recomendo. Filmado inteiramente na Califórnia, com locações em Santa Barbara, Beverly Hills, Los Angeles e também nos estúdios da Paramount Studios. O título original de Sexo Sem Compromisso era “Friends with Benefits”, mas a produção teve que altera-lo porque já existia um outro filme com este título, estrelado por Mila Kunis e Justin Timberlake.

O Diretor

Ivan Reitman (Komárno, 27 de Outubro de 1946) é um realizador eslovaco, criado e radicado no Canadá. Seu filho Jason Reitman também é cineasta. Há uma Estrela de Ivan Reitman na Calçada da fama do Canadá.

Filmografia

2006 – Minha Super Ex Namorada
2001 – Evolução
1998 – Seis Dias, Sete Noites
1997 – Fathers’ Day
1994 – Junior
1993 – Dave
1990 – Kindergarten Cop
1989 – Caça-Fantasmas 2
1988 – Twins
1986 – Legal Eagles
1984 – Caça-Fantasmas
1981 – Stripes
1979 – Meatballs
1973 – Cannibal Girls
1971 – Foxy Lady

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *