Projeto Beirute

Projeto Beirute: Cheiros, Cores e Sabores

Por Chris Raphael

Festival Cavídeo em Berlim

Compras no SAARA, no centro da cidade do Rio de Janeiro: quem nunca? Impossível passar incólume. A maioria dos viventes vai se surpreender e encontrar aquilo que não procurava, mas que tornou-se desesperadamente necessário. E por um precinho pra lá de camarada…E como em um mercado oriental, a profusão  de produtos oferecidos é grande e significativa. Mas não se engane, apesar das aparências, a  procedência da maior parte dos produtos é da China. O que não interfere na experiência do comprar.

“Projeto Beirute” é um curta-metragem documentário com direção de Anna Azevedo, realizado com recursos do programa  de editais  da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro 2011/2012.  A produção desta película é uma parceria entre Anna Azevedo e Cavi Borges. Foi filmado em 2014, nas ruas do centro da cidade do Rio de Janeiro, na localidade conhecida como SAARA. Esta sigla quer dizer Sociedade dos Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega e esta associação é formada pelos comerciantes que atuam nestas proximidades. Historicamente, no início do século XX, imigrantes muçulmanos, judeus e cristãos maronitas ocuparam esta região. Em 1962, esta associação foi fundada, com intuito de preservar as construções locais e deter os avanços de projetos urbanísticos na região.

Este belo registro cinematográfico consegue captar a atmosfera saudosa desta parte do Rio de Janeiro. Com seus prédios antigos, suas ruas estreitas e paisagem de outrora, é criado um agradável clima nostálgico,  perceptível aos olhos mais atentos. Os turistas visitantes, os compradores, os comerciários ou simplesmente os passantes diurnos, vão se somando ao desfile de ofertas em um mundo de possibilidades. Boa parte desta população  passa flutuando, sem perceber o entorno poético, já que está perdido em seus próprios pensamentos.

Entre a fumaça do narguilé e a dança do ventre exibida nas sacadas , segue a vida na sua trivialidade, apartada do poema reconfigurado e com ares de comércio. E nem mesmo as diferenças religiosas são  notadas ou porque não dizer, relevantes. Bem diferente do oriente médio, onde extremistas disputam o mesmo pedaço de terra em uma guerra secular. Por aqui, “Projeto Beirute”, convivência em harmonia. Saalam Aleikum. Shalom . Esta parte do mundo está em paz.

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *