Anuncie no Vertentes do Cinema

Ficha Técnica

Direção: Nora Ephron
Roteiro: Nora Ephron, baseado no livro “Julie & Julia”, de Julie Powell, e “My Life in France”, de Julia Child e Alex Prud’homme
Elenco:Meryl Streep, Amy Adams, Stanley Tucci, Chris Messina, Linda Emond
Fotografia:Stephen Goldblatt
Figurino:Ann Roth
Direção de arte:Ben Barraud
Edição:Richard Marks
País:Estados Unidos
Ano:2009
COTAÇÃO: BOM

Apresentando a opinião

Em 1948, Julia Child mudou-se para Paris na companhia do marido, nomeado adido cultural dos EUA. Apaixonada pela cultura francesa, ingressou em uma famosa escola de gastronomia e lançou o livro Mastering the Art of French Cooking, tornando-se extremamente popular nos EUA. Décadas mais tarde, em Nova York, Julie Powell acaba de fazer 30 anos e vive frustrada com sua vida de funcionária pública. Com o apoio do marido, resolve que testará todas as receitas do livro de Child por um ano e publicará os resultados em um blog. Baseado nas vidas de Julia Child e Julie Powell.

A opinião

Baseado em duas histórias em épocas distintas, o filme apresenta uma narrativa de contos descritivos e detalhados. Uma é a de uma mulher que acobou de completar trinta anos, que possui o amor incondicional do marido e o desacreditamento da mãe. Ela não é igual às amigas futéis e sem perceber o mundo a volta. Julie resolve escrever um blog de culinária, referenciando o livro de Julia Child (uma vida real), que é interpretado por Meryl Streep. O projeto é escrever em 365 dias, as 524 receitas do livro. Ao mesmo tempo, a época muda e mostra a trajetória de uma funcionária do governo para definir o que gosta ou não na vida. Resolve escrever o livro. “Parece que estou escrevendo para um grande vazio”, sobre a escrita da página virtual. A experiência atriz escritora usa o exagero e o humor, com caras e bocas, para retratar a sensibilidade e humanizar a figura de quem está interpretando. As histórias se repetem e se espelham mutuamente.

A foto ao lado é a Meryl e a verdadeira Julia. O Filme é sobre a superação de cada um. Crescer o objetivo da vida, estipulando um curto prazo para os resultados. O longa transmite a mensagem da esperança de que tudo dará certo, mesmo com os impecilhos e as adversidades do caminho. O filme pode ser receptado como uma obra de auto-ajuda bem feito, competente na parte técnica e extremamente não pretensioso, por não esperar nada e deixar acontecer de forma natural a história.

Leia sobre Meryl Streep –> Arquivo OUTUBRO –> Teatro de Guerra

Há o aprisionamento do espectador na própria tela. O tempo de duração do filme não é percebido. Quando já se viu, acabou. É o ponto alto do filme: é leve, tranquilo e muito bem interpretado por todos e com a medida certa das piadas ao mesmo tempo irônicas e ingênuas. É um bom filme. Vale a pena vê-lo.

A Diretora

Nasceu em 1941, nos Estados Unidos, filha dos roteiristas Henry e Phoebe Ephron. Trabalhou como jornalista e roteirista em Nova York. Em 1992, dirigiu seu primeiro filme, This Is My Life. Foi indicada ao Oscar de Melhor Roteiro Original por três filmes, entre eles Harry e Sally – Feitos um para o Outro (1989), pelo qual ganhou o BAFTA de Melhor Roteiro Original. Entre seus filmes destaca-se ainda Mensagem Para Você (1998).

Filmografia

2005 – A feiticeira
2000 – Bilhete premiado
1999 – Mensagem para você
1996 – Michael – Anjo e sedutor
1994 – Um dia de louco
1993 – Sintonia de amor
1992 – Esta é minha vida

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *