Por Fabricio Duque
Festival do Rio 2013

“Vosso Ventre”, exibido no último
Festival do Rio, integra a filmografia do diretor das Filipinas Brillante MA. Mendonza, que tem como característica marcante o “ultra” realismo, como a
câmera próxima e intimista, perceptível logo no início na cena do parto
(nascimento). As palafitas em cores vivas lembram seu penúltimo filme “Lola”. O
filme traduz a fábula da sobrevivência, utilizando-se da necessidade,
moralidade e ética, quando confronta o espectador na cultura local (o lote do
casamento, as crendices populares, a religiosidade, costumes e tradições). A
naturalidade é tão gratuita, que em certos casos, algumas interpretações são
forçadas. O tema polêmico da bigamia prende a atenção do espectador. Aqui, é a
própria esposa que tenta arrumar o dinheiro para que o marido possa se casar
com outra mulher, objetivando-se o ventre alheio (uma barriga de aluguel, na
verdade).

Shaleha vive numa pequena cidade ao sul das Filipinas. Ela acaba de
sofrer o terceiro aborto de sua vida e se desespera por não conseguir ter um
filho. Ainda que seja a mãe adotiva de seu sobrinho, percebe que Bangas An, seu
marido, deseja profundamente um filho seu. Vendo-se sem opção, toma uma decisão
drástica: vai encontrar uma moça fértil que possa ser a segunda esposa de
Bangas An. Depois de muita procura, encontra a garota que vários amigos
recomendaram. Mas na noite do casamento, Shaleha sentirá algo até então
desconhecido: ciúmes. Menção especial do Festival de Veneza 2012.

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *