Anuncie no Vertentes do Cinema

Ficha Técnica

Diretor: Fausto Brizzi
Roteiro: Fausto Brizzi, Massimiliano Bruno, Marco Martani
Elenco: Claudio Bisio, Nancy Brilli, Cristiana Capotondi, Cécile Cassel, Fabio de Luigi, Alessandro Gassman, Claudia Gerini, Flavio Insinna, Silvio Orlando, Martina Pinto, Carla Signoris, Gian Marco Tognazzi, Giorgia Würth, Malik Zidi.
Fotografia: Marcello Montarsi
Produção: Fulvio Lusciano, Federica Lusciano
Trilha Sonora: Bruno Zambrini
Distribuidora: Art Films/ Serendip Filmes
Duração: 120 min.
País: Itália
Ano: 2009
COTAÇÃO: ENTRE O BOM E O MUITO BOM

A opinião

O amor está no ar. E é seguido por temperos de ciúmes, desgastes, desesperos, desencontros e por clichês, típico destes filmes. O que diferencia essa comédia romântica é a inteligência dos diálogos sarcásticos, agressivos e brutos, porém de um ingenuidade da crença de tentar fazer com que outro aceite a verdade não tão aceita por quem a expressa. Os italianos são retratados como carentes e exagerados por amor neste mundo moderno e cada vez mais solitário.

O longa começa onde a maioria das comédias românticas termina: diversos casais se beijam e trocam juras de amor eterno. Mas viverão felizes para sempre? Vamos acompanhar a vida de seis casais, que acabaram se entrelaçando: Filippo (Vincenzo Salemme) e Caterina (Nancy Brilli), no meio de um divórcio, lutam para “não” ganhar a custódia de seus filhos; Luca (Silvio Orlando) que está se divorciando de Loredana (Carla Signoris), vai parar no apartamento de seu filho estudante, determinada a ser jovem e sexy aos 50 anos; Sergio (Claudio Bisio) enfrenta a complicada situação de suas duas filhas adolescentes, após a morte imprevista da sua ex-mulher; Elisa (Claudia Gerini) está para se casar com Corrado (Gianmarco Tognazzi), quando se depara com seu ex onde menos se espera: como o novo padre (Angelo Infanti) que vai celebrar seu casamento. Tudo isto ocorre entre um Natal e o Dia dos Namorados, entre Roma, Paris e a Nova Zelândia, num carrossel de risadas e paixões.

É apresentado em esquetes de relacionamentos em situações surreais de vários estágios da paixonite aguda e exacerbada. Aborda como o amor fica após o cansaço e o término de algo já cômodo. O entrelaçamento das pequenas tramas é resolvido com facilidades em umas ações e com aprofundamento em outras.

Embalado por uma trilha sonora romântico, com James Blunt, Dido, Alicia Keys, Oasis, Tom Jones (Sex Bomb), define e explicita como a trama é traçada. A modernidade de estilo videoclipe de novela em vários momentos fornece ritmo acelerado a história em constraste com o melodrama adotado em algumas partes da película. Não há como não fugir desse elemento por utilizar o gênero escolhido.

Esteticamente é interessante. A parte técnica é competente e atende satisfatoriamente. É um filme extremamente divertido que deve ser visto com a respectiva ‘alma gêmea’.

Indicado ao David de Donatallo de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Claudio Bisio), Melhor Atriz Coadjuvante (Carla Signoris), Melhor Roteiro, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora, Melhor Canção (Il cielo ha una porta sola) e Melhor Som.

Vale a pena ser visto. É muito divertido. O riso é inevitável dos dialogos irônicos e inteligentes e das ações surrealistas de tão exageradas e incomuns. Recomendo.

O Diretor

Fausto Brizzi (Roma, 15 de novembro de 1968) é um diretor e roteirista italiano. icenciado em cinema no Centro Sperimentale di Cinema “, em Julho de 1994, após várias experiências teatrais e ganhar alguns filmes curtos, de 1994, dedicou-se à escrita de televisão e cinema. Ele tem escrito para vários dramas de televisão (entre outros: Meu amigo Papai Noel, com Lino Banfi e Scotti Gerry, médico legista Valéria, com Claudia Koll, é a minha oração, com Marco Columbro; Você mestre é grande, com Emilio Solfrizzi ; Honra a teu pai, Leo Gullotta, ele e ela, Vittoria Belvedere, abençoado pelo Senhor, com Ezio Greggio e Iacchetti Enzo, trapaceiros e um meia, com Claudio Bisio e Ferilli Sabrina. Ele também escreveu dezenas de bater filme (entre outros: Guarda-costas, Merry Christmas, Christmas on the Nile, Natal na Índia, Christmas in Love, o Natal em Miami, o Natal em Nova York, cruzeiro de Natal, todos dirigidos por negros Parenti).

Noite anterior ao exame, seu primeiro longa como diretor, foi premiado com um italiano e cinqüenta festivais internacionais. Entre os prêmios mais importantes do David di Donatello, o Ciak d’Oro, o Telegatto, o Prêmio Sky eo Prémio do Público no no Festival de Annecy.

Anuncie no Vertentes do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *