Retrospectiva de Um dos Cineastas Mais Influentes da História Com 23 Longas Feitos Para Cinema

“O cinema é um campo de batalha. É amor, ódio, ação, violência, e morte. Em uma palavra: emoção”, disse o americano Samuell Fuller (1912/1997).
Serão exibidos 23 longa-metragens , de 16 de abril a 5 de maio, que Fuller dirigiu para o cinema (ao todo foram 24), de “Eu matei Jesse James” (I Shot Jesse James), de 1949, até “La Madonne et le Dragon”, de 1990. O público também poderá ver Fuller em ação – escrevendo, dirigindo, comentando diversos assuntos e até em uma viagem ao Brasil nos filmes “Tigrero: a film that was never made”, de Mika Kaurismäki, “Samuel Fuller, Cineasta Independente” e “Fuller à Mesa”, de André S. Labarthe. Para complementar a programação, será realizado um debate sobre a obra do mestre no dia 25 de abril, quinta-feira, às 20h, com os críticos Ruy Gardnier e Luiz Carlos Oliveira Jr. e o curador da mostra Julio Bezerra. “Se você morrer, eu te mato!” é uma fala do personagem Zack, de “Capacete de Aço”, um dos filmes realizados por Fuller em mais de 40 anos de uma carreira prolífica, porém conturbada, que soma 24 longas e algumas séries para a TV.  Fuller foi rotulado de comunista, anarquista, direitista, fascista, primitivo, belicista, iconoclasta, gênio. Independente como poucos, escrevia, produzia e dirigia. Fez filmes violentos e subversivos que recriavam uma fluência jornalística, combinando personagens marginalizados pelo cinema hegemônico, situações limítrofes e temas sociais para travar um embate ético e moral com a sociedade americana pós Segunda Guerra Mundial.

Download Gratuito do Catálogo da Mostra –> AQUI

SAMUEL FULLER nasceu em 1912 em Worcester, Massachussets, é filho de pais judeus vindos da Rússia e Polônia. Tinha onze anos quando seu pai morreu e a mãe se mudou com os sete filhos para Nova York. O trabalho de Fuller como repórter policial introduziu-o ao submundo, prisões e execuções, ensinando-o a escrever sem adjetivos. Lutou na Segunda Guerra Mundial como um soldado do exército americano, na divisão conhecida como “The Big Red One”. No fim da Guerra, o pelotão de que fazia parte invadiu o campo de concentração de Falkenau, na Tchecoslováquia. Fuller havia ganhado da mãe uma câmera 16mm. Seu capitão lhe ordenou que filmasse as imagens do campo. É seu primeiro filme. Desde então, Fuller sempre esteve interessado pelo outro lado da história, sempre, como disse o crítico Inácio Araújo, entrando pela porta dos fundos. Seus filmes têm um aspecto retorcido e turbulento, pouco otimista e nada glamouroso. Sua estreia, um western, Eu Matei Jesse James (1949), não conta a história do famoso pistoleiro, mas acompanha Bob Ford, o amigo que atirou nele pelas costas. Bob Ford não está sozinho. A ele juntam-se outras figuras do submundo, como o Skip McCoy de Anjo do Mal (1953) e Tolly Devlin de A Lei dos Marginais (1961), além de outsiders como a descendente de chineses Angie Dickinson de No Umbral da China (1957) ou o policial nissei de O Quimono Escarlate (1958). Além deles, somam-se os repórteres amorais, detetives infiltrados, prostitutas renegeradas de Casa de Bambu (1955), Paixões que Alucinam (1963) e Beijo Amargo (1964). “Crítico feroz do cinema hollywoodiano – que para ele era sinônimo de cinema não adulto – Fuller fazia filmes baratos que lançavam mão de gêneros comerciais, arrecadavam dinheiro, mas eram ao mesmo tempo desprezados. Poucos realizadores sintetizaram o perfil do cineasta maldito e iconoclasta como Fuller, sempre com um charuto na boca e pronto para a briga quando o assunto era sua independência”, comenta Julio Bezerra, curador da mostra. Fuller tornou-se herói para toda uma geração de cineastas. Ele foi convidado para atuar em filmes como O Amigo Americano (1977), de Wim Wenders, 1941 (1979), de Steven Spielberg, e Pierrot, Le Fou (1968), de Jean-Luc Godard.

PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA

Sexta, 19 de abril
16h – Tubarão (Shark / DVD / 92 min / 1969 / 16 anos)
18h – Uma Rua sem Volta (Street of no Return / 35 mm / 93 min / EUA /  1989 / 16 anos)
20h – Beijo Amargo (Naked Kiss / 35 mm / 90 min / EUA / 1964 / 16 anos)

Sábado, 20 de abril
16h – Tigrero: A Film That Was Never Made (DVD / 75 min / Finlândia/ 1994 / 12 anos)
18h – A Dama de Preto (Park Row / 35 mm / 83 min / EUA / 1952 / 16 anos)
20h – Cão Branco (White Dog / 35 mm / 90 min / EUA / 1982 / 16 anos)

Domingo, 21 de abril
15h – Mortos que Caminham (Merrill’s Marauders / 35 mm / 96 min / EUA / 1962 / 16 anos)
17h – Proibido! (Verboten! / 16 mm / 93 min / EUA / 1959 / 16 anos)
19h – Agonia e Glória (Big Red One / 35 mm / 162 min / EUA / 1980 / 16 anos)

Terça, 23 de abril
16h – Proibido! (Verboten! / DVD / 93 min / EUA / 1959 / 16 anos)
18h – O Barão Aventureiro (The Baron of Arizona / DVD / 97 min / EUA / 1950 / 16 anos)
20h – Capacete de Aço (The Steel Helmet / 16 mm / 85 min / EUA / 1951 / 16 anos)

Quarta, 24 de abril
15h – Agonia e Glória (Big Red One / DVD / 162 min / EUA / 1980 / 16 anos)
18h – Uma Rua sem Volta (Street of no Return / 35 mm / França / 93 min 1989 / 16 anos)
20h – Cão Branco (White Dog / 35 mm / 90 min / EUA / 1982 / 16 anos)

Quinta, 25 de abril
15h – Samuel Fuller, Cineasta Independente (Samuel Fuller, Independent Filmaker / 1967 / França /  68 min / 12 anos) + Fuller à Mesa (Fuller à la Table / 1982 / França / 11 min / 12 anos), ambos de André S. Labarthe
17h – Agonia e Glória (Big Red One / 35 mm / 162 / EUA / 1980 / 16 anos)
20h – DEBATE com os críticos Ruy Gardnier, Luiz Carlos Oliveira Jr. e o curador Julio Bezerra

Sexta, 26 de abril
15h50 – Tormenta sob os Mares (Hell and High Water / DVD / 103 min / EUA / 1954 / 16 anos)
18h – Ladrões do Amanhecer (Les Voleurs de La Nuit / 35 mm / França / 98 min / 18 anos)
20h – A Lei dos Marginais (Underworld USA / 16 mm / 99 min / EUA / 1961 / 16 anos)

Sábado, 27 de abril
16h – Samuel Fuller, Cineasta Independente (Samuel Fuller, Independent Filmaker / 1967 / França / 68 min / 12 anos) + Fuller à Mesa (Fuller à la Table / 1982 / França / 11 min / 12 anos), ambos de André S. Labarthe
18h – Renegando o Meu Sangue (Run of the Arrow / 35 mm / EUA / 89 min / EUA / 1957 / 16 anos)
20h – Paixões que Alucinam (Shock Corridor / 35 mm / 101 min / EUA / 1963 / 16 anos)

Domingo, 28 de abril
16h – Quando os Homens são Maus (The Meanest Men in the West / DVD / EUA / 91 min / 1967 / 16 anos)
18h – Anjo do Mal (Pickup on South Street / 35 mm / 75 min / EUA / 1953 / 16 anos)
20h – O Quimono Escarlate (The Crimson Kimono / 35 mm / 82 min / EUA / 1959 / 16 anos)

Terça, 30 de abril
16h – Cão Branco (White Dog / 35 mm / 90 min / EUA / 1982 / 16 anos)
17h50 – Tormenta sob os Mares (Hell and High Water / DVD / EUA / 103 min / 1954 / 16 anos)
20h – A Lei dos Marginais (Underworld USA / 16 mm / 99 min / EUA / 1961 / 16 anos)

Quarta, 01 de maio
16h – La Madonne et Le Dragon (DVD / 90 min / França / 1990 / 16 anos)
18h – Eu Matei Jesse James (I Shot Jesse James / DVD / 81 min / EUA / 1949 / 16 anos)
20h – Dragões da Violência (Forty Guns / 35 mm / 79 min / EUA / 1957 / 16 anos)

Quinta, 02 de maio
16h – Quando os Homens são Maus (The Meanest Men in the West / DVD / EUA / 91 min / 1967 / 16 anos)
18h – Baionetas Caladas (Fixed Bayonets! / 92 min / EUA / 1951 / 16 anos)
20h – O Quimono Escarlate (The Crimson Kimono / 35 mm / 82 min / EUA / 1959 / 16 anos)

Sexta, 03 de maio
16h – Eu Matei Jesse James (I Shot Jesse James / DVD / 81 min / EUA / 1949 / 16 anos)
18h – Casa de Bambu (House of Bamboo / 102 min / EUA / 1955 / 16 anos)
20h – Paixões que Alucinam (Shock Corridor / 35 mm / 101 min / EUA / 1963 / 16 anos)

Sábado, 04 de maio
16h – Ladrões do Amanhecer (Les Voleurs de La Nuit / 35 mm / França / 98 min / 18 anos)
18h – Dragões da Violência (Forty Guns / 35 mm / EUA / 79 min / 1957 / 16 anos)
20h – Anjo do Mal (Pickup on South Street / 35 mm / 75 min / EUA / 1953 / 16 anos)

Domingo, 05 de maio
16h – Baionetas Caladas (Fixed Bayonets! / 92 min / EUA / 1951 / 16 anos)
18h – Casa de Bambu (House of Bamboo / 102 min / EUA / 1955 / 16 anos)

20h – Renegando o Meu Sangue (Run of the Arrow / 35 mm / EUA / 89 min / 1957 / 16 anos)

OS FILMES

LA MADONNE ET LE DRAGON 
França, 1990, 90 min, 16 anos
Título Alternativo: Tinikling
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Alain Levent. Montagem: Catherine Kelber. Música: Marc Hillman e Patrick Roffé. Direção de Arte: Jean-Pierre Clech. Produção: Jean-François Lepetit. Companhia Produtora: Canal +, Flach Film e TF1.
Elenco: Jennifer Beals, Luc Merenda, Patrick Bauchau, Behn Cervantes, Pilar Pilapil, Christa Lang, Reginald Singh e Samuel Fuller.
A história de dois fotógrafos de notícias que cobrem a revolução do povo nas Filipinas.

UMA RUA SEM VOLTA (Street of no Return)
França, 1989, 35 mm, 93 min, 16 anos.
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Jacques Bral, Samuel Fuller. Fotografia: Pierre-William Glenn. Montagem: Jacques Bral, Jean Dubreuil, Anna Ruiz. Música: Karl-Heinz Schäfer. Produção: Jacques Bral. Companhia Produtora: Animatógrafo, France 3 Cinéma, Thunder Films International
Elenco: Keith Carradine, Valentine Vargas, Bill Duke, Andréa Ferréol, Bernard Fresson, Marc de Jonge, Rebecca Potook, Jacques Martial, Christa Lang, Samantha Fuller
Depois de alcançar o sucesso, cantor tem sua carreira arruinada ao disputar o amor de uma mulher com um criminoso que destrói sua garganta no meio de uma luta. Baseado em livro de David Goodis

LADRÕES DO AMANHECER (Les voleurs de la nuit)
França, 1984, 35 mm, 98 min, 16 anos
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Olivier Beer, Samuel Fuller. Fotografia: Philippe Rousselot. Montagem: Catherine Kelber. Música: Ennio Morricone. Produção: Antoine Gannagé. Companhia Produtora: Parafrance Films, Alain Sarde.
Elenco: Véronique Jannot, Bobby Di Cicco, Victor Lanoux, Stéphane Audran, Camille de Casabianca, Micheline Presle, Rachel Salik, Marthe Villalonga, Andréas Voutsinas, Claude Chabrol, Samantha Fuller, Christa Lang
François e Isabelle se conhecem em um escritório de desempregados. Ele é violoncelista e ela, historiadora de arte. Os dois acabam se apaixonando e tentam ganhar dinheiro como músicos de rua, mas nada parece dar certo. Isabelle sugere, então, que eles roubem três escritórios.

CÃO BRANCO (White Dog)
EUA,1982, 35 mm, 90 min, 16 anos.
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Samuel Fuller, Curtis Hanson. Fotografia: Bruce Surtees. Montagem: Bernard Gribble. Música: Ennio Morricone. Produção: Jon Davison. Companhia Produtora: Paramount Pictures
Elenco: Kristy McNichol, Christa Lang, Vernon Weddle, Jameson Parker, Karl Lewis Miller, Karrie Emerson, Helen Siff, Glen Garner, Terrence Beasor, Tony Brubaker
Uma jovem aspirante a atriz encontra um cão branco perdido na rua e resolve adotá-lo. Ela aos poucos percebe que se trata de um animal treinado a vida toda para atacar pessoas negras (a exemplo dos ‘cães brancos’ da África do Sul). Ao perceber o comportamento racista do cachorro, ela o entrega a um treinador de animais, ele próprio negro, para tentar reeducar o animal. Baseado no romance de Romain Gary.

AGONIA E GLÓRIA (The Big Red One)
EUA, 1980, 35 mm, 113 ou 162 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Adam Greenberg. Montagem: Morton Tubor. Música: Dana Kaproff. Produção: Gene Corman. Companhia Produtora: Lorimar Productions
 Stéphane Audran, Siegfried Rauch, Serge Marquand, Charles Macaulay, Alain Doutey, Christa Lang
O filme funciona como o diário de combate da famosa Primeira Infantaria americana durante a Segunda Guerra Mundial, mostrando como se lutou, como se suou e sangrou na guerra e, talvez, como foi possível sobreviver a ela. Ao mesmo tempo que participam de importantes eventos do conflito, o pelotão se envolve em diversos incidentes cotidianos dos civis involuntariamente envolvidos no horror da guerra.

TUBARÃO (Shark)
EUA, 1969, 35 mm, 92 min, 16 anos
Título Alternativo: Caine
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Samuel Fuller, John Kingsbridge. Fotografia: Rául Martínez Solares. Montagem: Carlos Savage. Música: Rafael Moroyoqui.
Produção: Mark Cooper, Skip Steloff. Companhia Produtora: Cinematográfica Calderón S.A., Heritage Entertainment Inc.
Elenco: Burt Reynolds, Arthur Kennedy, Silvia Pinal, Barry Sullivan, Enrique Lucero
Um atirador perde sua carga perto de uma pequena cidade costeira do Sudão e fica preso por lá. Quando uma mulher o contrata para invadir um navio afundado nas águas infestadas de tubarões, ele vê a chance de compensar suas perdas.

QUANDO OS HOMENS SÃO MAUS  (The Meanest Men in the West)
EUA, 1967, 35 mm, 91 min, 16 anos
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Samuel Fuller, Ed Waters. Fotografia: Alric Edens, Lionel Lindon. Montagem: Jean Jacques Berthelot, Gene Palmer. Música: Hal Mooney. Produção: Joel Rogosin, Charles Marquis Warren
Companhia Produtora: Revue Studios, Universal TV
Elenco: Lee J. Cobb, Charles Bronson, Lee Marvin, Miriam Colon, James Drury, Albert Salmi, Don Mitchell
Kalling McGuire (Lee Marvin) é o pior dos homens do Oeste. Tão terrível quanto ele, só mesmo o seu principal inimigo: seu meio-irmão Harge (Charles Bronson). Em uma emboscada preparada por Kalling, os dois rivais se encontram. A partir dali, nada mais existe na vida de cada um deles.

O BEIJO AMARGO (The Naked Kiss) 
EUA, 1964, 35 mm, 90 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Stanley Cortez. Montagem: Jerome Thoms. Música: Paul Dunlap. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: F & F Productions
Elenco: Constance Towers, Anthony Eisley, Michael Dante, Virginia Grey, Patsy Kelly, Marie Devereux, Karen Conrad, Linda Francis, Bill Sampson, Sheila Mintz, Patricia Gayle
Kelly (Constance Towers) resolve mudar de vida e vai trabalhar como enfermeira de um hospital infantil para deficientes físicos numa pequena cidade. Mas, em Grantville, ela descobrirá que a perfeição e a tranquilidade do lugar escondem pessoas mesquinhas e doentes, que podem até machucar as mais indefesas criaturas.

PAIXÕES QUE ALUCINAM (Shock Corridor)
EUA, 1963, 35 mm, 101 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Stanley Cortez. Montagem: Jerome Thoms. Música: Paul Dunlap. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: Leon Fromkess-Sam Firks Productions
Elenco: Peter Breck, Constance Towers, Gene Evans, James Best, Hari Rhodes, Larry Tucker, Paul Dubov, Chuck Roberson, Neyle Morrow, John Matthews, Bill Zuckert, John Craig
Um presunçoso e respeitado jornalista (Peter Breck) compromete-se a resolver um assassinato cometido num hospício. Para tanto, ele se interna como louco na própria instituição, mesmo sob protestos da namorada stripper (Constance Towers). A princípio, o jornalista sente prazer em simular sua loucura, mas, aos poucos, perde a lucidez em contatos com os outros internos, principalmente com os que testemunharam o assassinato.

MORTOS QUE CAMINHAM (Merrill’s Marauders)
EUA, 1962, 35 mm, 98 min, 16 anos
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Milton Sperling, Samuel Fuller. Fotografia: William Clothier
Montagem: Folmar Blangsted. Música: Howard Jackson. Produção: Milton Sperling. Companhia Produtora: A United States Productions Photoplay, Warner Bros. Pictures (presents)
Elenco: Jeff Chandler, Ty Hardin, Peter Brown, Andrew Duggan, Will Hutchins, Claude Akins, Luz Valdez, John Hoyt, Charlie Briggs, Chuck Roberson, Chuck Hayward
O General Frank D. Merrill (Jeff Chandler) conduz os 3.000 voluntários americanos de sua 5307 Composite Unit, conhecidos como “Merrill’s Marauders”, atrás das linhas japonesas pelas selvas de Burma. Baseado no livro de Charlton Ogburn Jr.

A LEI DOS MARGINAIS (Underworld U.S.A)
EUA, 1961, 35 mm, 99 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Hal Mohr. Montagem: Jerome Thoms. Música: Harry Sukman. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: Globe Enterprises
Elenco: Cliff Robertson, Dolores Dorn, Beatrice Kay, Paul Dubov, Robert Emhardt, Larry Gates, Richard Rust, Gerald Milton, Allan Gruener, David Kent, Tina Pine, Sally Mills, Samuel Fuller
Aos quatorze anos, Tolly Devlin (Cliff Robertson), um pequeno delinquente, vê seu pai sendo assassinado em um beco. Vinte anos mais tarde, descobre que os assassinos fazem parte do alto escalão do sindicato do crime, e infiltra-se nele para pôr sua vingança em prática.

O QUIMONO ESCARLATE (The Crimson Kimono)
EUA, 1959, 35 mm, 82 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Sam Leavitt. Montagem: Jerome Thoms. Música: Harry Sukman. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: Globe Enterprises
Elenco: Victoria Shaw, Glenn Corbett, James Shigeta, Anna Lee, Paul Dubov, Jaclynne Greene, Neyle Morrow, Gloria Pall, Pat Silver, George Yoshinaga, Kaye Elhardt
Em Los Angeles, dois amigos, veteranos combatentes da Guerra da Coréia, trabalham juntos como detetives da divisão de homicídios e estão encarregados de resolver o assassinato de uma dançarina. Durante as investigações eles se apaixonam por uma misteriosa mulher.

PROIBIDO! (Verboten!)
EUA, 1959, 35 mm, 93 ou 87 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Joseph Biroc. Montagem: Philip Cahn. Música: Harry Sukman. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: Globe Enterprises, RKO Teleradio Pictures
Elenco: James Best, Susan Cummings, Tom Pittman, Paul Dubov, Harold Daye, Dick Kallman, Stuart Randall, Steven Geray, Anna Hope, Robert Boon, Sasha Harden
Uma história de amor entre um soldado americano e uma alemã durante a Segunda Guerra mistura-se ao tema da impaciência da população local em relação aos ocupantes e ao mercado negro. A situação complica-se com as intrigas de um grupo de militantes neo-nazis.

DRAGÕES DA VIOLÊNCIA (Forty Guns) 
EUA, 1957, 35 mm, 79 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Joseph Biroc. Montagem: Gene Fowler Jr. Música: Harry Sukman. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: Globe Enterprises, Twentieth Century Fox Film Corporation (presents)
Elenco: Barbara Stanwyck, Barry Sullivan, Dean Jagger, John Ericson, Gene Barry, Robert Dix, Jidge Carroll, Paul Dubov, Gerald Milton, Ziva Rodann, Hank Worden
Jessica Drummond (Barbara Stanwyck) é uma fazendeira de pulso firme que comanda uma equipe de quarenta homens. Ela vive tirando o irmão de encrencas. Quando Griff Bonnell (Barry Sullivan) chega à pequena cidade, Jessica experimenta um sentimento novo e seu irmão acaba sendo preso.

RENEGANDO O MEU SANGUE (Run of the Arrow)
EUA, 1957, 35 mm, 86 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Joseph Biroc. Montagem: Gene Fowler Jr. Música: Victor Young. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: A Globe Enterprises Inc. Production, RKO Radio Pictures (presents)
Elenco: Rod Steiger, Sara Montiel, Brian Keith, Ralph Meeker, Jay C. Flippen, Charles Bronson, Olive Carey, H.M. Wynant, Neyle Morrow, Frank DeKova, Tim McCoy
Ao final da Guerra Civil, soldado confederado que não aceita a derrota é capturado e por fim adotado pela tribo Sioux. Com o acirramento do conflito entre brancos e índios, ele assume o papel de intermediário.

CASA DE BAMBU (House of Bamboo)
EUA, 1955, 35 mm, 102 min, 16 anos
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Harry Kleiner. Fotografia: Joe MacDonald. Montagem: James B. Clark. Música: Leigh Harline. Produção: Buddy Adler
Companhia Produtora: Twentieth Century Fox Film Corporation
Elenco: Robert Ryan, Robert Stack, Shirley Yamaguchi, Cameron Mitchell, Brad Dexter, Sessue Hayakawa, Biff Elliot, Sandro Giglio, Elko Hanabusa
No Japão, ex-soldados americanos integram uma gangue violenta envolvida em assassinatos, jogos e assaltos. A morte de um sargento estadunidense em uma ação criminosa coloca a polícia do exército americano no caso: um militar consegue se infiltrar na quadrilha dos assaltantes com a ajuda de uma mulher japonesa.

TORMENTA SOB OS MARES (Hell and High Water)
EUA, 1954, 35 mm, 103 min, 16 anos
Direção: Samuel Fuller
Roteiro: Jesse L. Lasky Jr., Samuel Fuller. Fotografia: Joe MacDonald. Montagem: James B. Clark. Música: Alfred Newman
Produção: Raymond A. Klune. Companhia Produtora: Twentieth Century-Fox
Elenco: Richard Widmark, Bella Darvi, Victor Francen, Cameron Mitchell, Gene Evans, David Wayne, Stephen Bekassy, Richard Loo
Um cientista e sua equipe rumam ao Ártico em um submarino em busca de provas de um iminente ataque comunista que poderia culminar com a Terceira Guerra Mundial.

ANJO DO MAL (Pickup on South Street)
EUA, 1953, 35mm, 75 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Joe MacDonald. Montagem: Nick DeMaggio. Música: Leigh Harline. Produção: Jules Schermer. Companhia Produtora: Twentieth Century-Fox
Elenco: Richard Widmarrk, Jean Peters, Thelma Ritter, Murvyn Vye, Richard Kiley, Willis Bouchey, Milburn Stone
Skip McCoy (Richard Widmarrk) é um batedor de carteiras que furta a bolsa de Candy (Jean Peters) no metrô. Dentre os objetos roubados está um microfilme a ser contrabandeado para o exterior por espiões comunistas. Espiões americanos que seguiam a mulher para identificarem os agentes inimigos percebem a ação criminosa, mas não conseguem deter a fuga de Skip. Todos agora estão atrás dele.

A DAMA DE PRETO (Park Row)
EUA, 1952, 35mm, 83 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: John L. Russell. Montagem: Philip Cahn. Música: Paul Dunlap. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: Samuel Fuller Productions
Elenco: Gene Evans, Mary Welch, Bela Kovacs, Herbert Heyes, Tina Pine, George O’Hanlon, J.M. Kerrigan, Forrest Taylor, Don Orlando, Neyle Morrow, Dick Elliot
No final do século XIX, um jornalista consegue abrir seu próprio jornal e logo se transforma num grande sucesso. A herdeira de um dos maiores jornais da cidade começa uma forte oposição contra ele.

BAIONETAS CALADAS  (Fixed Bayonets!)
EUA, 1951, 35mm, 92 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Lucien Ballard. Montagem: Nick DeMaggio. Música: Roy Webb. Produção: Jules Buck. Companhia Produtora: Twentieth Century Fox Film Corporation
Elenco: Richard Basehart, Gene Evans, Michael O’Shea, Richard Hylton, Craig Hill, Skip Homeier
Durante a intervenção chinesa na Guerra da Coreia, um general americano recebe ordens para recuar sua divisão além do rio, tendo que atravessar uma ponte aberta ao fogo comunista. Ele decide tentar enganar os inimigos e deixa na retaguarda um pelotão de 48 homens, colocando-o numa passagem estreita nas montanhas, com ordens de “fazerem bastante barulho”.

CAPACETE DE AÇO (The Steel Helmet)
EUA, 1951, 35mm, 85 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Ernest Miller. Montagem: Philip Cahn. Música: Paul Dunlap. Produção: Samuel Fuller. Companhia Produtora: Deputy Corporation
Elenco: Gene Evans, Robert Hutton, Steve Brodie, James Edwards, Richard Loo, Sid Melton, Richard Monahan, William Chun, Harold Fong, Neyle Morrow, Lynn Stalmaster
Durante a Guerra na Coréia, um sargento e um jovem órfão se unem a um grupo de soldados norte-americanos. Eles procuram abrigo num templo budista, imaginando estarem a salvos.

O BARÃO AVENTUREIRO (The Baron of Arizona) 
EUA, 1950, 35mm, 97 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: James Wong Howe. Montagem: Arthur Hilton. Música: Paul Dunlap. Produção: Carl K. Hittleman. Companhia Produtora: Deputy Corporation
Elenco: Vincent Price, Ellen Drew, Vladimir Sokoloff, Beulah Bondi, Reed Hadley, Robert Barrat, Robin Short, Tina Pine, Karen Kester, Margia Dean, Jonathan Hale
Um drama histórico sobre uma página esquecida da formação política dos Estados Unidos: James Addison Reavis (Vincent Price), um trapaceiro notório que se arvorou em dono do estado do Arizona por volta de 1872.

EU MATEI JESSE JAMES (I Shot Jesse James) 
EUA, 1949, 35mm, 81 min, 16 anos
Direção e Roteiro: Samuel Fuller
Fotografia: Ernest Miller. Música: Albert Glasser. Produção: Carl K. Hittleman. Companhia Produtora: Lippert Pictures
Elenco: Preston Foster, Barbara Britton, John Ireland, Reed Hadley, J. Edward Bromberg, Victor Kilian, Tom Tyler, Tom Noonan, Eddie Dunn, Margia Dean
O filme oferece um retrato de Bob Ford (John Ireland), o homem que matou  seu próprio amigo Jesse James (Reed Hadley) pelas costas para receber perdão da justiça e poder casar com a namorada.

Filmes complementares

TIGRERO: A FILM THAT WAS NEVER MADE
Finlândia, 1994, 75 min, 12 anos
Direção, montagem e produção: Mika Kaurismäki
Fotografia: Jacques Cheuiche. Música: Chuck Jonkey e Nana Vasconcelos          
Em viagem ao Brasil, Samuel Fuller conta a Jim Jarmusch sobre o filme que ele veio filmar no Mato Grosso nos anos 50 entre os índios Carajás. Os dois cineastas percorrem as vilas em que Fuller esteve 40 anos antes, escrevendo o roteiro de um longa que nunca saiu do papel.

SAMUEL FULLER, CINEASTA INDEPENDENTE (Samuel Fuller, Independent Filmaker)

França, 1967, 68 min, 12 anos
Direção: André S. Labarthe
Documentário em vinte e três breves capítulos, no qual o diretor Samuel Fuller apresenta suas ideias sobre política, música, racismo, comunismo, violência, crime, dinheiro, a guerra e a Estátua da Liberdade. O filme faz parte da série “Cineastas do Nosso Tempo”.

FULLER À MESA (Fuller à la Table)

França, 1982, 11 min, 12 anos
Direção: André S. Labarthe
Sentado à mesa de montagem, Fuller revê a primeira sequência do filme Anjo do Mal (1953). O cineasta fala do roteiro e, mais especificamente, sobre esta famosa cena, que se passa dentro do metrô, reconstruído em estúdio. O curta faz parte da série televisiva “Cinéma Cinémas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados