Trashed, O Lixo de Jeremy Irons 

 Por Fabricio Duque 

 Jeremy Irons está de volta no documentário ambientalista, que tem como tema o lixo do planeta. O ator, assumindo também a função de produtor, envolve-se na causa, narrando e vivenciando ele mesmo, ora interpretando com seu intrínseco humor sarcástico. A trilha sonora de Vangelis exacerba o tom catastrófico, e corrobora a superexposição do problema discutido, tentando chocar ao mostrar crianças e cachorros defeituosos. O ator que vive na Inglaterra viaja ao Líbano, São Francisco, Indonésia, Islândia, Escócia, buscando respostas e “tentando” detectar problemas. “80 toneladas de lixo por dia…” um dos dados que são característicos neste gênero. A direção seguida e unilateral e ataca mais as empresas e os EUA (por causa do Vietnã). O documentário desperta no espectador que o lixo tornou-se mais toxico. A narrativa visceral incomoda pelas imagens mostradas. Confesso que tive efeito contrario e a vontade de comer fast food aumentava o meu desejo. “Comida e energia”, diz-se. Como conclusão, Jeremy diz “estamos no momento critico”. E obvio e inevitável a referencia a filmes como, Lixo extraordinário, de Vik Muniz e Ilha das Flores, de Jorge Furtado. Este último um excelente exemplar de documentário sobre o tema.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados