De 13 de janeiro a 16 de fevereiro, o Instituto Moreira Salles promove, em parceria com a Casa Cinco, a mostra Clint Eastwood – Clássico e implacável, retrospectiva com 48 filmes do ator e diretor norte-americano. A mostra, que tem curadoria de Gisella Cardoso, já foi exibida nos Centros Culturais do Banco do Brasil de São Paulo e Brasília, mas no Rio de Janeiro terá mais seis filmes: o documentário Clint Eastwood, francoatirador (2007), de Michael Henry Wilson; Os abutres têm fome (1970), de Don Siegel; A marca da forca (1968), de Ted Post; Na linha de fogo (1993), de Wolfgang Petersen; e Poder absoluto (1997), estes últimos dirigidos por Eastwood. Para a curadora, “trazer a mostra para o Rio de Janeiro nessa época é muito importante, já que ela ocorrerá simultaneamente ao lançamento no Brasil de J. Edgar, novo filme de Clint”. A programação da mostra também inclui dois debates: o primeiro, no dia 19 de janeiro (quinta-feira), às 19h, depois da sessão do documentário Clint Eastwood, francoatirador. E a segunda, no dia 2 de fevereiro (quinta-feira), às 20h, após a exibição do curta O estranho que nós amamos – O contador de histórias, primeiro filme dirigido por Eastwood, que mostra os bastidores do filme de Don Siegel. 
Eastwood já dirigiu 34 filmes e atuou em 66. Segundo o crítico de cinema José Geraldo Couto, “na mostra é possível acompanhar o amadurecimento artístico e humano de Eastwood pelas mudanças no seu modo de encarar a morte”. Serão exibidos os seus primeiros trabalhos como ator, como Dirty Harry – Perseguidor implacável (1971), de Don Siegel, e os filmes da Trilogia dos dólares, do italiano Sergio Leone, em que Clint interpreta um pistoleiro sem nome – Por um punhado de dólares (1964), Por uns dólares mais (1965) e Três homens em conflito (1966). Essa parceria com Leone rendeu a Eastwood o status de mito do cinema mundial, além de reavivar o interesse do público pelo gênero western.
Da fase como diretor, a mostra inclui títulos como Os imperdoáveis (1992), longa vencedor do Oscar em 1993 que conta a história do pistoleiro aposentado que abandona seu rancho e volta à ativa para vingar uma prostituta, Bird (1988), que apresenta a trajetória do saxofonista Charlie Parker, interpretado por Forest Whitaker, Um mundo perfeito (1995) e Meia-noite no jardim do bem e do mal (1997). Também serão exibidas suas produções mais recentes, como A conquista da honra (2006), Cartas de Iwo Jima (2006), Gran Torino (2008) e Além da vida (2010), estrelado por Matt Damon.

Programação 
SEXTA 13
14h Perseguidor implacável
(Dirty Harry), de Don Siegel (EUA, 1971. 115’. 14 anos)
Após o assassinato de uma jovem em São Francisco, uma carta enviada ao prefeito pelo criminoso informa que ele matará uma pessoa por dia até receber 100 mil dólares. Harry Callahan, um detetive que não usa métodos tradicionais, é o encarregado do caso. Enquanto o assassino serial Scorpion continua matando, Callahan e sua equipe tentam capturá-lo.
16h Sem medo da morte
(The Enforcer), de James Fargo (EUA, 1976. 96’. 14 anos)
Terceiro filme da série Dirty Harry. Numa tentativa de abrandar o comportamento do detetive Harry Callahan, após um incidente com seu carro numa loja, o arrogante Capitão McKay o transfere da divisão de homicídios para a seção de pessoal. Harry deverá ainda aceitar uma condição para voltar às ruas: seu novo parceiro será uma parceira, Kate Moore.
18h Impacto fulminante
(Sudden Impact), de Clint Eastwood (EUA, 1983, 117’. 14 anos)
Harry Callahan é um policial de São Francisco criticado por seus métodos: matou diversos criminosos. Assim, é mandado para a Califórnia, enquanto a situação se acalma. Ao mesmo tempo, uma mulher vítima de estupro, Jennifer Spencer, jura vingança. Ela começa a eliminar os homens que a violentaram. Callahan tenta evitar que ela continue matando.
20h Dirty Harry na lista negra
(The Dead Pool), de Buddy Van Horn (EUA, 1988. 91’. 14 anos)
Quinto e último filme da série Dirty Harry, protagonizada pelo solitário, atormentado e pouco ortodoxo inspetor da polícia de São Francisco. Harry Callahan se confronta com um assassino serial que vai eliminando diversas personalidades de uma lista de apostas de morte, chamada “Dead Pool”.
SÁBADO 14
14h Por um punhado de dólares
(Per un pugno de dollari), de Sergio Leone (Itália, 1964. 99’. 14 anos)
Ao chegar em San Miguel, cidadezinha no meio do deserto, um pistoleiro – o Estranho – é recebido por dois grupos rivais de contrabandistas e passa a receber ofertas das duas gangues em troca de sua lealdade. Ele aceita as duas propostas e planeja destruir as gangues, desmascarando os criminosos.
16h Por uns dólares a mais
(Per qualche dollari in più), de Sergio Leone (Itália, 1965. 130’. 12 anos)
O Estranho é um caçador de recompensas que perambula pelas cidades do Velho Oeste americano em busca de um novo alvo. Ele o encontra quando vê o cartaz de Índio, um perigoso bandido também procurado pelo coronel Douglas Mortimer, outro caçador de recompensas. Os dois partem em busca de Índio, mas precisam decidir entre unir forças ou serem eliminados pela gangue de Índio.
19h Três homens em conflito
(Il buono, Il bruto, Il cativo), de Sergio Leone (Itália, 1966. 161’. 14 anos)
Em meio à Guerra Civil Americana, três homens – o “Bom”, o “Mau” e o “Feio”– fazem de tudo para colocar as mãos em um tesouro roubado, escondido em um cemitério. Cada um deles conhece apenas parte da sua localização, o que os obriga a se unir, mas nenhum está disposto a dividir o que encontrar.
DOMINGO 15
14h Meu nome é Coogan
(Coogan’s Bluff), de Don Siegel (EUA, 1968, 93’. 12 anos)
Assistente de xerife enviado a Nova York para extraditar um prisioneiro suspeito de assassinato, ao chegar, Coogan é tratado como um caipira: o prisioneiro, dizem, ainda não está pronto para o transporte. Quando sua paciência acaba, engana um dos atendentes para chegar ao prisioneiro, que se aproveita da situação para fugir.
16h O estranho que nós amamos
(The Beguiled), de Don Siegel (EUA, 1971, 105’. 14 anos)
Ferido durante a Guerra Civil Americana, o soldado John McBurney é resgatado à beira da morte por uma adolescente e levado para o internato feminino onde ela estuda. Pouco a pouco ele se recupera e começa a seduzir alunas e professoras, o que provoca uma atmosfera de ciúmes.
18h Perversa paixão
(Play Misty for me), de Clint Eastwood (EUA, 1971, 105’. 14 anos)
Na cidade de Carmel, Dave, um popular DJ, sofre com o fanatismo da fã Evelyn Draper, que ele conhece em um bar e com quem passa uma noite. Ela o atormenta com pedidos para tocar a música “Misty”, de Erroll Garner.
20h O estranho sem nome
(High Plains Drifter), de Clint Eastwood (EUA, 1973. 105’. 16 anos)
Primeiro western dirigido por Eastwood. Um homem misterioso chega a uma pequena cidade, mata três homens que o atacaram e é contratado pelos moradores para defender a cidade de um grupo de assassinos.
TERÇA 17
14h30 Josey Wales, o fora da lei
(The Outlaw Josey Walles), de Clint Eastwood (EUA 1976, 135’. 16 anos)
Ao término da Guerra Civil Americana, Josey Wales, vê sua família morrer brutalmente em um incêndio, depois de ataque de um bando do Kansas. Abandonado, porque o bando imaginou que ele estivesse morto, Josey se recupera e se reúne a um grupo para buscar vingança.
17h30 Escalado para morrer
(The Eiger Sanction), de Clint Eastwood (EUA, 1975. 128’. 16 anos)
Um assassino profissional aposentado se vê obrigado a sair da aposentadoria para caçar um agente duplo que matou um grande amigo. A caçada o leva a uma equipe de alpinistas, entre os quais está o assassino.
20h Por um punhado de dólares
(Per un pugno de dollari), de Sergio Leone (Itália, 1964. 99’. 14 anos)
Ao chegar em San Miguel, cidadezinha no meio do deserto, um pistoleiro – o Estranho – é recebido por dois grupos rivais de contrabandistas.
QUARTA 18
14h Magnum 44
(Magnum Force), de Ted Post (EUA, 1977. 124’. 16 anos)
O detetive “Dirty” Harry Callahan reaparece para descobrir quem está por trás de uma onda de assassinatos: alguém está fazendo justiça com as próprias mãos ao matar os principais chefões do crime de São Francisco.
16h30 Firefox – Raposa de fogo
(Firefox), de Clint Eastwood (EUA, 1982, 136’. 16 anos)
Mitchell Gant, piloto americano, abatido e prisioneiro no Vietnã, o que lhe provocou traumas de guerra, recebe a missão de roubar o Firefox, o mais avançado avião de combate já fabricado e criado pelos soviéticos, invisível no radar e comandado pelo pensamento do piloto.
19h30 Por uns dólares a mais
(Per qualche dollari in più), de Sergio Leone (Itália, 1965. 130’. 12 anos)
O Estranho, um caçador de recompensas, perambula pelas cidades do Velho Oeste. Ele procura o Índio, bandido também procurado pelo coronel Douglas Mortimer, outro Firefox – Raposa de fogo caçador de recompensas.
QUINTA 19
14h Rota suicida
(The Gauntlet), de Clint Eastwood (EUA, 1977. 109’. 16 anos)
O sonho de todo o policial, resolver um “grande caso”, desmorona para Ben Shockley quando ele é designado para trazer em custódia de Las Vegas uma testemunha para um julgamento: Gus Mally, uma prostituta que está sendo caçada pelos bandidos que delatou.
16h Três homens em conflito
(Il buono, Il bruto, Il cativo), de Sergio Leone (Itália, 1966. 161’. 14 anos)
Em meio à Guerra Civil Americana, três homens – o “Bom”, o “Mau” e o “Feio”– fazem de tudo para colocar as mãos em um tesouro roubado, escondido em um cemitério. Cada um deles conhece apenas uma parte da sua localização, o que os obriga a se unir.
19h Clint Eastwood, francoatirador
(Clint Eastwood, le franc-tireur), de Michael Henry Wilson (França/EUA, 2007. 82’).
Sessão seguida de debate
SEXTA 20
14h Doido para brigar… louco para amar
(Every which way but loose), de James Fargo (EUA, 1978. 110’. 16 anos)
Philo Beddoe é um motorista de caminhão que mora com seu melhor amigo, Orville Boggs, e sua mãe, Ma Philo, além de um orangotango chamado Clyde, que Philo ganhou numa luta de rua, “esporte” no qual é aficionado e praticamente invencível. Somente o renomado “Tank Murdock” parece ser bom o suficiente para vencê-lo na luta. Num bar, Philo se interessa pela cantora country Lynn Halsey-Taylor. Os dois se relacionam durante um tempo, até que a moça desaparece sem avisá-lo.
16h Rookie, um profissional do perigo
(The Rookie), de Clint Eastwood (EUA, 1990. 112’.)
Nick Pulovski, um tira veterano e durão, se une a um novato e jovem parceiro, David Ackerman, para combater uma perigosa quadrilha especializada em furto de automóveis. Raul Julia e a brasileira Sonia Braga encarnam os implacáveis líderes da quadrilha, também responsável pela morte do melhor amigo de Pulovski.
18h Interlúdio de amor
(Breezy), de Clint Eastwood (EUA, 1973. 108’. 16 anos)
Após pegar carona com um homem interessado apenas em sexo, Breezy, uma garota hippie, foge e vai para casa de Frank Harmon, um homem de meia-idade divorciado. Ele acaba abrigando Breezy por um tempo e começa a desenvolver uma afeição especial por ela.
20h Cadillac cor de rosa
(Pink Cadillac), de Buddy van Horn (EUA, 1989. 122’. 14 anos)
Tommy Nowak é um experiente caçador de recompensas, um homem que consegue sempre apanhar as suas presas. Ele entra em uma aventura com uma mulher carregando um bebê e 250 mil dólares no porta-malas em um cadillac cor de rosa roubado.
SÁBADO 21
14h Bronco Billy
(Bronco Billy), de Clint Eastwood (EUA, 1980. 116’. 16 anos)
O circo mambembe Bronco Billy’s Wild West Show viaja pelo interior dos Estados Unidos. O proprietário e principal atração, Bronco Billy McCoy, “o gatilho mais rápido do Oeste”, está com problemas para conseguir uma assistente. Em uma cidadezinha, Bronco conhece a herdeira Antoinette Lilly, momentaneamente sem dinheiro, e lhe oferece o cargo de assistente. Lilly aceita o convite e aos poucos vai se afeiçoando ao grupo e descobrindo suas histórias.
16h O cavaleiro solitário
(Pale Rider), de Clint Eastwood (EUA, 1985. 115’. 16 anos)
Verão de 1850. Coy LaHood é o homem forte de uma corporação que explora minas de ouro no Norte da Califórnia. Em defesa dos seus interesses, ele quer a todo custo expulsar os mineiros da região em busca do domínio absoluto. Quando tudo parecia perdido, surge um cavaleiro solitário pronto para enfrentar os desafios. Retomada do tema de O estranho sem nome.
18h Coração de caçador
(White Hunter Black Heart), de Clint Eastwood (EUA, 1990. 112’.12 anos)
Durante filmagens na África, John Wilson, um egocêntrico diretor, está muito mais interessado em matar elefantes do que em fazer um filme. Paul Landers, o produtor, e Pete Verrill, um velho amigo e roteirista, estão prontos para tentar convencê-lo a rodar o filme. Mas Wilson está tão encantado com o continente africano que já pensa em ficar ali para sempre.
20h Os imperdoáveis
(The Unforgiven), de Clint Eastwood (EUA, 1992. 131’.12 anos)
William Munny, um pistoleiro aposentado, volta à ativa quando lhe oferecem mil dólares para matar os homens que retalharam o rosto de uma prostituta. Neste serviço, dois outros pistoleiros o acompanham. Eles precisam se confrontar com um inglês, que também deseja a recompensa, e um xerife, que não deseja tumulto em sua cidade.
DOMINGO 22
14h As pontes de Madison
(The Bridges of Madison County), de Clint Eastwood (EUA, 1995. 135’. 14 anos)
Após a morte de Francesca Johnson, uma proprietária rural do interior do Iowa, seus filhos descobrem nas cartas deixadas pela mãe que ela teve um envolvimento com um fotógrafo da National Geographic quando eles e o pai estavam viajando, muitos anos antes, no verão de 1965. Estas revelações fazem os filhos questionarem suas próprias vidas e casamentos
16h30 A última canção
(Honkytonk Man), de Clint Eastwood, EUA, 1982. 122’. 12 anos)
Na época da Grande Depressão, o vigarista Red Stovall é movido por uísque e pelo sonho de cantar no Grand Ole Opry, em Nashville. Parte em viagem para uma audição em Nashville com o sobrinho Whit ao seu lado, para manter o carro na estrada e o impedir de beber demais.
19h Bird
(Bird), de Clint Eastwood (EUA 1988. 161’. 16 anos)
Biografia do saxofonista Charlie Parker. O filme começa em sua juventude e o início de sua paixão pelo jazz, o começo da carreira e a dificuldade para levar sua música além da fronteira dos bares de músicos negros. O fascínio de Clint pelo jazz e por Parker é facilmente notado pela delicada descrição do personagem, sem esquecer suas crises ou o uso de drogas.
TERÇA 24
14h Josey Wales, o fora da lei
(The Outlaw Josey Walles), de Clint Eastwood (EUA, 1976. 135’. 16 anos)
Logo após o término da Guerra Civil Americana, Josey Wales, um pacato fazendeiro, vê sua família morrer brutalmente em um incêndio, depois de ataque de um bando do Kansas. O grupo é liderado por James H. Lane. Abandonado, porque o bando imaginou que ele estivesse morto, Josey se recupera e se reúne a um grupo liderado por “Bloody Bill” Anderson, para buscar vingança.
16h30 Um mundo perfeito
(A Perfect World), de Clint Eastwood (EUA, 1995. 138 min. 14 anos)
Butch Haynes escapou da prisão com seu companheiro de cela. Quando invadem uma casa, tomam como refém Phillip Perry, um menino de oito anos, para fugir pelo Texas em direção ao Alasca. Butch e Phillip se identificam um com o outro. Nenhum dos dois teve uma figura paterna. Red Garnett é o responsável pela caça do criminoso junto de Sally Gerber.
19h30 Meia-noite no jardim do bem e do mal
(Midnight in the Garden of Good and Evil), de Clint Eastwood (EUA, 1997. 155’. 14 anos)
Na Geórgia para cobrir a festa de natal de Jim Williams, um novo rico que se tornou a pessoa mais importante da cidade, o jornalista John Kelso presencia uma briga entre o anfitrião e Billy. Um pouco mais tarde, ele fica sabendo que Jim matou Billy, com quem tinha uma ligação íntima.
QUARTA 25
14h30 Cowboys do espaço
(Space Cowboys), de Clint Eastwood (EUA, 2000, 130´. Livre)
Frank Corvin, piloto aposentado que chegou a trabalhar na NASA, é chamado às pressas para consertar no espaço um antigo satélite com problemas. Ele é considerado a única pessoa com a experiência necessária para realizar esta missão, mas para aceitá-la impõe uma condição: levar consigo três antigos companheiros como componentes da tripulação.
17h30 Crime verdadeiro
(True Crime), de Clint Eastwood, 1999, EUA, 127’. 14 anos)
Frank Beachum está na fila do corredor da morte, prestes a ser executado. O repórter Steve Everett acredita na sua inocência e está disposto a tudo para reverter a execução. Precisar correr contra o tempo para tentar salvar a vida de Frank.
20h Dívida de sangue
(Blood Work), de Clint Eastwood (EUA, 2002. 110’ 14 anos)
Terry McCaleb, agente aposentado, passou recentemente por um transplante de coração. Ele é contratado por Graciella Rivers, irmã da mulher que doou o coração, para investigar sua morte. Durante as investigações, McCaleb reúne pistas que indicam que o criminoso é na verdade um assassino serial que durante anos ele próprio já havia procurado, quando trabalhava no FBI.
QUINTA 26
14h O destemido senhor da guerra
(Heartbreak Ridge), de Clint Eastwood (EUA, 1986. 130’ 16 anos)
Veterano das guerras da Coreia e do Vietnã, o sargento Tom Highway em breve se aposentará. Por ter pavio curto e língua ferina, é transferido para sua antiga base, onde reencontra antigos amigos e faz novos inimigos. Tom deve treinar um grupo de recrutas sem vocação para a vida militar. Sem preparo, podem morrer no primeiro combate.
16h30 A conquista da honra
(Flags of our Fathers), de Clint Eastwood (EUA, 2006. 132’. 16 anos)
A história dos seis soldados que depois de ergueram a bandeira norte-americana na Batalha de Iwo Jima, decisiva na Segunda Guerra Mundial, em fevereiro de 1945, seguiram numa espécie de turnê nos EUA para angariar fundos e conseguir manter o exército do país no Japão. Apesar da vitória dos aliados na Europa, a guerra no Pacífico prosseguia.
19h30 Cartas de Iwo Jima
(Letters from Iwo Jima), de Clint Eastwood (EUA, 2006. 141’ 14 anos)
Tadamichi Kuribayashi, tenente-general do exército imperial japonês, chega na ilha de Iwo Jima. Hábil estrategista, estudou nos Estados Unidos, onde fez amigos e conheceu o exército ocidental – por isso, foi chamado para a considerada última linha defesa do Japão. Os japoneses, cientes de que as chances de sobreviver eram mínimas, escrevem cartas que relatam a batalha sob a ótica dos japoneses.
SEXTA 27
14h Magnum 44
(Magnum Force), de Ted Post (EUA, 1977. 124’. 16 anos)
O detetive “Dirty” Harry Callahan reaparece para descobrir quem está por trás de uma onda de assassinatos: alguém está fazendo justiça com as próprias mãos ao matar os principais chefões do crime de São Francisco.
16h30 Escalado para morrer
(The Eiger Sanction), de Clint Eastwood (EUA, 1975, 128’, 16 anos)
Hemlock é um assassino profissional aposentado. Com uma vida tranquila, coleciona obras de arte. Repentinamente se vê obrigado a sair de sua aposentadoria para caçar um agente duplo que matou um grande amigo. A caçada leva Hemlock a uma jornada pelos Alpes suíços, junto a uma equipe de alpinistas, entre os quais está o assassino de seu amigo.
19h30 Menina de ouro
(Million Dollar Baby), de Clint Eastwood (EUA, 2004, 132’. 12 anos)
Frankie Dunn passou a vida nos ringues e treinou grandes boxeadores com a mesma filosofia que segue para sua vida: antes de tudo, se proteja. Magoado com o afastamento de sua filha, é uma pessoa fechada – apenas se relaciona com seu amigo Scrap, que cuida do ginásio. Maggie Fitzgerald quer ser treinada por Frankie, mas ele, não aceita treinar mulheres e acha que ela está velha demais para se iniciar no boxe. Maggie decide treinar assim mesmo, com o apoio de Scrap, e Frankie acaba vencido pela determinação de Maggie.
SÁBADO 28
14h Dirty Harry na lista negra
(The Dead Pool), de Buddy Van Horn (EUA, 1988, 91. 14 anos)
Quinto e último filme da série Dirty Harry, protagonizada pelo solitário, atormentado e pouco ortodoxo inspetor da polícia de São Francisco. Harry Callahan se confronta com um assassino serial que vai eliminando diversas personalidades de uma lista de apostas de morte, chamada “Dead Pool”.
16h Interlúdio de amor
(Breezy), de Clint Eastwood (EUA, 1973, 108’. 16 anos)
Após pegar carona com um homem interessado apenas em sexo, Breezy, uma garota hippie, foge e vai para casa de Frank Harmon, um homem de meia-idade divorciado. Ele acaba abrigando Breezy por um tempo e começa a desenvolver uma afeição especial por ela.
18h Alcatraz – Fuga impossível
(Escape from Alcatraz), de Don Siegel (EUA, 1979. 112’. 14 anos)
Frank Morris é um condenado que tem várias tentativas de fugas em seu histórico. Ele é enviado para Alcatraz, uma prisão de segurança máxima, também é conhecida como “A rocha”, e que fica em uma ilha. Quem tentou escapar, ou foi recapturado ou morreu afogado. Pouco a pouco Frank vê os pontos vulneráveis de Alcatraz e, com a ajuda de outros internos, cria pacientemente um rota de fuga.
20h As pontes de Madison
(The Bridges of Madison County), de Clint Eastwood (EUA, 1995, 108’. 14 anos)
Após a morte de Francesca Johnson, uma proprietária rural do interior do Iowa, seus filhos descobrem nas cartas deixadas pela mãe que ela teve um envolvimento com um fotógrafo da National Geographic quando eles e o pai estavam viajando, muitos anos antes, no verão de 1965. Estas revelações fazem os filhos questionarem suas próprias vidas e casamentos
DOMINGO 29
14h O destemido senhor da guerra
(Heartbreak Ridge), de Clint Eastwood (EUA, 1986. 130’ 16 anos)
Veterano das guerras da Coreia e do Vietnã, o sargento Tom Highway em breve se aposentará. Por ter pavio curto e língua ferina, é transferido para sua antiga base, onde reencontra antigos amigos e faz novos inimigos. Tom deve treinar um grupo de recrutas sem vocação para a vida militar. Sem preparo, podem morrer no primeiro combate.
16h30 A conquista da honra
(Flags of our Fathers), de Clint Eastwood (EUA, 2006. 132’ 16 anos)
A história dos seis soldados que depois de ergueram a bandeira norte-americana na Batalha de Iwo Jima, decisiva na Segunda Guerra Mundial, em fevereiro de 1945, seguiram numa espécie de turnê nos EUA para angariar fundos e conseguir manter o exército do país no Japão. Apesar da vitória dos aliados na Europa, a guerra no Pacífico prosseguia.
19h30 Cartas de Iwo Jima
(Letters from Iwo Jima), de Clint Eastwood (EUA, 2006. 141’ 14 anos)
Tadamichi Kuribayashi, tenente-general do exército imperial japonês, chega na ilha de Iwo Jima. Hábil estrategista, estudou nos Estados Unidos, onde fez amigos e conheceu o exército ocidental – por isso, foi chamado para a considerada última linha defesa do Japão. Os japoneses, cientes de que as chances de sobreviver eram mínimas, escrevem cartas que relatam a batalha sob a ótica dos japoneses.
TERÇA 31
14h Sem medo da morte
(The Enforcer), de James Fargo (EUA, 1976. 97’. 14 anos)
Terceiro filme da série Dirty Harry. Numa tentativa de abrandar o comportamento do detetive Harry Callahan, após um incidente com seu carro numa loja, o arrogante Capitão McKay o transfere da divisão de homicídios para a seção de pessoal. Harry deverá ainda aceitar uma condição para voltar às ruas: seu novo parceiro será uma parceira, Kate Moore.
15h45 Magnum 44
(Magnum Force), de Ted Post (EUA, 1977. 124’. 16 anos)
O detetive “Dirty” Harry Callahan reaparece para descobrir quem está por trás de uma onda de assassinatos, de alguém que está fazendo justiça com as próprias mãos ao matar os principais chefões do crime de São Francisco.
18h15 Meu nome é Coogan
(Coogan’s Bluff), de Don Siegel (EUA, 1968. 93’. 12 anos)
Coogan é um assistente de xerife enviado a Nova York para extraditar um prisioneiro suspeito de assassinato. Ao chegar, é tratado como um caipira e informado de que o prisioneiro ainda não está pronto para o transporte. Quando sua paciência acaba, engana um dos atendentes para chegar ao prisioneiro, que se aproveita da situação para fugir. Apesar da ordem de seu chefe para retornar, Coogan resolve perseguir o prisioneiro, mesmo sem ter autoridade policial na cidade.
20h Cadillac cor de rosa
(Pink Cadillac), de Buddy van Horn (EUA, 1989, 122’. 14 anos)
Tommy Nowak é um experiente caçador de recompensas, um homem que consegue sempre apanhar as suas presas. Ele entra em uma aventura com uma mulher carregando um bebê e 250 mil dólares no porta-malas em um cadillac cor de rosa roubado.
SERVIÇO
Ingressos avulsos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).
Passaporte: R$ 30,00 – Válido para 10 sessões da mostra no mês de janeiro.
Ingressos disponíveis também em www.ingresso.com
Instituto Moreira Salles
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
CEP: 22451-040. Rio de Janeiro – RJ
Tel.: (21) 3284-7400; Fax: (21) 2239-5559
De terça a sexta, das 13h às 20h
Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h
www.ims.com.br
Ambiente WiFi
Acesso a portadores de necessidades especiais
Estacionamento gratuito no local
Capacidade da sala: 113 lugares
Ingressos e senhas sujeitos à lotação da sala
O cinema do IMS funciona de terça a domingo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados