A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, até 4 de dezembro, a mostra cinematográfica “Commedia all’italiana”, que traz uma retrospectiva internacional para homenagear este gênero popular e peculiar do cinema italiano. Uma fase que é considerada fundamental pela crítica, tanto pela consolidação da comédia de costumes no panorama cultural cinematográfico de uma época, quanto por suas influências no Brasil e no mundo.
Aproveitando as comemorações do Momento Itália-Brasil, serão exibidos, durante uma semana, os filmes mais significativos do gênero, cujo auge produtivo situa-se entre os finais das décadas de 1950 e 1970. Foram selecionados 24 filmes com a intenção de que o espectador possa apreciar um leque amplo de opções estéticas e problemáticas sociais, encontradas nos filmes.
Panorama diverso, mas que contém nomes constantes nas assinaturas dos filmes, os chamados “mestres da comédia italiana”: Mario Monicelli, Dino Risi, Pietro Germi, Ettore Scola, Lina Wertmüller e Luigi Comencini, assim como nomes menos conhecidos do público brasileiro como Alessandro Blasetti, Antonio Pietrangeli, Franco Brusati e Gian Luigi Polidoro. Tão importantes quanto os diretores, atores como Vittorio Gassman, Nino Manfredi, Monica Vitti, Stefania Sandrelli, Alberto Sordi, Ugo Tognazzi, Giancarlo Giannini, Gina Lollobrigida, Sophia Loren, e, claro, Marcello Mastroianni, marcam presença na mostra.
Commedia all’italiana
A “commedia all’italiana” era feita por cineastas como Dino Risi, Ettore Scola, Lina Wertmüller, Mario Monicelli e Pietro Germi. Apesar da convergente vontade de crítica social à realidade de seu país, na “commedia all’italiana” esta se dá no uso inteligente da “comédia de costumes”, gênero teatral conhecido pelo seu potencial satírico, que aqui é transformado em gênero cinematográfico. Nos filmes de Mario Monicelli, por exemplo, a articulação crítica se dá a partir da representação da família e grupos de amigos italianos, com seus conflitos econômicos, judiciais, morais e sociais, num movimento que vai de dentro para fora. Na medida em que a “commedia all’italiana” ganha popularidade, surge a comédia romântica, estrelada por grandes atores como Sophia Loren, Vittorio Gassman, Claudia Cardinale, Nino Manfredi e Ugo Tognazzi. Trata-se de uma espécie de “Idade do Ouro” do cinema italiano, em que diversos filmes tiveram uma grande repercussão por toda Europa e Estados Unidos alcançando sucesso de bilheteria, crítica e premiações.
Programação

Sexta-feira, 2 de dezembro
Cinema 1
16h – AS BONECAS / LE BAMBOLE, de Dino Risi, Luigi Comencini, Franco Rossi e Mauro Bolognini, 1965, 104 min
18h10 – CONHEÇO BEM ESSA MOÇA / IO LA CONOSCEVO BENE, de Antonio Pietrangeli, 1965, 111 min
Cinema 2
17h – PASQUALINO SETE BELEZAS / PASQUALINO SETTEBELLEZZE, de Lina Wertmüller, 1975, 116 min
19h10 – OS MONSTROS / I MOSTRI, de Dino Risi, 1963, 117 min 
Sábado, 3 de dezembro
Cinema 1
16h – UMA ESPOSA AMERICANA / UNA MOGLIE AMERICANA, de Gian Luigi Polidoro, 1965, 114 min
18h10 – A MOÇA COM A PISTOLA / LA RAGAZZA CON LA PISTOLA, de Mario Monicelli, 1968, 98 min
Cinema 2:
17h – UMA VIDA DIFÍCIL / UNA VITA DIFFICILE, de Dino Risi, 1961, 113 min
19h10 – NÓS QUE NOS AMÁVAMOS TANTO / C’ERAVAMO TANTO AMATI, de Ettore Scola, 1974, 119 min
Domingo, 4 de dezembro
Cinema 1
16h – POR UMA GRAÇA RECEBIDA / PER GRAZIA RICEVUTA, de Nino Manfredi, 1971, 115 min
18h10 – A GRANDE GUERRA / LA GRANDE GUERRA, de Mario Monicelli, 1959, 131 min
Cinema 2
17h – O INCRÍVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE / L’ARMATA BRANCALEONE, de Mario Monicelli, 1966, 115 min
19h10 – BRANCALEONE NAS CRUZADAS / BRANCALEONE ALLE CROCIATE, de Mario Monicelli, 1970, 119 min

Serviço
Mostra “Commedia all’italiana”
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinemas 1 e 2
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 25 – Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Telefone: (21) 2544-4080
Ingressos: R$ 2,00 (inteira) e R$ 1,00 (meia)
Programação completa: www.commediaallitaliana.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados