Crítica: Bombay Velvet

Por Fabricio Duque Todo cinéfilo, por mais apaixonado por filmes seja, sabe que dentro de uma maratona cinematográfica, que é o Festival do Rio, escolher um longa-metragem com mais de duas horas é impossibilitar outros tantos. Sim. Mas o caso…

Crítica: Masaan

Por Fabricio Duque Direto do Festival de Cannes 2015 Integrando a mostra competitiva do  Un Certain Regard, “Masaan”, a estreia na direção de um longa-metragem de Neeraj Ghaywan, arrebatou prêmios por “onde” passou, sendo escolhido pelo Fipresci e na categoria…

Crítica: Feio

Por Fabricio Duque O diretor indiano Anurag Kashyap (de “Gangues de Wasseypur”, destaque do Festival de Cannes 2012), resolveu seguir pelo caminho do cinema comercial hollywoodiano e não pelo gênero típico de seu país: bollywood. Substituiu os musicais por óperas…

O Detetive Indiano

“Dançar para sobreviver” A opinião (por Marise Carpenter) Filme bastante interessante que retrata o problema da criminalidade na cidade de Calcutá onde a polícia não dá contra de desvendar os crimes e detetives particulares são contratados. Suas vidas particulares também…

Somos Todos Diferentes

A opinião É um filme extremamente sensível. Que leva às lágrimas o mais cético dos homens. É longo. São duas horas e quarenta e cinco minutos. Mas não se vê passar o tempo. É bem feito, bem dirigido, pelo próprio…