Crítica: Tropykaos

Uma oportunidade de questionar nossas ações perante esta sociedade “terminal”