Artigo: O Realismo no Cinema

Este blog fornece uma maior atenção a filmes que optam pelo realismo interpretativo em suas narrativas. Mas afinal, como esse gênero pode ser definido? Para que essa explicação aconteça, há a necessidade da referência a Constantin Stanislavski, ator, diretor, pedagogo…

Artigo: O Clichê Cinematográfico

O clichê cinematográfico é entendido como elemento prejudicial à trama apresentada, uma ideia relativa a algo que se repete com tanta frequência que já se tornou previsível dentro daquele contexto, desgastando ou desviando o sentido, tornando-se algo que gera uma…

Será que o Respeito Cinematográfico…

O Vertentes do Cinema preza a tradição cinematográfica e comporta-se como um cinéfilo. Mas afinal, como se recebe este rótulo? Alguém que só goste de filmes não pode ser considerado um de imediato. Ser um cinéfilo transcende o gostar. É…

Artigo: Escolhendo Filmes no Festival…

Para um cinéfilo, a maratona cinematográfica é uma covardia. Torna-se impossível assistir a tudo que se quer. Há o tempo e a vida real que deseja se intrometer na ficção. Portanto, escolher os filmes necessitam de uma maturidade vivenciada. A…

Artigo: O Vertentes do Cinema…

O Festival do Rio 2010 está nos preparativos iniciais. A equipe desta maratona cinematográfica se desdobra para que os cinéfilos de plantão fiquem satisfeitos e enlouquecidos com as novidades da sétima arte. Imagine mais de trezentos filmes em apenas duas…

Artigo: A Guerra de Cada…

Por Fabrício Duque O que se pode explicar de um verdadeiro querer é o seu subjetivismo. Toda idéia totalitária apresenta-se de forma radical. O extremismo impõe-se. Contudo na maioria das vezes não se sabe o que o motiva, o que…

Artigo: A Real Paixão pela…

Por Fabrício Duque A trajetória da vida de um indivíduo é repleta de escolhas. O que faz cada um ser o que é transfere-se por qual caminho que se segue. As paixões são diversas e necessárias. Elas fazem com que…

Artigo: Corram, Cinéfilos, Corram

ARTIGO Por Fabricio Duque Quando as luzes se apagam, parece que entramos em um outro universo. Sonhamos, rimos, choramos. Os sentimentos são tão variados que algumas vezes até somos surpreendidos. O Cinema tem essa magia. De fazer acontecer algo dentro…