Festival de Cannes 2018: “The Man Who Killed Don Quixote”


Do diretor americano Terry Gilliam (de “Os 12 Macacos”, “O Teorema Zero”, “Medo e Delírio”, “Brazil – O Filme”, “O Pescador de Ilusões”, “O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus”). Ficção. Com Jonathan Pryce, Adam Driver, Olga Kurylenko, Stellan Skarsgard.


Toby (o ator Adam Driver), um diretor de publicidade cínico, encontra-se preso nas ilusões ultrajantes de um velho sapateiro espanhol (o ator Jonathan Pryce) que acredita ser Don Quixote. No curso de suas aventuras cômicas e cada vez mais surreais, Toby é forçado a confrontar as trágicas repercussões de um filme que ele fez em sua juventude idealista – um filme que mudou as esperanças e sonhos de uma pequena vila espanhola para sempre. Pode Toby fazer as pazes e recuperar sua humanidade? Dom Quixote pode sobreviver a sua loucura e morte iminente? Ou vai amar conquistar tudo?


A obra que encerra o Festival de Cannes, em produção há quase trinta anos, pode, novamente, não ter sua exibição devido ao processo do produtor português Paulo Branco, cujos direitos sobre a obra pertencem a ele e a sua companhia. Vamos aguardar e torcer que esta ordem seja indeferida!


“The Man Who Killed Don Quixote” é o filme de encerramento do Festival de Cannes 2018.


Críticas Relacionadas

Crítica: O Teorema Zero

A razão da existência

Crítica: O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus

Uma sessão da tarde com sacadas inteligentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados