Festival de Cannes 2018: “O Grande Circo Místico”


Do diretor brasileiro Carlos Diegues (de “Deis é Brasileiro”, “Orfeu”, “Tieta”, “Bye Bye Brasil”, “Um Trem Para as Estrelas”, “Dias Melhores Virão”, “Ganga Zumba”). Ficção. Com Mariana Ximenes, Jesuíta Barbosa, Bruna Linzmeyer. 105 minutos.


O “Great Mystical Circus” é o 18º longa-metragem de Carlos Diegues, um dos nomes mais importantes da cultura e do cinema brasileiros. Inspirado no poema de Jorge de Lima e com partitura musical de Chico Buarque e Edu Lobo. O filme conta a história de cinco gerações do mesmo circo familiar. Desde a inauguração do Grande Circo Místico, em 1910, até os dias de hoje, os espectadores acompanharão, com a ajuda de Celaví, o mestre de cerimônias que nunca envelhece, as aventuras e os amores da família Knieps, desde o início até a decadência. até o final surpreendente. Um filme em que realidade e fantasia se juntam em um universo místico.


“O Grande Circo Místico” integra a seleção especial do Festival de Cannes 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados