Festival de Berlim 2018: “Mein Bruder Heisst Robert Und Ist Ein Idiot”


Do diretor alemão Philip Gröning (de “Die Frau des Polizisten – The Police Officer”), 174 minutos. Pelo visto este filme competirá também com o segundo título de mais longo da seleção competitiva oficial. Com Josef Mattes, Julia Zange, Urs Jucker.


Verão. No meio de campos de milho ondulados ao lado de uma estação de gasolina do país, Robert está ajudando Elena a se preparar para o exame final de filosofia da escola. Os gêmeos vivem em um mundo próprio. Às vezes, são macios um com o outro, outras vezes bastante violentos. Robert gosta de beber cerveja e fala sobre Brentano e Heidegger: “A sensação de ser é o tempo.” Rituais, jogos, ciúmes, amor e apostas os ligam (relacionamento simbiótico). Ela o desafia a uma aposta: “Eu vou dormir com alguém – qualquer um – antes de me formar.” Se ela perder, então ele recebe um carro. Se ela ganhar, ele pode pedir o que quiser. Não importa o que, mas não pode ser um objeto. E assim eles ficam com 48 horas. O jogo fica mais sério quando o fim da infância se aproxima.


“Mein Bruder Heisst Robert Und Ist Ein Idiot (My Brother’s Name is Robert and He is an Idiot)” integra a mostra competitiva oficial do Festival de Berlim 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados