Festival de Berlim 2018: “Dovlatov”


Do diretor russo Alexey German Jr. (que concorreu na 65a edição da Berlinale com “Under Electric Clouds”), 126 minutos. Com Artur Beschastny, Milan Maric, Danila Kozlovsky.


Leningrado, novembro de 1971. A cidade está envolta em névoa. Um outro aniversário da revolução está sendo celebrado, mas o país não está fazendo nenhum progresso – política, econômica ou culturalmente. Sergei Dovlatov (o ator Milan Maric) tem seus manuscritos regularmente rejeitados pelos meios de comunicação oficiais. Sua visão sobre coisas e pessoas não é levada em conta. Outros estão enfrentando problemas semelhantes, um deles é o amigo Joseph Brodsky (o ator Artur Beschastny). Sergei, no entanto, está determinado a permanecer e levar uma vida normal com sua esposa Lena (a atriz Helena Sujecka) e sua filha Katya. Ele quer escrever sobre a descoberta da realidade, sobre os trabalhadores do estaleiro e sobre a construção do metro, em que um dia os corpos de trinta crianças são descobertos durante a Segunda Guerra Mundial.

O filme de Alexey German Jr faz uso de grandes quadros de rastreamento prolongado para retratar o mundo do escritor russo-judeu Sergei Dovlatov (1941-1990), cujos textos imprimiam ironias e foram proibidos (sua impressão) na União Soviética sob o comando de Brejnev.


“Dovlatov” integra a mostra competitiva oficial do Festival de Berlim 2018.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados