O Panorama do Cinema Libanês “Este é o Líbano” será realizado de 23 a 29 de novembro, no Espaço Itaú de Cinema Botafogo, sala 4, no Rio de Janeiro – Praia de Botafogo, 316 – Botafogo


Todas as sessões são gratuitas.

Para retirar os ingressos, efetuar a pré-reserva, preencha o cadastro abaixo, escolhendo o filme, a data, o horário e a cidade no site

http://esteeolibano.com.br


Realizado pelo Instituto de Cultura Brasil Líbano – ICBL – o Panorama do Cinema Libanês “Este é o Líbano” traz ao Brasil uma mostra relevante dessa ​produção, possibilitando um prazeroso mergulho no diversificado universo do cinema libanês, hoje representado por uma nova geração de cineastas, roteiristas e jovens talentos, premiados em diversos festivais, como os de Cannes, Toronto e César.Com uma população total menor que a de muitos estados brasileiros, o Líbano é um país de muitos contrastes e belezas, com uma produção cinematográfica surpreendente para o tamanho do seu território, contando com inúmeros festivais e mostras realizados anualmente.

Serão 17 filmes na programação, totalizando mais de 34 exibições, entre eles, “Peur de rien”, de Danielle Arbid, “Wave 98”, de Ely Dagher, ganhador da Palma de Ouro em Cannes 2015 de melhor curta-metragem, “Ghadi”, de Amin Dora. E ainda as comédias de costumes “Solteira, casada divorciada”, de Elie Khalife, “Solitaire”, de Sophie Boutros e “Halal love”, de Assaad Fouladkar. Dois elogiados documentários abrilhantam a mostra: “The Lebanese Rocket Society”, de Khalil e Joanna Joreige, e “Ya Omri”, de Hady Zaccak.

Haverá também a exibição do longa “A Última Estação”, vencedor de vários prêmios internacionais e sendo a primeira co-produção Líbano-brasileira, dirigido pelo saudoso cineasta de origem libanesa, Marcio Curi.
Seguindo a tradição de exibir clássicos do cinema libanês, a mostra traz duas premiadas realizações: “Out of life’’, de Maroun Baghdadi e “West Beirut”, de Ziad Doueri. Durante toda a semana do Panorama, os integrantes da delegação libanesa que virá ao Brasil, composta de diretores, roteiristas, produtores e artistas libaneses, irão prestigiar a abertura da mostra em São Paulo e no Rio de Janeiro, apresentar seus filmes, participar de debates com o público e se reunir com produtores e distribuidores do nosso país.
Um evento de considerável relevância para o público brasileiro e uma etapa significativa para a indústria cinematográfica libanesa no Brasil, graças à afinidade e ao intercâmbio cultural existente entre os dois países.


Programação

22.11 Quarta – Sessão para Convidados
20h – O Insulto – L ́Insulte (Pré-Estreia, vencedor melhor ator no Festival de Cinema de Veneza 2017)

23.11 Quinta

19h – Destemida (Peur de Rien)
20h – O Insulto (Sessão Extra – Cinema Reserva Cultural Niterói)
21h – Sociedade Libanesa de Foguetes (The Lebanese Rocket Society)

24.11 Sexta

17:30 – Beirute Pós-Barba (Beirut After Shave)
17:30 – Submarino (Submarine)
17:30 – Waves’98
19h – Maki & Zorro
19h – Conexões Cegas (Blind Intersections)
21h – Amor Halal (Halal Love)

25.11 Sábado

17:30 – The last Stop (A Última Estação)
19h – Ghadi, o menino anjo (Ghadi)
21h – Solteira, Casada, Divorciada (Yalla 3a’belkon)

26.11 Domingo

17h – E amanhã, o que vai ser? (Bennesbeh Labokra Chou?)
17h30 – Beirute Pós-Barba (Beirut After Shave)
17h30 – Submarino (Submarine)
19h – Volta Para Casa (Go Home)
21h – Conexões Cegas (Blind Intersections)
21h – Um Grande Plano (Very Big Shot)

27.11 Segunda

19h – 104 Rugas (Ya Omri)
21h – Aliança (Solitaire)

28.11 Terça

17h – E amanhã, o que vai ser? (Bennesbeh Labokra Chou?)
19h – 104 Rugas (Ya Omri)
19h – Beirute Oeste (West Beirut)
21h – Ghadi, o menino anjo (Ghadi)
21h – E Agora, Aonde Vamos? (Et maintenant on va où

29.11 Quarta

17h – The last Stop (A Última Estação)
19h – Heranças (Heritage)
21h – À Margem da Vida (Out of Life)


Sinopses

O Insulto (L ́Insulte – dir. Ziad Doueiri, 2017, drama, 82 min)

Em Beirute, um insulto explosivo leva Toni, um cristão libanês, e Yasser, um refugiado palestino, para o tribunal. De feridas secretas a revelações traumáticas, o circo midiático que envolve divide o Líbano em uma crise social, forçando Toni e Yasser a reconsiderarem suas vidas e preconceitos.

À Margem da Vida (Out Of Life – dir. Maroun Baghdadi, 1991, drama, 97 min)

Um fotógrafo francês é sequestrado e mantido refém em uma Beirute devastada pela guerra. Lentamente, sua integridade e dignidade são abaladas face à tortura e à lavagem cerebral. A história foi inspirada no episódio do sequestro de Roger Auque durante a crise dos reféns no Líbano.

E Agora, Aonde Vamos? (Et maintenant on va où ? – dir. Nadine Labaki, 2011, drama / comédia, 110 min)

Cristãos e muçulmanos viveram juntos pacificamente, durante anos, nessa pequena aldeia libanesa. Mas animosidades começam a se formar entre os homens, como resultado de diferenças e mal-entendidos. As mulheres da aldeia se unem para evitar conflitos sectários através de uma série de planos suspensos, mas nenhum deles consegue retardar a escalada da violência. Quando a tragédia atinge a aldeia, as mulheres são levadas a fazer um sacrifício profundamente pessoal em nome da paz.

Heranças (Heritages – dir. Philippe Aractingi, 2013, drama / biografia, 96 min)

Quando o diretor Philippe Aractingi é obrigado a deixar sua terra natal pela terceira vez, sua percepção começa por ele: seus antepassados estão fugindo das guerras há cinco gerações. Explorando suas raízes, Aractingi volta à queda do Império Otomano, à criação de Israel e à Guerra Civil Libanesa. Experimentando um novo estilo radical de cinema, ele interliga cenas dirigidas e imagens de arquivo com diários pessoais filmados em vídeo, fotos familiares e filmes em Super 8.

Beirute Oeste (West Beirut – dir. Ziad Doueiri, drama / comédia, 1998, 105 min)

Em 1975, o longo período de guerra civil começa em Beirute. Tarek (Rami Doueiri), um estudante do ensino médio, está entusiasmado com todo o caos e transtorno porque não precisa mais ir à escola. E acha interessantes as negociações entre o oeste e o leste de Beirute. Junto com seu amigo Omar (Mohamad Chamas), Tarek faz filmes com uma Super 8 sobre o tumulto ao redor deles. O humor dos jovens toma um rumo trágico quando os pais de Tarek começam a brigar sobre fugir ou não de Beirute.

Sociedade Libanesa de Foguetes (The Lebanese Rocket Society – dir. Joana Hadjithomas e Khalil Joreige, 2012, documentário, 93 min)

De 1960 a 1966, um projeto espacial foi realizado no Líbano. Vários foguetes, que se tornaram maiores e mais possantes com o tempo, foram lançados das colinas que cercam Beirute por um grupo de cientistas, estudantes universitários e especialistas do exército. Este grupo, liderado por Manoug Manougian, foi chamado: The Lebanese Rocket Society (Sociedade Libanesa de Foguetes).

Um Grande Plano (Very Big Shot – dir. Mir Jean Bou Chaya, 2015, crime, 107 min)

Com o objetivo de contrabandear drogas nas fronteiras, um pequeno traficante libanês manipula a opinião pública com a ajuda de um desprezado cineasta.

Beirute Pós-Barba (Beirut After Shave – dir. Hany Tamba, 2005, drama / comédia, 26 min)

Abou Milad é um antigo barbeiro que perdeu seu salão de cabeleireiro durante a guerra civil libanesa. Hoje em dia, ele ganha a vida cortando cabelos nos cafés da classe trabalhadora de Beirute. Um dia, ele é convocado por um solitário que vive numa grande mansão burguesa.

Submarino (Submarine – dir. Mounia Akl, 2016, drama, 21 min)

Sob a ameaça iminente da crise do lixo no Líbano, Hala, uma criança selvagem dentro de uma mulher, é a única a recusar a evacuação, agarrando-se ao que resta de sua casa.

Waves ´98 (dir. Ely Dagher, 2015, animação, 15 min)

Desiludido com sua vida nos subúrbios da segregada Beirute, a descoberta de Omar o atrai para as profundezas da cidade. Imerso num mundo tão fechado e tão isolado de sua realidade, ele finalmente perde o rumo e se vê lutando para manter seus apegos, seu sentido de lar.

Destemida (Peur de Rien – dir. Danielle Arbid, 2015, drama, 119 min)

Lina é uma estudante libanesa que acabou de chegar a Paris para continuar seus estudos em uma universidade francesa em 1993. Ela descobre que o caos de Beirute, sua cidade natal, não é diferente do que ela vai testemunhar na capital francesa. Mas Paris irá lhe oferecer a oportunidade de encontrar a si mesma e de adquirir uma nova autoconfiança que ela desconhecia possuir.

Conexões Cegas (Blind Intersections – dir. Lara Saba, 2012, drama, 90 min)

Três protagonistas, uma cidade … Vindos de diferentes origens, eles passam um pelo outro, mas nunca se encontram, até que o efeito de um incidente irá alterar drasticamente a vida dos três …

Volta pra Casa (Go Home – dir. Jihane Chouaib, 2015, drama, 98 min)

Quando Nada, uma expatriada libanesa, volta ao Líbano, percebe que é estrangeira em seu próprio país. Mas ainda existe um lugar que ela chama de lar: uma casa abandonada em ruínas, assombrada pela presença de seu avô, que desapareceu misteriosamente durante a guerra civil. Ela sente que algo violento aconteceu nessa casa. Mas para manter tudo calmo, todos à sua volta parecem estar escondendo a verdade dela. Nada vai embarcar em uma missão emocional, para descobrir a verdade e quem ela realmente é.

Aliança (Solitaire – dir. Sophie Boutros, 2016, comédia, 92 min)

Therese, a esposa do prefeito num vilarejo do Líbano, prepara-se alegremente para a visita do pretendente de sua filha em companhia de seus pais. Ela compartilha com entusiasmo a feliz notícia do noivado com as fotos de seu amado irmão, que foi morto por uma bomba síria há 20 anos, e ainda se encontra estranhamente presente em todos os cantos da casa. Quando os tão esperados hóspedes chegam à sua porta, Thérèse descobre que eles são sírios. Este noivado só acontecerá se for por cima do seu cadáver!

E amanhã, o que vai ser? (Bennesbeh Labokra Chou? – dir. Ziad RahbaniI, 2015, comédia / musical, 122 min)

Trabalhando juntos num bar em Beirute, Zakaria e sua mulher, Thuraya, concordam que ela saia com clientes para ajudar na renda familiar e no alto custo de vida, mas o plano acaba dá uma inesperada guinada.

104 Rugas (Ya Omri – dir. Hady Zaccak, 2016, documentário, 83 min)

Hady segue sua avó Henriette enquanto ela envelhece e cruza o marco centenário para chegar aos 104 anos. Ele testemunha a transformação de sua memória, sua emigração do Líbano para o Brasil e as histórias de amor, filhos e tempo suspenso. Ya Omri (104 rugas) é uma jornada sobre envelhecimento, memória e vida.

Ghadi, o menino anjo (Ghadi – dir. Amin Dora, 2013, drama / comédia, 100 min)

Ghadi é diferente das outras crianças; poderia ele ser um anjo? Seu pai, Leba, junto com seus colegas de equipe, engana a cidade, fazendo com que todos acreditem nisso.

A Última Estação (The Last Stop – dir. Marcio Curi, 2012, drama, 115 min)

1950. O jovem libanês Tarik deixa sua cidade natal em busca de uma vida melhor no Brasil. Décadas mais tarde, já idoso, Tárik resolve partir em busca do companheiro Ali do qual havia brigado no passado.

Solteira, Casada, Divorciada (Yalla 3a’belkon – dir. Elie Khalifé, 2014, comédia, 100 min)

Uma comédia social libanesa sobre quatro mulheres de quase 40 anos que têm que enfrentar a pressão da sociedade por ainda estarem solteiras.

Amor Halal (Halal Love – dir. Assad Fouladkar, drama / comédia, 2015, 94 min)

Quatro histórias tragicômicas interconectadas sobre como homens e mulheres muçulmanos estão tentando gerenciar sua vida amorosa e seus desejos sem quebrar nenhuma regra religiosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados