a-fita-still

Os anos 90 voltaram!

Por Francisco Carbone

A dupla de diretores Lucian Fernandes e Thaiz Araújo parece que escolheu a dedo o tema do seu filme pra me agradar em particular. Ou melhor, não o tema, mas a ambientação homenageada. Tudo nesse curta é um infinito mergulho nos anos 90, desde a filmagem com cara de fita VHS caseira até as gírias, roupas e referências de notícias e modismos da década, e o filme tem esmero nisso. É fácil ver a produção com um sorrisão de orelha a orelha, e acredito que a narrativa extremamente simples funcione até com quem não viveu o período. Tudo se perdoa, até o excesso de artificialidade do elenco como um todo parece algo pensado. O problema do curta é que em determinados momentos o filme demonstra claramente como é refém dessa homenagem, e sua narrativa só ande para justificar os diálogos onde tudo do período será citado. Um pecado de uma produção charmosa onde obviamente faltou experiência para um roteiro mais redondo. Março de 1996, enquanto o Brasil lamenta o trágico acidente dos Mamonas Assassinas, uma família tenta se adaptar com sua recém comprada filmadora VHS. Porém, Pedro, o irmão mais velho, pensa em outras possibilidades de filmar, sem imaginar quanto problema uma fita poderia causar. Integra a sessão Curtas da vigésima edição da Mostra de Cinema de Tiradentes 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados