trofeu-cramulhao-poster

Vencedores do Troféu Cramulhão

Como diz o crítico de cinema e amigo Carlos Alberto Mattos:“O Rio de Janeiro está cada vez mais francês”, devido a enxurrada positiva de “trilhões” de Festivais e Mostras específicas, paralelas e de diversos gêneros que pululam em nossa Cidade Maravilhosa Cinematográfica, que pela primeira vez sediou, do dia 31 de outubro a 06 de novembro de 2016, no Cine Joia de Copacabana e de Jacarepaguá, um festival internacional de cinema com mostra competitiva e premiação voltado para o estilo fantástico (ficção-científica, aventura, horror, comédia, suspense, entre outros), que teve seleção de filmes feita pelo Cine Joia e pelo crítico de cinema Filippo Pitanga.

A Premiação

Ontem, domingo, dia 06 de novembro de 2016, aconteceu a cerimônia de premiação do Festival Internacional de Cinema Fantástico do Rio de Janeiro. Nesta primeira edição, a escolha dos vencedores do Troféu Cramulhão ficou a cargo de um júri formado pelo cineasta Vicente Amorim, pelo colunista do Jornal O Globo Arnaldo Branco e pelo jornalista e crítico de cinema Rodrigo Fonseca.

 


Os Vencedores do 1º Festival Internacional de Cinema Fantástico do Rio de Janeiro 2016

Júri oficial: Longa-metragem: “Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois”, de Petrus Cariry
Júri oficial: Curta- metragem: “Judas”, de Joel Caetano
Júri oficial: Menção Honrosa: “Através das Sombras”, de Walter Lima Jr.
Júri oficial: Diretor Longa-metragem: Santiago Dellape por “Repartição do Tempo Diretor”
Júri oficial: Diretor Curta-metragem: Andrea Fergo por “O Despertar de Selma”
Voto Popular: Longa-metragem: “Intruso”, de Paulo Fontenelle
Voto Popular: Curta-metragem: “Inferno”, de João Marciano Neto e Jorge Bony
Diretor Homenageado: cineasta Rodrigo Aragão

Críticas Relacionadas

Crítica: Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois

Uma “esquizofrênica" experiência de uma mulher às portas da insanidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados