Na Première Brasil, uma das mostras mais esperadas e concorridas do Festival, foram exibidas produções de diretores estreantes e consagrados, com filmes dos mais variados enfoques e regiões do país. O público escolheu o melhor filme nas categorias ficção, documentário e curta, através do voto popular e o júri oficia, as demais categorias (abaixo a lista completa)

Os vencedores serão anunciados nesta terça, em cerimônia para convidados, às 20h30, no Espaço BNDES. Concorrem ao Prêmio Redentor os longas e curtas da Première Brasil – longas e curtas da Competitiva e Novos Rumos, escolhidos pelo juri oficial,  pelo voto popular (melhor filme longa e documentário da competitiva) e premio Fipresci.

Juri Oficial:
Juri Competição Premiere Brasil – Walter Carvalho (presidente), Christian Sida-Valenzuela  (diretor executivo do festival de cinema latino americano de vancouver), Alan Poul produtor e diretor de grandes sucessos da tv americana )six feet under, Pape Boye, cofundador da Funny Balloons e Vivian Ostrovsky – diretora

Juri Competição Novos Rumos – Rosane Svartman (presidente), Diana Almeida  produtora, Karen Sztajnberg – editora e roteirista, Natalia Lage – atriz

Prêmio Fipresci – Composto pelos jornalistas: Ricardo Cota, Flavia Guerra, Christian Petermann

Concorrem ao Prêmio Redentor:


LONGAS MOSTRAS COMPETITIVAS
Ficção (Fiction)
1.    Aspirantes (Hopefuls), de Ives Rosenfeld, 75 min (RJ) 2.    A Floresta Que se Move (The Moving Forest), de Vinícius Coimbra, 99 min (RJ) WP3.    Beatriz (Beatriz), de Alberto Graça, 99 min (RJ) WP4.    Boi Neon (Bull Down), de Gabriel Mascaro, 101 min (PE) 5.    Califórnia (California), de Marina Person, 85 min (SP) WP6.    Campo Grande (Campo Grande), de Sandra Kogut, 109 min (RJ) WP7.    Introdução à Música do Sangue (Introduction to the Music of Blood), de Luiz Carlos Lacerda, 95 min, (RJ) 8.    Mate-me Por Favor (Kill Me Please), de Anita Rocha da Silveira, 101 min (RJ) 9.    Mundo Cão (In Dog’s Words), de Marcos Jorge, 100 min (SP) WP10. Nise – Coração da Loucura (Nise – The Heart of Madness), de Roberto Berliner, 109 min (RJ) WP11. Órfãos do Eldorado (Orphans of Eldorado), de Guilherme Coelho, 96 min (RJ) 12. Quase Memória (Oblivious Memory), de Ruy Guerra, 95 min (RJ) WP13. Tudo que Aprendemos Juntos (The Violin Teacher), de Sérgio Machado, 100 min (SP) 

Documentário

1.    Betinho – A Esperança Equilibrista (Betinho – Hope on the Line), de Victor Lopes, 90 min (RJ) WP2.    Cordilheiras no Mar: A Fúria do Fogo Bárbaro (Ridges in the Sea: The Fury of the Wild Fire), de Geneton Moraes Neto, 98 min (RJ) 3.    Crônica da Demolição (Chronicle of the Demolition), de Eduardo Ades, 89 min (RJ) WP4.    Futuro Junho (Future June), de Maria Augusta Ramos, 100 min (RJ) WP5.    Marias (Marias), de Joana Mariani, 73 min (SP) WP6.    Mario Wallace Simonsen, Entre a Memória e a História (Mario Wallace Simonsen, Between Memory and History), de Ricardo Pinto e Silva, 110 min (SP) WP7.    Olmo e a Gaivota (Olmo and The Seagull), de Petra Costa e Lea Glob, 82 min (SP) 

Novos Rumos

1.    A Morte de J.P. Cuenca (The Death of J.P.Cuenca), de João Paulo Cuenca, 90 min (RJ) WP2.    A Seita (The Sect), de André Antônio, 70 min (PE) WP3.    Beira-Mar (Seashore), de Filipe Matzembacher & Marcio Reolon, 83 min (RS) 4.    Clarisse ou alguma coisa sobre nós dois (Clarisse or something about us), de Petrus Cariry, 84 min (CE) WP5.    Jonas (Jonah), de Lô Politi, 90 min (SP) WP6.    Ralé (Ralé – The Lower Depths), de Helena Ignez, 73 min (SP) WP
CURTAS:

MOSTRAS COMPETITIVAS (COMPETITIVE SHOWS)

1.    Até a China (Sheeliton), de Marão, 15 min (RJ) DOC
2.     Cumieira (The Top Floor), de Diego Benevides, 13 min (PB) DOC
3.    Fantasia de Papel (Photonovels), de Tetê Mattos, 15 min (RJ) DOC
4.    Guida (Guida), de Rosana Urbes, 12 min (SP) FIC
5.    Mar de Fogo (Sea of Fire), de Joel Pizzini, 8 min (RJ) DOC
6.    Marrocos (Morocco), de Andrea Nero e Iajima Silena, 8 min (SP) DOC
7.    Olho-Urubu (Urubu-Eye), de André Guerreiro Lopes, 13 min (SP) FIC
8.    Pele de Pássaro (Bird Skin), de Clara Peltier, 15 min (RJ) DOC
9.    Serra do Caxambu (Serra do Caxambu), de Marcio Brito Neto, 15 min (RJ) DOC
10. Som Guia (Sound Guide), de Felipe Rocha, 15 min (RJ) FIC

Novos Rumos

1.    Escape From My Eyes (Escape From My Eyes), de Felipe Bragança, 30 min (RJ) DOC
2.    Imóvel (Still), de Isaac Pipano, 20 min (RJ) FIC
3.    Outubro Acabou (October is Over), de Karen Akerman, Miguel Seabra Lopes, 24 min (RJ) FIC
4.    Tarântula (Tarantula), de Aly Muritiba, Marja Calafange, 20 min (PR) FIC

Première Brasil / Categorias

TROFÉU REDENTOR
A escolha dos premiados será realizada pelo Júri Oficial, composto por especialistas na arte cinematográfica (entre brasileiros e estrangeiros), convidados pela direção do Festival do Rio.

Mostra Competitiva:
1. Melhor Longa-Metragem de Ficção;
2. Melhor Longa-Metragem Documentário;
3. Melhor Curta-Metragem;
4. Melhor Direção de Ficção;
5. Melhor Direção de Documentário
6. Melhor Ator;
7. Melhor Atriz;
8. Melhor Atriz Coadjuvante;
9. Melhor Ator Coadjuvante;
10. Melhor Roteiro;
11. Melhor Montagem;
12. Melhor Fotografia;
13. Prêmio Especial do Júri;
14. Melhor Longa-Metragem de Ficção de Voto Popular;
15. Melhor Longa-Metragem Documentário de Voto Popular;
16. Melhor Curta-Metragem de Voto Popular.

Mostra Novos Rumos:
Os filmes selecionados para a Mostra Competitiva Novos Rumos concorrerão ao Troféu Redentor de:
1. Melhor Filme Longa-metragem
2. Melhor Filme Curta-metragem
3. Prêmio Especial do Júri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados