EDITORIAL SEIS ANOS. É HOJE! O Vertentes do Cinema completa, neste dia 17 de setembro, SEIS anos de existência. O dramaturgo-cineasta-poeta Domingos Oliveira diz em seu livro “Vida Minha”, que nós devemos amar incondicionalmente nossa obsessão. Dormir, acordar e sentir o tempo todo, todo o tempo. Sim, nosso site nascido em 2009, às 14 horas e 45 minutos, faz exatamente isso, visto que todo cinéfilo é uma criança grande que busca a felicidade simples nas pequenas coisas. No nosso caso, os filmes. O Vertentes do Cinema tem a filosofia de que não existe filme ruim. Todos têm alguma coisa a acrescentar e ou motivar e ou alienar e ou “futilizar”. Há a música, fotografia, os atores, enfim, cada caso é um caso. O site “tenta” assistir tudo, sem preconceitos e ou ressalvas. Porém, o trabalho em si é árduo e chega a desnortear. A data de hoje representa um simbolismo, possibilitando “zerar” um ano e recomeçar com novas ideias e ideais, sempre “preservando” a essência máxima do cinema, fornecendo uma nova opinião sobre a sétima arte. No nosso espaço, os vídeos são postados na íntegra (editados). E nosso objetivo maior é produzir conteúdo, preferencialmente independente-alternativo (aquelas películas que “levam um público pequeno” às salas escuras e que estão fora do lado comercial – quase “um lado negro da força”). Queremos “likes”? Lógico que sim. Mas buscamos acima de tudo qualidade contextual. É um trabalho de formiguinha. Mas não desistiremos. Esta data também nos proporciona repensar e redefinir planos. Obrigado a todos! Cada um sabe exatamente o valor que tem no coração do Vertentes do Cinema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados