Alexandre Michel Gérard Desplat (23 de agosto de 1961) é um compositor francês. Compôs a trilha sonora de vários filmes notáveis, como “A Rainha”, “O Curioso Caso de Benjamin Button”, “Crepúsculo – A saga”, “O Fantástico Sr. Raposo”, “O Discurso do Rei”, “A Árvore da Vida. Ele já foi indicado para quatro Oscars, cinco BAFTAs e cinco Golden Globes, vencendo um por The Painted Veil. Com 53 anos, foi o primeiro
maestro a presidir o júri do Festival de Veneza, conversa com Rodrigo Fonseca, do jornal O Globo.
“A jornada de todo artista começa
na digestão de influências de diversas fontes e na utilização delas como base
para a criação de uma linguagem”;
Sobre Roman Polanski. “Ele é um
cineasta com um entendimento raro de como a música pode enfatizar a dramaturgia
e sublinhar o que se espera contar em uma imagem”, “encara o processo de compor
uma trilha com excitação”;
Sobre Wes Anderson. “É um grande
cinéfilo e, por isso, seus filmes são carregados de ecos da História do Cinema,
transitando mais frequentemente por Fritz Lang e François Truffaut… Precisão
é a palavra-chave de seu cinema”;
“A força essencial de um
compositor a serviço do cinema é sua habilidade de se adaptar a diferentes
filmes sem deixar a integridade de sua música se perder” e “isso exige muita
energia e disciplina”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados