entre-nos-poster

Por Francisco Carbone


O preconceito não leva ninguém nem nada adiante. Como cinéfilo, adoro morder a língua e descobrir, depois de tanto aprendizado, que alguém saiu fortalecido numa produção nova, que deu uma reviravolta. O diretor Paulo Morelli nunca teve seu filme de estreia lançado, ‘O Preço da Paz’. A lenda de que se tratava de algo ruim impediu o filme sair do Festival de Gramado; agora a situação é bem diferente. Apesar das presenças de Carolina Dieckmann e Paulo Vilhena, os dois globais pularam suas normalmente graças atuações pra criar um afeto real e uma cumplicidade honesta em cada momento do filme. Além dos dois, ainda temos Caio Blat, Maria Ribeiro, Julio Andrade, Martha Novill e Lee Taylor. Os sete são um grupo de amigos inseparável que acabam se afastando após uma tragédia em 92. Em 2002 essas pessoas se reencontram para matar as saudades, se redescobrir e sacudir velhos fantasmas. O filme funciona bastante, desde a direção bem inspirada como a fotografia igualmente boa. Conseguindo facilmente a aprovação do público, ‘Entre Nós’ merece encontrar seu nicho de mercado, e bombar muito nas bilheterias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados