CANNES: SOSHITE CHICHI NI NARU (LIKE FATHER, LIKE SON)


Esta é a história de um grande homem de negócios, obcecado pelo dinheiro e pelo sucesso. Sua vida sofre uma grande transformação quando ele descobre que está criando o filho de outro homem há seis anos, já que seu filho biológico foi trocado por engano na maternidade.


 

Por Fabricio Duque

 

“Soshite Chichi Ni Naru” ou “Tel Père, tel fils”, de Kore-Eda Hirokasu: É o melhor de todos até agora. Sendo o favorito de público (já que a crítica está dividida e em cima do muro) até agora pela simplicidade aprofundada e complexa de confronto de personalidades e idiossincrasias. É impossível prender algumas lágrimas (incluindo o mais cético de todos).


O Diretor. Hirokazu Koreeda  nasceu no dia 06 de junho de 1962 no Japão. De acordo com o Harvard Film Archive , as obras de Koreeda “refletem o estilo contemplativo e ritmo de luz como Hou Hsiao-Hsien e Tsai Ming-liang “. Em uma entrevista de 2009, ele afirmou que “Andando” foi baseada em sua própria família.


Filmografia

2011 O Que Eu Mais Desejo
2009 Boneca Inflável
2008 Daijôbu de aruyô ni: Cocco owaranai tabi (documentary)
2008 Andando
2006 Hana yori mo naho
2004 Dare mo shiranai
2001 Distance
1998 Depois da Vida
1996 Without Memory (documentary)
1995 Maboroshi no hikari
1994 Kare no inai hachigatsu ga (documentary)
1991 Shikashi – Fukushi kirisute no jidainni
1991 Mou hitotsu no kyouiku – Ina shogakkou haru gumi no kiroku

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados