Solar World Cinema

Sempre haverá uma ideia que salvará a humanidade dela mesma. A da cineasta holandesa Maureen Prins partiu em busca de eternizar o cinema, captando energia solar, por meio de placas no teto de sua van, a fim de abastecer projetores de filmes. 

O projeto chama-se Solar World Cinema (www.solarcinema.org), que mistura tecnologia, cultura e meio ambiente transmitindo curtas-metragens com temática de desenvolvimento sustentável. E ainda ajuda realizadores independentes e estudantes que não possuem verba para o processo de distribuição de seus filmes. Em junho, na Holanda, aconteceu a mostra competitiva The Green Filmmaking, focados na energia verde. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados