“Cada personagem é o porto do outro”

A opinião (por Marise Carpenter)

Belíssimo filme de Aki Kaurismäki. A beleza na verdade está na construção dos personagens e na relação estabelecida entre eles. Através do tema da imigração, o diretor utiliza a fraternidade e a igualdade para compor uma história bem bonita e mostrada com muita arte onde cada personagem é o porto do outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados