“Enquanto a primeira menstruação não vem”

A opinião (por Marise Carpenter)

A adolescente Marta está prestes a ser crismada e nesse momento vive em relação estreita com os membros da igreja e o ensinamento do Evangelho. Depois de viver 10 anos na Suíça tudo ao seu redor, no Sul da Itália, lhe é estranho. Quase não fala, mas observa muito e dessa forma percebe as atitudes incoerentes e contraditórias por parte das beatas que lhe preparam para a crisma quanto do próprio padre da igreja local. Atitudes nada éticas. Sempre em silêncio, sempre a observar, vagueia pelas ruas em busca de se encontrar, se encaixar nesse novo mundo. É quando um mundo novo começa para ela com a chegada da primeira menstruação. Percebe que pode começar a ser dona de sua vida e de seu corpo, até então, celestial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados