Por Narda Staël

“O filme FAMÍLIA VENDE TUDO do diretor Alain Fresnot tem nuances de “O Cortiço”, um clássico romance naturalista de Aluisio de Azevedo lançado em 1890, que tem como cenário uma comunidade. O livro, assim como o filme difunde as teses naturalistas, que explicam o comportamento dos personagens com base na influência do meio, da raça e do momento histórico. A intenção do método naturalista, um movimento literário que surgiu na Europa no século XIX, era fazer uma crítica contundente e coerente de uma realidade corrompida. Parafraseando Nelson Rodrigues: Alain Fresnot consegui levar para as telas em FAMÍLIA VENDE TUDO a realidade nua e crua!!!”


CONCORRA A PROMOÇÃO DO FILME –> AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados