O CINEMA DO KIYOSHI KUROSAWA
Cineasta japonês recebe retrospectiva inédita no Rio, com a exibição de 16 filmes (todos em 35 mm), de 9 e 21 de novembro – CCBB Rio de Janeiro

A mostra CINEMA DE KIYOSHI KUROSAWA vai exibir 16 filmes do diretor que recriou a linguagem do gênero fantástico e é considerado um dos principais diretores do cinema japonês contemporâneo.

Nascido em 19 de julho de 1955, em Kobe, na província de Hyogo, no Japão, Kurosawa começou a dirigir filmes independentes em 8mm quando estudava Ciências Sociais, na Universidade Rikkyo. Kurosawa, que não tem nenhum paratesco com o cineasta Akira Kurosawa, passou os anos seguintes aprendendo com os diretores Kazuhiko Hasegawa e Shinji Somai. Estreou comercialmente, em 1983, com o longa-metragem “Guerras de Kandagawa” um legítimo pinku eiga (os pornôs leves japoneses).

A restrospectiva exibe também a série “A Vingança” sobre detetives e Yakuza feitas para a televisão nos anos 1990 ; além dos filmes que o consagraram como “Cure” (Prêmio de Melhor Diretor no Festival de Cinema de Yokohama, 1999); “Charisma” (Quinzena dos Realizadores, em Cannes 1999), “Permissão para Viver” (Fórum do Festival de Berlim, 1999); “Ilusões Inúteis” (Mostra Internacional de Veneza, de 1999), “Pulse” (Prêmio da Crítica na mostra Un Certain Regard, do Festival de Cannes 2001), “Futuro Brilhante” (competitiva do Festival de Cannes 2003); até “Sonata de Tóquio”( prêmio do júri na mostra Un Certain Regard, em Cannes 2008).

OS FILMES

1. GUERRAS DE KANDAGAWA | Kandagawa Wars | Kanda-gawa inran senso
2. O VIGIA DO SUBSOLO | The Guard from Underground| Jigoku no keibîn
3. A VINGANÇA: UMA VISITA DO DESTINO | The Revenge : A Visit From Fate | Fukushû: Unmei No Hômonsha
4. A VINGANÇA: A CICATRIZ QUE NUNCA SE APAGA | The Revenge: The Scar That Never Fades |
5. CURE | Kyua
6. O CAMINHO DA SERPENTE | Serpent’s Path | Hebi no michi
7. OS OLHOS DA ARANHA | Eyes of Spider | Kumo no hitomi
8. PERMISSÃO PARA VIVER | License To Live | Ningen gokaku
9. CARISMA |Charisma | Karisuma
10. ILUSÕES INÚTEIS | Barren Illusions | Ôinaru gen’ei
11. SESSÃO ESPÍRITA | Séance | Kôrei
12. PULSE | Kairo
13. FUTURO BRILHANTE | Bright Future | Akarui Mirai
14. DOPPELGÄNGER | Dopperugengâ
15. LOFT | Shi no otome
16. SONATA DE TÓQUIO | Tokyo Sonata | Tôkyô sonata

Reconhecido internacionalmente a partir do sucesso de “Cure” Kurosawa se torna associado como cineasta de gênero – o de terror, fantástico. Mas esse é um rótulo que parece não incomodá-lo. Sempre autêntico, mas buscando transpor os limites sensíveis entre arte e entretenimento, e nem por isso fazendo um cinema fácil, Kurosawa parece usar o terror e o medo como poderia usar um outro elemento qualquer, para concretizar sua ideia de cinema: o filme é algo entre a realidade e a ficção.

Retrospectiva Kiyoshi Kurosawa
9 – 21 de novembro
Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março, 66
Centro – Rio de Janeiro – RJ
CEP 20010-000
www.bb.com.br/cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados