INSTITUTO MOREIRA SALLES PROMOVE A MOSTRA FILME NOIR

O Instituto Moreira Salles exibe de 03 a 23 de setembro mais de 30 títulos que levam a etiqueta filme noir. A mostra inclui clássicos desde os primórdios do gênero como Relíquia macabra, de John Huston e Laura, de Otto Preminger, até o contemporâneo O homem que não estava lá, de Joel e Ethan Coen. Além disso, o IMS realiza um curso sobre “filme noir” com Rafael de Luna Freire.

O termo filme noir foi criado por críticos franceses em 1946, e referia-se inicialmente a um conjunto de filmes criminais sombrios realizados em Hollywood desde o início da década de 1940, e lançados em Paris logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Somente a partir dos anos 1960 e 1970 a expressão foi incorporada pelos críticos norte-americanos.

O filme noir tem sua origem nas novelas policiais americanas, com seus detetives particulares e damas fatais, criadas por Dashiell Hammett, Raymond Chandler, James de M. Cain, entre outros. Além disso, o noir também teve influência do expressionismo alemão já que vários cineastas expatriados europeus se enveredaram pelo gênero: Fritz Lang, que na mostra está representado pelos filmes Vive-se uma só vez e Fúria, e Billy Wilder, que tem dois filmes na programação: Pacto de Sangue e Crepúsculo dos Deuses.

O noir desperta mais interesse pelo modo sombrio em que as histórias são contadas, do que pelo enredo. Seu estilo é particular, marcado pelo jogo de luz e sombras, claro e escuro. A narrativa também tem características específicas como o uso de flashbacks e a narração por uma voz em primeira pessoa. Crepúsculo dos deuses, por exemplo, leva às últimas consequências a estratégia da instabilidade e da perturbação associadas à voz de um narrador único.

Outros destaques da mostra: O grande golpe (1956), de Stanley Kubrick, A marca da maldade (1958), de Orson Welles e Pacto sinistro (1951), de Alfred Hitchcock (1951). O cinema nacional está representado por dois longas na programação: Achados e perdidos, de José Joffily, e O invasor, de Beto Brant.

Paralelo à mostra, o Instituto Moreira Salles realiza o curso sobre Filme Noir, com o professor e pesquisador Rafael de Luna Freire. São quatro aulas, de 9 a 21 de setembro, às terças e quintas, sempre às 20h. As inscrições dão direito a um passaporte para assistir 6 filmes da programação da mostra.

O ENCONTRO SOBRE CINEMA NOIR, que aconteceu no CCBB RJ, teve o palestrante SÉRGIO BATISTA.

LEIA A MATÉRIA (AULA) –> AQUI

PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA

Sexta 3

14h00: Amar foi minha ruína (Leave her to Heaven)de John M. Stahl (EUA 1946, 110’)
16h00: O condenado (Odd Man Out)de Carol Reed (EUA, 1947. 111’)
18h00: Relíquia macabra (The Maltese Falcon)de John Huston (EUA, 1941. 100’)

20h00: O homem que não estava lá (The Man Who Wasn’t there)de Joel e Ethan Coen (EUA, 2001. 116’)

Sábado 4

14h00: Assassinos (The Killers)de Robert Siodmak (EUA, 1946. 102’)
16h00: O segredo das jóias (Asphalt Jungle)de John Huston (EUA, 1950. 112’)
18h00: Fuga do passado (Out of the Past)de Jacques Tourneur (EUA, 1947. 97’)
20h00: Curva do destino (Detour)de Edgar G. Ulmer (EUA, 1945. 67’)

Domingo 5

14h00 : Pacto sinistro (Strangers on a Train)de Alfred Hitchcock (EUA, 1951. 101’)
16h00 : Chaga de fogo (Detective Story)de William Wyler (EUA, 1951. 103’)
18h00 : Pacto de sangue (Double Indemnity)de Billy Wilder (EUA, 1944. 108’)
20h00 : Laura (Laura)de Otto Preminger (EUA, 1944. 87’)

Terça 7

14h00 : Crepúsculo dos deuses (Sunset Boulevard)de Billy Wilder (EUA, 1950.110’)
16h00 : Pânico nas ruas (Panic in the streets)de Elia Kazan (EUA, 1950. 96’)
18h00 : Amar foi minha ruína (Leave her to Heaven)de John M. Stahl (EUA, 1946, 110’)
20h00 : Achados e perdidos de José Joffily (Brasil, 2005. 92’)

Quarta 8

15h00 : Vive-se uma só vez (You Only Live Once)de Fritz Lang (EUA, 1937. 86’)

Quinta 9

14h00 : Laura (Laura)de Otto Preminger (EUA, 1944. 87’)
16h00 : Scarface, a vergonha de uma nação(Scarface) de Howard Hawks (EUA, 1932. 93’)
18h00 : Fúria (Fury)de Fritz Lang ( EUA, 1936. 92’)
20h00 : Os precursores do Noir.

Primeira de uma série de quatro palestras com Rafael de Luna Freire.

Sexta 10

14h00 : Fuga do passado (Out of the Past)de Jacques Tourneur (EUA. 1947. 97’)
16h00 : Vive-se uma só vez (You Only Live Once)de Fritz Lang (EUA, 1937. 86’)
18h00 : Chaga de fogo (Detective Story)de William Wyler (EUA, 1951. 103’)
20h00 : Fúria (Fury)de Fritz Lang (EUA, 1936. 92’)

Sábado 11

14h00 : Império do crime (The Big Combo)de Joseph Lewis (EUA, 1955. 84’)
16h00 : A sombra da forca (Time without a Pity)de Joseph Losey (EUA, 1957. 85’)
18h00 : Ascensor para o cadafalso(Ascenseur pour l’ échafaud)de Louis Malle (França, 1958, 88’)
20h00 : Almas perversas (Scarlet Street)de Fritz Lang (EUA, 1945. 103’)

Domingo 12

14h00 : Ascensor para o cadafalso(Ascenseur pour l’ échafaud)de Louis Malle (França, 1958, 88’)
16h00 : O homem que não estava lá(The Man Who Wasn’t there)de Joel e Ethan Coen (EUA, 2001. 116’)
18h00 : Punhos de campeão (The Set Up)de Robert Wise (EUA, 1949. 72’)
20h00 : Fuga do passado (Out of the Past)de Jacques Tourneur (EUA. 1947. 97’)

Terça 14

14h00 : Pacto de sangue (Double Indemnity)de Billy Wilder (EUA, 1944. 108’)
16h00 : O segredo das jóias (Asphalt Jungle)de John Huston (EUA, 1950. 112’)
18h00 : Relíquia macabra (The Maltese Falcon)de John Huston (EUA, 1941. 100’)
20h00 : O Filme Noir por excelência.

Segunda de uma série de quatro palestras com Rafael de Luna Freire.

Quarta 15

14h00 : O condenado (Odd Man Out)de Carol Reed (EUA, 1947. 111’)
16h00 : Império do crime (The Big Combo)de Joseph Lewis (EUA, 1955. 84’)
18h00 : Ascensor para o cadafalso(Ascenseur pour l’ échafaud)de Louis Malle (França, 1958. 88’)
20h00 : O invasor de Beto Brant (Brasil, 2002. 97’)

Quinta 16

14h00 : Scarface, a vergonha de uma nação(Scarface) de Howard Hawks (EUA, 1932. 93’)
16h00 : A dama de Shanghai(The Lady from Shanghai)de Orson Welles (EUA, 1947. 87’)
18h00 : O grande golpe (The Killing)de Stanley Kubrick (EUA, 1956. 85’)
20h00 : Desdobramentos do Noir.

Terceira de uma série de quatro palestras com Rafael de Luna Freire.

Sexta 17

14h00 : Motorista de táxi (Taxi driver)de Martin Scorsese (EUA, 1976. 113’)
16h00 : Pacto sinistro (Strangers on a Train)de Alfred Hitchcock (EUA, 1951. 101’)
18h00 : Cidade nua (Naked City)de Jules Dassin (EUA, 1948. 117’)
20h00 : A marca da maldade (Touch of Evil)de Orson Welles (EUA, 1958. 112’).
Cópia com legendas em espanhol

Sábado 18

14h00 : O grande golpe (The Killing)de Stanley Kubrick (EUA, 1956. 85’)
16h00 : Pânico nas ruas (Panic in the streets)de Elia Kazan (EUA, 1950. 96’)
18h00 : Almas perversas (Scarlet Street)de Fritz Lang (EUA, 1945. 103’)
20h00 : Crepúsculo dos deuses (Sunset Boulevard)de Billy Wilder (EUA, 1950.110’)

Domingo 19

14h00 : A sombra da forca (Time without a Pity)de Joseph Losey (EUA, 1957. 85’)
16h00 : Assassinos (The Killers)de Robert Siodmak (EUA, 1946. 102’)
18h00 : A dama de Shanghai(The Lady from Shanghai)de Orson Welles (EUA, 1947. 87’)
20h00 : O fugitivo(I’m a Fugitive from a Chain Gang)de Melvin Le Roy (EUA, 1932. 93’)

Terça 21

16h00 : Punhos de campeão (The Set Up)de Robert Wise (EUA, 1949. 72’)
17h30 : Los Angeles, cidade proibida(L.A. Confidential)de Curtis Hanson (EUA, 1997. 138’)
20h00 : A herança do Filme Noir.

Quarta e última de uma série de palestras com Rafael de Luna Freire.

Quarta 22

15h00 : Curva do destino (Detour)de Edgar G. Ulmer (EUA, 1945. 67’)
16h00 : Cidade nua (Naked City)de Jules Dassin (EUA,1948. 117’)

Quinta 23

15h00 : Los Angeles, cidade proibida(L.A. Confidential)de Curtis Hanson (EUA, 1997. 138’)
18h00 : O fugitivo (I’m a Fugitive from a Chain Gang)de Melvin Le Roy (EUA, 1932. 93’)
20h00 : A marca da maldade (Touch of Evil)de Orson Welles (EUA, 1958. 112’).
Cópia com legendas em espanhol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados