A opinião

É trash. Muito trash. De humor inglês britânico. Um clichê atrás do outro. Todos os elementos de um filme tosco. E é sobre vampiros. Quer dizer, vampiras lésbicas. Porém se abstrair o conteúdo, terá um momento divertido. Para comer pipoca, conversar com o amigo ao lado. É pop. Mistura “Todo mundo em pânico” com a série de televisão “Dante´s cove”. Não espere nada. Apenas aproveite.

Ficha Técnica

Direção: Phil Claydon
Roteiro: Steward Williams, Paul Hupfield
Elenco: James Corden, Matthew Horne, Paul McGann
Fotografia: David Higgs
Montagem: James Herbert
Música: Debbie Wiseman
País: Reino Unido
Ano: 2009

A Sinopse

Os amigos Fletcher e Jimmy, dois azarados, decidem passar um feriado no campo para fugir de seus problemas. Chegando a um remoto vilarejo, são conduzidos pelo povo local a um lugar afastado, para servirem de sacrifício humano. A cidade sofre de uma maldição lançada por Carmilla, a Rainha Vampira Lésbica, que acomete as belas meninas de 18 anos que passam por ali. Ao cair da noite, as beldades revelam seu gosto por sangue, e pela carne uma das outras. Para salvar suas vidas, os dois amigos terão que superar seus medos e suas fantasias para se tornarem matadores de vampiras.

O Diretor

Nasceu em 1976, na Inglaterra. Formou-se na Escola Internacional de Cinema do País de Gales. Seu curta de formatura, Skipping Without Rope (1999), foi exibido no Festival de Curtas Britânicos da BBC e no Festival de Edimburgo. Aos 24 anos, dirigiu seu primeiro longa-metragem, Alone, indicado ao British Independent Film Awards de 2001. Em seguida, realizou o curta-metragem Championship (2002). Este é seu segundo longa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados